sábado, 25 de fevereiro de 2017

Aquisições - 11X17



Uma prenda boa da 11X17. Obrigada! A reedição em livro de bolso de O Aleph. A capa está super gira. Paulo Coelho é um dos autores que gosto de ler e espero sempre uma boa leitura.

Aquisições - Guerra e Paz Editores


Livro que me cativou pelo título e que tive já oportunidade de ler. Podem encontrar a minha opinião aqui. Obrigada Guerra e Paz Editores por este mimo. 

Sentir Profundo

"Aquilo que, quando estás só, parece uma bênção, na hora da verdade torna-se difícil se não estivermos preparados. para aceitar a estima dos demais há que ter um coração sábio, é mais fácil receber desprezo do que amor. Contra aquele que nos ataca revoltamo-nos, mas que fazer quando alguém nos demonstra abertamente carinho? Podemos deixar o barco do conhecimento na margem, mas deixarmo-nos amar é algo que há que aprender como." 

In Amor em Minúsculas de Francesc Miralles Marcador​

Os Dias em Que Portugal Foi Feliz de Elizabete Agostinho - Novidade Guerra e Paz Editores


Os Dias em Que Portugal Foi Feliz
Elizabete Agostinho
14x21
304 páginas
16,50 €
Não Ficção/História
Nas livrarias a 1 de Março
Guerra e Paz Editores

Sinopse
O que têm em comum os dias 22 de Abril de 1500, 1 de Dezembro de 1640, 25 de Abril de 1974 e 10 de Julho de 2016?
Foram dias em que os Portugueses experimentaram uma genuína sensação de felicidade! Em 1500 descobriram o Brasil, em 1640 reconquistaram a independência, em 1974 voltaram a saborear a liberdade, e no Verão de 2016 foram campeões da Europa de futebol. Foram dias que trouxeram orgulho à história de Portugal.
Este é o livro desses momentos em que os Portugueses foram grandes, generosos e iluminaram o resto da humanidade. De Janeiro a Dezembro, ao longo do ano, descubra ou recorde os momentos mais exaltantes da nossa história. Descubra no passado as razões pelas quais Portugal tem futuro.

Elizabete Agostinho. É jornalista, tradutora e escritora. Nasceu em Paris, onde viveu até aos 18 anos, mas o desejo de voar pelas suas próprias asas trouxe-a até Coimbra, para tirar o curso de Jornalismo. Apesar de ter passado por Liverpool e Barcelona, foi em Portugal que decidiu viver, o sítio onde reencontrou as suas raízes.
É autora do livro Feliz Divórcio – Manual de Instruções e da biografia Nascemos para ser Felizes – A Vida de Emanuel Contada pelo Próprio, editados pela Guerra e Paz. Coordenou ainda a colectânea As Grandes Cartas de Amor, publicada também em Espanha.
Sempre sentiu necessidade de contar histórias, por isso enveredou pelo Jornalismo, e o livro Os Dias em Que Portugal Foi Feliz é mais uma prova de que a realidade é frequentemente ainda mais entusiasmante que a ficção.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

O Nó da Culpa de Filipe Baptista - Novidade Coolbooks



Título: O Nó da Culpa
Autor: Filipe Baptista
Formato: e-wook / capa mole
N.o páginas: 122
PVP: 2,99€ / 11€

Sinopse
Decidido a recomeçar a sua vida, Roberto muda-se para a Zona Norte, o segredo obscuro de uma grande cidade, lugar onde o crime impera, o sol não brilha e os perigos se multiplicam a cada instante. Mas o destino não lhe dá tréguas, e escolhe-o para ser a única testemunha de um terrível crime que ele não consegue impedir. A partir daí, Roberto é dilacerado pela dúvida, pelo trauma e por uma poderosa culpa, enquanto procura desesperado pelo homem que deixou escapar.

Filipe Batista é natural de Vila Real de Santo António, cidade raiana. Com 20 anos lançou a sua obra de estreia, As Três Viagens, e em 2016 conquistou o Prémio Literário Maria Amália Vaz de Carvalho com o seu segundo livro, O nó da culpa. Atualmente está a concluir o argumento de uma curta metragem e a desenvolver o seu próximo original.

Sinto a Tua Falta de Kate Eberlen - Novidade Planeta


440 págs. / PVP: 17,76€
Nas livrarias a partir de 1 de Março

Sinopse
Tess e Gus foram feitos um para o outro.
Só que ainda não se encontraram.
E pode ser que nunca se encontrem...
Tess sonha em ir para a universidade. Gus mal pode esperar para fugir do controlo da família e descobrir o que de facto deseja ser.
Por um dia, nas férias, os caminhos destes jovens de dezoito anos cruzam-se antes de voltarem a casa e verificarem que a vida nem sempre decorre como planeado.
Nos dezasseis anos seguintes, com rumos de vida bastante diferentes, cada um descobrirá os prazeres da juventude, enfrentará problemas familiares e encarará as dificuldades da vida adulta.
Separados pela distância e pelo destino, tudo leva a crer que será impossível que um dia se conheçam verdadeiramente...

Sobre a autora
Cresceu numa cidade a cinquenta quilómetros de Londres e passou a infância a ler livros e a sonhar com uma forma de um dia sair da cidade.
Estudou Literatura Clássica em Oxford e trabalhou em vários departamentos do mundo editorial e artístico.
Kate especializou-se no ensino de inglês para estrangeiros com o objectivo de passar mais tempo em Itália, país pelo qual é apaixonada e que já visitou várias vezes.
É casada e tem um filho

Críticas 
«Gracioso, pungente e edificante... não consegui parar de ler.» Sophie Kinsella

«Adorei este livro: muitíssimo romântico, dolorosamente triste, calorosamente engraçado e muito inteligente.» Daily Mail

«Gloriosamente romântico. Um daqueles livros raros que nos faz rir e chorar ao mesmo tempo.» Prima Magazine

«Um grande romance romântico, mas que também aborda os efeitos contínuos e profundos do sofrimento.» Daily Express

Porto Editora celebra 10 anos da coleção CHERUB


A Porto Editora celebra o décimo aniversário da CHERUB, a coleção juvenil da autoria do britânico Robert Muchamore. Este marco é comemorado com a reedição de 12 títulos, com linha gráfica completamente renovada. No segundo semestre do ano estão também prometidas surpresas para todos os fãs do autor.

Esta série, composta por 17 títulos, tem sido eleita pelos jovens leitores como “viciante”, pelos pais como “evangelizadora da leitura” e descrita pela comunicação social como “coleção que conquista milhões de jovens”.

Num ritmo de thriller e com tramas que têm cativado a imaginação dos leitores, estes livros seguem as aventuras dos recrutas CHERUB, o braço juvenil dos serviços secretos britânicos (MI5). O grupo – formalmente inexistente - é constituído por crianças e jovens órfãos altamente treinados, capazes de levar a bom porto missões fora do alcance de qualquer adulto.

No nosso país, o ex-detetive privado Robert Muchamore é considerado «o escritor infantojuvenil da atualidade» (Jornal de Notícias), «o autor estrangeiro preferido dos jovens leitores portugueses» (Diário de Notícias), que «arrasta multidões» (Diário Económico). Aliás, «num país em que os pais se queixam sobre a falta de leitura dos filhos, Muchamore contraria esta situação» (Diário de Notícias) e os seus livros «são um sucesso entre os adolescentes» (RTP). Até ao momento, em Portugal, já se venderam mais de meio milhão de livros da autoria de Robert Muchamore.

Robert Muchamore nasceu a 26 de dezembro de 1972, em Islington, Inglaterra. Trabalhou durante treze anos como detetive privado, mas abandonou a profissão para se dedicar à escrita a tempo inteiro.
Costuma levar quatro a cinco meses a escrever um livro, sendo que dedica o primeiro à pesquisa e o segundo à planificação da história. Só depois escreve. Segundo o próprio, tentar escrever aquilo que gostaria de ter lido aos 13 anos de idade foi a principal razão para a criação da coleção CHERUB.

Shylock É o Meu Nome de Howard Jacobson - Novidade Bertrand Editora


Género: Literatura / Romance
Tradução: Vasco Teles de Menezes
Formato: 15 x 23,5 cm
N.o de páginas: 328
Data de lançamento: 24 de fevereiro de 2017
PVP: € 17,70
ISBN: 978-972-25-3301-0

Sinopse
Com a mulher ausente e a filha a descarrilar, Simon Strulovitch, filantropo e colecionador de arte abastado, precisa de alguém com quem falar. E é assim que, quando conhece Shylock num cemitério, o convida para sua casa. Trata-se do início de uma amizade extraordinária...

Sobre o autor
Howard Jacobson é um escritor britânico de ascendência judaica. Nascido em 1942, estudou em Cambridge.
Em 2010, venceu o Booker Prize com A Questão Finkler. É autor de catorze romances e cinco obras de não ficção.

Biblioteca Perfeita


Imagem retirada aqui.

The Chainsmokers & Coldplay - Something Just Like This


Para começar bem o dia, nada como uma música cheia de energia e uma dupla imparável. Mais uma música de sucesso, com certeza. 

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Diogo Piçarra - do=s (Medley)


O novo CD do Diogo Piçarra chega às lojas a 31 de março. Fica aqui um cheirinho do que vem a caminho. Fiquei com muita vontade de ouvir o álbum. Está 5*!

Quase a chegar às livrarias - O Leitor do Comboio de Jean-Paul Didierlaurent


Disponível a 9 de Março 

Sinopse
Guylain, o protagonista do livro, é um homem aparentemente simples, uma criatura de hábitos: faz sempre as mesmas coisas, nos mesmos horários. O comboio das 6h27, as pessoas que partilham a mesma carruagem, as paisagens que marcam o caminho, a leitura em voz alta, a rotina de volta da máquina de abate de livros, as folhas (sempre duas, arrancadas dos livros condenados), o peixe no aquário no seu regresso a casa. Um homem apaixonado pelas pequenas coisas, uma rotina com algo de Amelie Poulain, e um certo charme nessa simplicidade.
Até que dois acontecimentos inesperados alteram completamente o sentido da sua vida.

Festival Literário da Madeira divulga programa completo.


Entre 14 e 19 de março, o FLM apresenta um programa diferenciado que inclui a sessão de abertura, a sessão de encerramento e outras tantas conversas cruzadas em torno do tema Literatura e Web – entre o medo e a liberdade. Haverá lançamentos de livros, sessões de autógrafos, concertos, apresentações, entre muitos outros momentos imperdíveis que fazem deste um festival de referência no panorama cultural português.
A 14 de março, Svetlana Alexievich, Prémio Nobel da Literatura de 2015, marcará a abertura, numa conversa conduzida pelo jornalista Luís Caetano, a partir do mote «Haverá algo mais assustador do que o homem?», de sua autoria.
«A loucura não é loucura quando partilhada», frase de Zygmunt Bauman, sociólogo recentemente falecido e presença marcante do FLM de 2013, é o ponto de partida para a conversa que encerra o festival, entre Adam Johnson e Miguel Sousa Tavares, orientada pelo jornalista Paulo Moura.
Entre estes dois momentos outras cinco conversas terão lugar no mesmo palco, o do Teatro Municipal Baltazar Dias:
  • «Queremos transformar o mundo e somos incapazes de nos transformar a nós próprios» (Pepetela), entre Pepetela e Ondjaki, com moderação de Fernando Alves (15 de março);
  • «Se queres manter um segredo, tens de escondê-lo de ti mesmo» (George Orwell), entre Valter Hugo Mãe e Marcelino Freire, com moderação de Maria João Costa (16 de março);
  • «Ser deixado sozinho é a coisa mais preciosa que se pode pedir do mundo moderno» (Anthony Burgess), entre Pedro Mexia, Daniel Jonas e Maria Fernandes, com moderação de Susana de Figueiredo (17 de março);
  • «Tudo me é permitido, mas não me deixarei ser controlado por nada» (1 Coríntios 6:12), entre Viriato Soromenho-Marques e Frederico Lourenço, com moderação de Madalena Nunes (18 de março);
  • «A linguagem é uma das prisões mais terríveis e está sempre à nossa espera» (Julio Cortázar), entre Eimear McBride e Tatiana Salem Levy, com moderação de Ana Daniela Soares (18 de março);

A 7ª edição do FLM ficará ainda marcada por dois lançamentos, um dos quais inclui dança, e uma apresentação:
15 março – Pés Alados – Biografia de Telmo Ferreira, de Sandra Nobre, com atuação de Telmo Ferreira/Grupo Dançando Com a Diferença (apresentação de Henrique Amoedo);
16 março – Nossos Ossos, de Marcelino Freire (apresentação de Valter Hugo Mãe);
17 março – Depois do Fim – Crónica dos Primeiros 25 Anos da Guerra de Civilizações, de Paulo Moura (apresentação de Fernando Alves)
O espetáculo musical, que se adivinha memorável, assinala o regresso à ilha da voz singular de Teresa Salgueiro, a 17 de março, que levará ao palco do Teatro Municipal Baltazar Dias o espetáculo O Horizonte, título homónimo do seu mais recente álbum.
À semelhança das edições anteriores, estão previstas idas a escolas cujo programa será divulgado em breve.

Saiba mais sobre o Festival no site oficial aqui.

Deus Não Mora em Havana de Yasmina Khadra - Novidade Editorial Bizâncio


Título: Deus Não Mora em Havana
Autor: Yasmina Khadra
Código de Barras: 9 789 725 305 867
Págs.: 256
Preço de tabela (sem IVA): Euros 15,09
Formato: 15,5cm x 23,5cm
Encadernação: Capa Mole cm Badanas

Sinopse
No momento em que o regime castrista perde o alento, «Don Fuego» continua a cantar nos cabarés de Havana. Outrora, a sua voz electrizava as multidões. Agora, os tempos mudaram e o rei da rumba tem de ceder o seu lugar. Entregue a si próprio, conhece Mayensi, uma jovem «ruiva e radiosa como uma chama», pela qual se apaixona perdidamente. Mas o mistério que cerca essa beldade fascinante ameaça o seu improvável idílio.
Cântico dedicado aos fabulosos destinos contrariados pela sorte, Deus não Mora em Havana é também uma viagem ao país de todos os paradoxos e de todos os sonhos.
Aliando a mestria e o fôlego de um Steinbeck contemporâneo, Yasmina Khadra conduz uma reflexão nostálgica sobre a juventude perdida, incessantemente contrabalançada pelo júbilo de cantar, de dançar e de acreditar em amanhãs felizes.

Yasmina Khadra cujo verdadeiro nome é Mohammed Moulessehout, nasceu no Saara argelino em 1955. Hoje é uma das vozes mais importantes do mundo árabe e um digno embaixador da língua francesa.
É o autor da trilogia As Andorinhas de Cabul, O Atentado e As Sirenes de Bagdade, consagrados ao diálogo de surdos entre Oriente e Ocidente e a maior parte dos seus romances está traduzida em quarenta e dois países.
O romance O que o Dia Deve à Noite, melhor livro de 2008 para a revista Lire, foi adaptado ao cinema por Alexandre Arcady em 2012 e O Atentado recebeu, entre outros, o Prix des libraires de 2006 e foi adaptado ao cinema por Ziad Doueiri em 2013.

Depois de Hitler Os Últimos Dias da Segunda Guerra Mundial Na Europa de Michael Jones - Novidade Editorial Bizâncio


Título: Depois de Hitler
Os Últimos Dias da Segunda Guerra
Mundial Na Europa
Autor: Michael Jones
Código de Barras: 9 789 725 305 829
Págs.: 448+16 de extratexto (fotos)
Preço de tabela (sem IVA): Euros 16,98

Sinopse
No dia 30 de Abril de 1945, Adolfo Hitler suicidou-se. No dia seguinte, Joseph Goebbels, o seu ministro da Propaganda também se matou, e o Terceiro Reich, em derrocada, ficou entregue ao almirante Karl Dönitz. A situação dos nazis parecia desesperada. No entanto, surpreendentemente, a guerra no resto da Europa continuou por mais dez dias.
Depois de Hitler aborda os dez dias que se seguiram à morte de Hitler numa narrativa em contagem decrescente e enquadra-os na história global mais vasta de uma guerra europeia que assistira a algumas das batalhas mais ferozes da História.
Aborda ainda o pano de fundo da guerra e a terrível catástrofe humanitária que não foi publicamente conhecida na Europa. Fala-nos dos que sentiram a alegria da liberdade, bem como dos que enfrentaram um futuro de grandes incertezas. Quando os soldados do Exército Vermelho juntaram as suas forças às dos aliados britânicos e americanos, o Leste de Estaline enfrentou finalmente o Ocidente de Churchill e Truman. Depois de Hitler narra-nos a desconfiança crescente entre eles, mas também momentos de extraordinária boa vontade e cooperação – a esperança, breve mas tocante, de que estas grandes nações poderiam construir um futuro novo e mais seguro. Este livro é uma exploração fascinante do período curto mas crucial que iria dar forma ao mundo que emergiu do pós-guerra.

Sobre o autor
Doutorado em história pela Universidade de Bristol, foi professor nas Universidades de South West England, Glasgow e Winchester College.
Membro da Royal Historical Society e da Comissão Britânica de História Militar, é especialista na II Guerra Mundial e autor de vários livros, que baseia em poderosos depoimentos de testemunhas oculares, e nos quais dá especial relevo à história humana por trás das batalhas e campanhas.
Dedica-se actualmente à escrita e é consultor histórico para os media e apresentador. Além de O Cerco de Leninegrado, A Retirada e Guerra Total – De Estalinegrado a Berlim já publicados pela Bizâncio, escreveu livros sobre as batalhas de Bosworth e Agincourt. Nos últimos anos tem guiado visitas a campos de batalha da Frente Oriental.

O Livro da Alegria de Sua Santidade o Dalai Lama, Arcebispo Desmond Tutu e Douglas Abrams - Novidade Nascente


Nascente / 336 pp / 19,99€

Sinopse
Dois gigantes da espiritualidade. Cinco dias. Uma questão intemporal.  Como encontrar alegria num mundo em constante sofrimento?
Um livro único em que dois galardoados com o Prémio Nobel da Paz partilham com o mundo os seus pensamentos, crenças e espiritualidade.

Esta é a questão intemporal a que se propuseram responder dois grandes mestres espirituais do nosso tempo: Sua Santidade o Dalai Lama e o Arcebispo Desmond Tutu em O Livro da Alegria, um bestseller instantâneo. Ambos viveram vidas tumultuosas e repletas de sofrimento, mas foram capazes de descobrir a paz, a coragem e a alegria a que todos podemos aspirar. A sua coragem, resiliência e esperança inabalável na humanidade inspiram milhões de pessoas em todo o mundo.

Por ocasião do aniversário de Sua Santidade, estes dois grandes amigos encontraram-se na Índia. Durante uma semana marcada pela boa disposição, refletiram sobre as suas experiências e partilharam a sua sabedoria sobre como viver com alegria perante todas as adversidades que se nos colocam. São estes ensinamentos que agora podemos encontrar nesta obra inédita, assim como um conjunto de exercícios práticos que visam ajudar os leitores a superar os obstáculos à alegria e a alcançar uma felicidade duradoura. Alguns desses exercícios são práticas que o Dalai Lama e o Arcebispo Tutu usam diariamente e que constituem âncoras das suas vidas emocionais e espirituais.

Sobre os autores
Sua Santidade o 14.º Dalai Lama, Tenzin Gyatso, é o líder espiritual do povo tibetano e do budismo tibetano. Vive no exílio em Dharamsala, na Índia, mas viaja bastante pelo mundo, promovendo os princípios da bondade e da compaixão e, acima de tudo, a paz mundial. Em 1989, foi galardoado com o Prémio Nobel da Paz.

Desmond Mpilo Tutu, Arcebispo Emérito da África do Sul, tornou-se um proeminente líder na luta pela justiça e pela reconciliação racial no seu país. Em 1994, Nelson Mandela nomeou-o presidente da Comissão da Verdade e da Reconciliação da África do Sul, onde foi pioneiro numa nova forma de os países progredirem depois de terem vivido o conflito civil e a opressão. É um ícone da paz e da luta pelos direitos humanos no mundo. Em 1984, foi-lhe atribuído o Prémio Nobel da Paz.

Douglas Abrams é escritor, editor e agente literário. Tem trabalhado com autores visionários que pugnam por um mundo mais equilibrado, saudável e justo. Durante mais de uma década, trabalhou com Desmond Tutu como seu coautor e editor. Saiba mais sobre o projeto que deu origem a este livro em: www.bookofjoy.org​


Críticas 
“The question may be timeless, but their answer has urgent significance.” — Time Magazine

"This sparkling, wise, and immediately useful gift to readers from two remarkable spiritual masters offers hope that joy is possible for everyone even in the most difficult circumstances, and describes a clear path for attaining it." — Publishers Weekly

"The world needs joy and compassion more than ever before – and who better than Archbishop Tutu and the Dalai Lama to show us how it is done. This beautiful book takes us on the journey of their friendship and gives us the gift of their wisdom. A bright spot of hope and love in this world.“ — Sir Richard Branson

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Lana Del Rey - Love


Voz inconfundível...

O Anjo da Morte de M. J. Arlidge - Novidade Topseller


O Anjo da Morte | 336 pp. | 18,79€ | Saída a 20 de fevereiro

Sinopse
O perigo esconde-se nas sombras…
Helen Grace, até aqui considerada a melhor detetive do país, é acusada de homicídio e aguarda julgamento na prisão de Holloway. Odiada pelas restantes prisioneiras e maltratada pelos guardas, Helen tem de enfrentar sozinha este pesadelo. Tudo o que deseja é conseguir provar a sua inocência. Mas, quando um corpo aparece diligentemente mutilado numa cela fechada, essa revela ser, afinal, a menor das suas preocupações.
Os macabros crimes sucedem-se em Holloway e o perigo espreita em cada cela ou corredor sombrio. Helen não pode fugir nem esconder-se por detrás do distintivo. Precisa agora de ser rápida a encontrar o implacável serial killer… se não quiser tornar-se a sua próxima vítima.

M. J. Arlidge trabalha em televisão há mais de 15 anos, tendo-se especializado em produções dramáticas de alta qualidade. Nos últimos anos produziu um grande número de séries criminais passadas em horário nobre na ITV, rede de televisão do Reino Unido. Escreveu uma série policial para a BBC, além de estar a criar novas séries para canais de televisão britânicos e americanos.
Os seus livros anteriores – Um Dó, Li, Tá, À Morte Ninguém Escapa, A Casa de Bonecas, A Vingança Serve-se Quente e Na Boca do Lobo – todos êxitos de vendas internacionais, foram também publicados pela Topseller.


Críticas 
«Viciante. O leitor revirará as páginas tão febrilmente quanto um prisioneiro inocente arranha a porta da sua cela.» – Daily Express

«Vertiginoso, tenso e emocionante.» - The Sun

«M. J. Arlidge é o novo Jo Nesbø..» - Judy Finnigan

«M. J. Arlidge criou uma heroína genuinamente nova… Não nos poupa a nenhum dos detalhes mais sombrios, tecendo-os numa teia que arrepia o leitor até aos ossos.» - Daily Mail

«Um thriller policial alucinante.» - Huffington Post

Quase a chegar às livrarias - Deus não mora em Havana de Yasmina Khadra


Disponível a 03 de Março 

Sinopse
No momento em que o regime castrista perde o alento, «Don Fuego» continua a cantar nos cabarés de Havana. Outrora, a sua voz electrizava as multidões. Agora, os tempos mudaram e o rei da rumba tem de ceder o seu lugar. Entregue a si próprio, conhece Mayensi, uma jovem «ruiva e radiosa como uma chama», pela qual se apaixona perdidamente. Mas o mistério que cerca essa beldade fascinante ameaça o seu improvável idílio.
Cântico dedicado aos fabulosos destinos contrariados pela sorte, Deus não Mora em Havana é também uma viagem ao país de todos os paradoxos e de todos os sonhos.
Aliando a mestria e o fôlego de um Steinbeck contemporâneo, Yasmina Khadra conduz uma reflexão nostálgica sobre a juventude perdida, incessantemente contrabalançada pelo júbilo de cantar, de dançar e de acreditar em amanhãs felizes.

A Substância do Mal de Luca D’Andrea - Novidade Suma de Letras


A Substância do Mal (nas livrarias a 1 de Março)
De Luca D’Andrea
Suma de Letras
ISBN 978 989 6651 961
456 páginas
PVP c/IVA 20,50€

Um triplo e cruel assassinato por resolver. Um rastro de violência e morte que assombra os habitantes duma calma comunidade isolada nas montanhas…

Sinopse
Jeremiah Salinger, um jovem guionista de televisão de Nova Iorque, muda-se com a mulher, Annelise, para Siebenhoch, uma calma comunidade isolada nas montanhas do Sul do Tirol, onde ela cresceu. Com eles, também, a filha, a precoce Clara, de cinco anos.
Fascinado pelas montanhas e pelas pessoas que ali vivem, Salinger começa a fazer um documentário sobre resgates na montanha. Mas, durante as filmagens, envolve-se num acidente assustador. Enquanto tenta esquecer a sua experiência traumática, descobre, por acaso, um facto sangrento que remonta há trinta anos: o massacre de três jovens ocorrido durante uma caminhada no desfiladeiro Bletterbach. O crime não tem um culpado e, na aldeia, ninguém quer falar sobre o assunto. Talvez porque, só de pensarem no sucedido, poderiam ressuscitar o horror ou então por serem tantos os que têm algo a esconder...
Apesar da crescente hostilidade que o rodeia, e da oposição de Annelise, Salinger começa a remexer no passado, penetrando cada vez mais profundamente no misterioso assassinato. Até descobrir a imprevisível e aterradora verdade.

Luca d’Andrea nasceu em 1979, em Bolzano, Itália, onde trabalhou como professor durante dez anos. A Substância do Mal é o bestseller italiano que lhe valeu a comparação a autores de sucesso como Stephen King, Jo Nesbo ou Joël Dicker. Um fenómeno editorial cujos direitos foram já vendidos para 30 países, antes mesmo da sua publicação em Itália.

Universo nos teus olhos de Jennifer Niven - Novidade Nuvem de Tinta


Universo nos teus olhos (nas livrarias a 1 de Março)
De Jennifer Niven
ISBN 978 989 6652 005
408 Páginas
PVP C/ IVA 16,50€

O amor verdadeiro é como o Universo: não tem fim

Por vezes, conhecemos alguém que nos transforma e que muda tudo

Sinopse
Libby Strout, outrora a rapariga mais gorda da América, conseguiu finalmente ultrapassar o desgosto causado pela morte da mãe e está pronta para voltar a viver. Transformou-se e o que mais deseja é ser a rapariga que consegue ser tudo o que quer. No entanto, o resto do liceu não parece partilhar deste entusiasmo de Libby.
Jack Masselin é o típico rapaz popular do liceu: bonito, sempre com o comentário certo na hora certa. No entanto, o gosto que tem em perceber a mecânica dos objetos, em reconstruir e transformar tudo o que encontra, não lhe serve de muito na sua incapacidade para reconhecer caras. Jack tem prosopagnosia e à sua volta, familiares e amigos incluídos, parecem-lhe desconhecidos e são, para ele, um autêntico quebra-cabeças.
Quando o destino junta Libby e Jack, a solidão que cada um sente dá lugar a sentimentos muito diferentes… Uma história de superação e de um amor verdadeiro e invulgar que nos devolve a esperança no mundo, em nós e no outro.

Jennifer Niven sempre quis ser um Anjo de Charlie, mas a sua verdadeira paixão é a escrita. Fala-me de Um Dia Perfeito, o seu primeiro romance juvenil, está publicado em trinta e quatro países e vendeu mais de 100 000 exemplares nos primeiros três meses nas livrarias, nos Estados Unidos. A autora vive actualmente em Los Angeles.

«O Universo nos teus olhos é muito mais do que a história de duas almas apaixonadas. Fala da necessidade universal de sermos compreendidos.  E é por isso que é um livro tão excepcional.» Teen Vogue

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Prémio Pulitzer Adam Johnson e Miguel Sousa Tavares encerram 7ª edição do Festival Literário da Madeira (FLM)


Os autores Adam Johnson e Miguel Sousa Tavares sobem ao palco do Teatro Municipal Baltazar Dias (Funchal) para uma conversa moderada pelo jornalista Paulo Moura.

Adam Johnson e Miguel Sousa Tavares juntam-se aos já anunciados Svetlana Alexievich, Pepetela, Ondjaki, Valter Hugo Mãe, Marcelino Freire, Pedro Mexia, Daniel Jonas, Maria Fernandes, Eimear McBride, Tatiana Salem Levy, Viriato Soromenho-Marques e Frederico Lourenço.

O momento musical desta 7.ª edição será marcado pela voz singular de Teresa Salgueiro.

Literatura e a Web – entre o medo e a liberdade é o tema para uma semana de encontros, debates, concertos, sessões de autógrafos, entre muitos outros momentos que o evento proporciona em vários pontos da ilha, de 14 a 18 de Março.

Saiba mais no site oficial do Festival Literário da Madeira aqui

Aquisições - Editorial Presença


Um mimo da Editorial Presença em mês de romance. Gostei muito do título e sinopse do livro, e, como tal, agarrei logo no livro para ler. Podem encontrar a minha opinião aqui. Obrigada Editorial Presença! 
Boas leituras!

Aquisições - Marcador


No mês mais romântico do ano, recebo este mimo da Marcador. Obrigada! Estou a lê-lo neste momento e será, com certeza, uma leitura cativante. Um pormenor interessante: no dia que começo a ler o livro, também me aparece aqui por casa um gato. Coincidências fantásticas! Têm de ler o livro para perceberem do que falo. 
Boas leituras!  

Aquisições - Editorial Planeta


Surpresas boas que chegam por correio. Obrigada Editorial Planeta! Ninfas Paixão Mortal tem uma capa lindíssima. Estou curiosa em relação à sinopse e ao que me espera com esta leitura. O Segredo de Vesálio é um gigante mistério, terei muito para ler. 
E vocês leitores, com curiosidade em relação a algum destes livros? 
Boas leituras!

Convite Bertrand Editora - Mundo de André de Manuela Gonzaga


É já no próximo sábado, dia 25 de fevereiro, pelas 16h00, que será apresentada a série infantojuvenil Mundo de André, de Manuela Gonzaga. A sessão terá lugar na FNAC Chiado, em Lisboa.
Apareçam!

O Dia em Que Te Conheci de Rowan Coleman - Novidade Topseller



O Dia em Que Te Conheci | 320 pp. | 18,79€ | Saída a 20 de fevereiro

Sinopse
Quando a memória já não consegue guardar o amor… o que nos resta?
Um marido encantador, duas filhas lindas, um trabalho de que gosta — Claire Armstrong parece ter tudo, até que lhe é diagnosticada a doença de Alzheimer. Todos os que a rodeiam têm de aprender a lidar com uma nova Claire, enquanto tentam habituar-se ao desaparecimento da mulher que amam.
Através de um livro de memórias, que vão construindo em família, recolhem as peças de uma vida que não estão preparados para deixar desaparecer. Até que a relação que surge de um encontro casual com um homem misterioso leva Claire a interrogar-se sobre o futuro do seu casamento e da sua família.
Com Claire incapaz de fazer o seu casamento resultar, de tomar conta das filhas, ou sequer de garantir a sua própria segurança, os desafios são imensos. Será que a família vai resistir às notícias que a filha mais velha tem para contar e à intromissão do misterioso homem na vida familiar?

Rowan Coleman é autora bestseller do Sunday Times e do New York Times. Além de tentar acompanhar o crescimento dos filhos e as aventuras de uma família alargada, Rowan dedica-se à escrita, sendo autora de mais de uma dezena de romances.
Os seus livros já foram traduzidos para cerca de vinte línguas. O Dia em Que Te Conheci foi selecionado para o Richard and Judy Book Club, e é o seu segundo romance publicado pela Topseller, depois de Somos Todos Feitos de Estrelas.
Saiba mais sobre a autora em www.rowancoleman.co.uk.

Conta-me Três Coisas de Julie Buxbaum - Novidade Topseller


Conta-me Três Coisas | 304 pp. | 17,69€ | Saída a 20 de fevereiro

Sinopse
E se a pessoa de que mais precisas for alguém que não conheces?
Passaram apenas dois anos desde a morte da sua mãe e o seu pai volta a casar-se com uma mulher que conheceu online. Jessie é então forçada a mudar-se para a outra ponta do país, para morar com a madrasta e o seu pretensioso filho adolescente, aparentemente passado da cabeça.
Para Jessie tudo parece errado: sente-se uma estranha naquela casa enorme e fria, tem saudades da sua melhor (e única) amiga. A escola é uma selva autêntica, onde é vítima de bullying. Mas é então que recebe um e-mail de alguém que não conhece, nem se quer deixar conhecer, disponibilizando-lhe apenas a sua «amizade virtual». O que Jessie não espera é que será este e-mail a mudar a sua vida para sempre.
Esta é uma história memorável, que não deixa ninguém indiferente. Um misto de comédia e tragédia, amor e perda, dor e alegria.

Sobre a autora
Três coisas sobre Julie Buxbaum:
1. Conta-me Três Coisas é o seu primeiro romance jovem adulto e foi inspirado num e-mail anónimo que a autora recebeu. Já havia escrito dois livros para adultos, que estão traduzidos em 25 línguas.
2. Vive em Los Angeles com o marido, os dois filhos e um peixe-dourado «imortal».
3. Quando era pequena acreditava que ia crescer e tornar-se a Mulher-Maravilha, uma personagem de banda desenhada.


A Submissão de Lily de Monica Murphy - Novidade Topseller



A Submissão de Lily | 320 pp. | 17,69€ | Saída a 20 de fevereiro

Sinopse
Qual é a grande obsessão de Lily Fowler?
Cresci com as acusações de ser a mais irresponsável de todas as irmãs, de ser uma tresloucada que garante capas de revistas escabrosas e envergonha toda a família, de ser aquela mulher fogosa e sensual com que nenhum homem quer casar.
A verdade é que me limito a viver cada dia como se fosse o último, procurando respeitar o nome Fowler, mas não deixando de aproveitar a vida. Sou jovem, bonita, poderosa, tenho todo o direito a ser feliz. Se me falta encontrar o amor que as minhas irmãs Violet e Rose encontraram? Talvez, mas não o procuro.
E, certamente, não esperava que a minha viagem ao Havai mudasse tudo. Max Coleman não é apenas um deus do sexo, como nunca conheci antes, ele é um homem-mistério. É a maior obsessão que já tive, com ele perco o controlo.
O amor não respeita regras e mesmo a mulher mais independente pode ser descontroladamente submissa quando apaixonada.

Monica Murphy é uma autora norte-americana, cujos livros Uma Semana para Te Amar, Vou Amar-te para Sempre e Prometes Amar-me? foram bestsellers do New York Times e do USA Today.
Monica Murphy escreve ficção para jovens adultos, além de romances contemporâneos. Vive com o marido e os três filhos no sopé das montanhas de Yosemite, na Califórnia.
Adora livros e, por isso, considera que tem o melhor trabalho do mundo.
Saiba mais sobre a autora em www.monicamurphyauthor.com.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Romance ao Anoitecer de Tessa Dare - Novidade Topseller


Romance ao Anoitecer | 320 pp. | 15,98€ | Saída a 20 de fevereiro

Sinopse
Spindle Cove é uma pacata vila onde jovens senhoras convivem e procuram manter a sua reputação intacta.
Após anos a levar uma vida solitária, a órfã Kate Taylor encontrou acolhimento e amizade em Spindle Cove, onde dá lições de música e frequenta a classe mais privilegiada da vila. Mas Kate anseia por algo mais, por conhecer o verdadeiro amor.
Até que revelações inesperadas ameaçam mudar o destino de uma donzela muito querida por todos. Frio como o gelo, porém incrivelmente bonito, o cabo Thorne é o exemplo perfeito do tipo de homem que Kate deveria evitar. Mas o destino parece não concordar com ela. Entretanto, um grupo de misteriosos desconhecidos chega a Spindle Cove para revelar a Kate as suas verdadeiras origens. É então que, para surpresa geral, Thorne se apresenta como seu noivo.
A não ser que o anoitecer se encarregue de alterar o rumo dos seus passos.
Ele afirma que nada sente, além do dever de a proteger. Mas Kate está longe de acreditar nisso... E para Thorne conseguir convencê-la terá que manter as mãos longe do seu corpo tentador e escudar o coração daquele sorriso deslumbrante. Conseguirá este guerreiro vencer a sua derradeira batalha? Ou render-se-á ao desafio de amar pela primeira vez?

Tessa Dare é uma autora norte-americana, bestseller do New York Times e do USA Today, que já conta com vários romances históricos publicados. Os seus livros foram alvo de vários elogios e prémios, incluindo o Prémio RITA para Melhor Romance Histórico, atribuído em 2015 pela Associação Americana de Escritores de Romance, e prémios da Amazon e das revistas Kirkus e RT Book Reviews.
A revista Booklist nomeou-a «uma das novas estrelas do romance histórico» e os seus livros já foram traduzidos para 12 línguas. Bibliotecária de formação e amante de livros, Tessa Dare vive na Califórnia com o marido e os dois filhos.
Saiba mais sobre a autora em www.tessadare.com.

Os Imperfeitos por Cecelia Ahern - Novidade Editorial Presença


Coleção: Jovem Adulto
Nº na Coleção: 3
Data 1ª Edição: 16/02/2017
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-5965-8
Nº de Páginas: 328
Dimensões: 151x231mm
PVP: 17,50€

Sinopse
Uma decisão pode deitar tudo a perder.
A vida de Celestine North é perfeita. Filha e irmã modelo, é muito popular junto dos colegas e professores e namora com Art Crevan, um dos rapazes mais encantadores da escola.
Mas Celestine vê-se confrontada com uma situação à qual reage por instinto, levada pela bondade. Quebradas as regras, terá de lidar com as consequências. Pode ser presa. Pode ser marcada a ferro quente. Podem obrigá-la a juntar-se às fileiras dos Imperfeitos.
Os Imperfeitos é um romance estonteante em que a autora bestseller Cecelia Ahern retrata uma sociedade em que a perfeição é essencial e em que a imperfeição é punida de forma exemplar, abordando temas atuais e complexos como o racismo, o bullying, a justiça, a verdade e a solidariedade.

Cecelia Ahern é formada em Jornalismo e Comunicação. Aos vinte e um anos escreveu o seu primeiro romance, P.S. - Eu Amo-te, um sucesso imediato publicado em mais de 40 países e adaptado ao cinema. Todos os seus romances subsequentes - entre os quais destacamos Para Sempre, Talvez, Se Me Pudesses Ver Agora e Um Lugar Chamado Aqui -, tiveram um acolhimento entusiástico e alcançaram o estatuto de bestsellers, alguns dos quais também transformados em filme. Granjeou diversos prémios literários como os Nielsen Platinum and Gold Awards. A sua obra encontra-se publicada em 46 países e conta com mais de 15 milhões de exemplares vendidos.


Citações
«Prende de imediato e tem um ritmo alucinante. Um triunfo total.» | ***** Heat
«Os leitores não conseguirão largar este livro, perturbados pela possibilidade do controlo e manipulação das massas, deixando o mal à solta. Um título obrigatório para qualquer coleção de young adult.» | Voya
«Uma das melhores distopias contemporâneas.» | The Guardian

Saiba mais sobre o livro no site da Editorial Presença aqui.

Portugal A História de Uma Nação de Henry Morse Stephens - Novidade Alma dos Livros



Tema: História de Portugal
PVP: 19,50€
304 páginas
1.a edição
Fomato: 155 mm * 235 mm * 21 mm
ISBN: 9789899970540
Saída: 10-03-2017

Sinopse
«A nação portuguesa é um produto da sua História: isto dá à História de Portugal um valor eminente».
É assim que Henry Morse Stephens, docente da Universidade da Califórnia, começa esta obra notável, que em muito contribui para trazer ao conhecimento comum diversos acontecimentos até agora desconhecidos da História de Portugal.
Abrange a instauração da nacionalidade, a consolidação do território e da independência, atravessa o período heroico dos Descobrimentos e a criação de um império global, as navegações em África, na Índia, no Próximo Oriente e no Brasil, e culmina no período de declínio, que começa na fatídica batalha de Alcácer Quibir e se prolonga mais ou menos até aos nossos dias, iluminado aqui e ali com alguns lampejos de uma glória fugaz.
Na primeira fase, aliou-se uma força combatente a uma sabedoria administrativa e um tato de governo que granjearam o respeito de toda a Europa. Na segunda, a dos Descobrimentos, a visão estratégica dos principais dirigentes do reino e o insuperável heroísmo dos navegadores trouxeram glória e poder à alma lusa. Finalmente, com a perda da independência e as respetivas consequências, Portugal entra na fase mais negra da sua História.
Este é um livro essencial para entender o contexto e os acontecimentos que conferiram ao reino uma individualidade e uma existência nacionais de que justamente se orgulha e para vislumbrar como conseguiu um país tão pequeno erguer o primeiro império global da História.

HENRY MORSE STEPHENS
Docente de História em Berkeley, na Universidade da Califórnia, teve no seu trajeto passagens pelas universidades de Oxford e de Cambridge. Com artigos regularmente publicados na imprensa, conquistou uma sólida reputação junto dos leitores.
Membro ativo da Associação Americana de História, debruçou-se intensamente sobre a História de Portugal, da qual Portugal: A História de uma Nação é a principal referência. Entre as suas obras contam-se, por exemplo, Uma História da Revolução Francesa, Albuquerque (uma biografia de Afonso de Albuquerque) e O Estudo de História nas Escolas.

Voo Fantasma de Bear Grylls - Novidade Marcador


Mistério – Policial – FICÇÃO
No DE PÁGINAS - 408pp.
FORMATO – 15,5*23,5cm
PREÇO (c/IVA) – 18,95€
ISBN – 978-989-754-299-2
DATA DE LANÇAMENTO – 15-02-2017

Sinopse
Uma mãe e um filho raptados de forma selvagem numa montanha cercada pela neve.
Um soldado leal, torturado e executado num lugar remoto da Escócia,
Um avião perdido, finalmente descoberto no coração da selva amazónica, que esconde um segredo perigoso que poderá libertar o mal na Terra.
Uma corrida desesperada para vencer uma conspiração assustadora nascida nos dias mais negros da Alemanha nazi.
E há algo que une tudo isto.
Só um homem pode desvendar o segredo. 
Will Jaeger. O Caçador.

Bear Grylls é autor de 22 livros, incluindo a sua autobiografia: Lama, Suor & Lágrimas, um incrível bestseller internacional Coronel honorário dos Royal Marine Commandos, foi, durante três anos, soldado das forças especiais britânicas SAS, o que lhe permitiu aperfeiçoar muitas das habilidades que os seus fãs adoram ver nos programas de televisão que protagoniza e que se tornaram nos mais vistos do planeta, com uma audiência estimada de 1,2 mil milhões de espectadores e que lhe valeram uma nomeação para os Emmys.

Um pouco de Jason Bourne com um pouco de Indiana Jones - um thriller de estreia para nos tirar o fôlego

Resultado Passatempo - Amor em Minúsculas


Obrigada a todos os que participaram neste passatempo.
Um enorme agradecimento à Marcador pela oferta de um exemplar de Amor em Minúsculas.  
Tivemos 85 participações válidas. Obrigada! 
O número sorteado foi o 20.
A grande vencedora foi:

Isabel Azevedo - Amadora

Parabéns!

Se ainda não foi desta que foi o grande vencedor não desista. Existem sempre boas oportunidades aqui no blogue. 


Até breve!

Está nas tuas Mãos de Margarida Fonseca Santos - Novidade Booksmile



Está nas tuas mãos | 120 pp | 8,79€

Sinopse
Guilherme não consegue entender, está assustado. E a razão não é para menos: saber que tem uma doença crónica parece-lhe a pior notícia possível.
A família, os amigos e os professores interrogam-se sobre as consequências para o quotidiano e para o futuro de Guilherme. Todos têm de aprender a lidar com este problema, mas a doutora Cristina, uma médica fantástica, vai ajudá-los a conhecer a doença e as formas de agir para diminuir as dores, as lesões e o desânimo.
A força da amizade e do amor vai transformar por completo a vida de Guilherme, tornando-o feliz e realizado.
Vem daí e descobre a importância de nunca desistir!

Margarida Fonseca Santos publicou o seu primeiro livro para crianças há vinte e um anos. Desde esse instante, nunca mais parou de escrever para este público, um verdadeiro desafio que se transformou numa grande paixão.
Autora reconhecida e muito querida do público, tem uma grande parte das suas obras no Plano Nacional de Leitura.
Paralelamente, escreve para adultos e para teatro, trabalha na área da escrita criativa e do treino mental, algo que ficou do tempo em que se dedicava à Pedagogia e à Formação Musical. A coleção A Escolha É Minha é o reflexo de todo este percurso.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Sentir Profundo

"Talvez o que chamamos de intuição não seja outra coisa senão a ponta do icebergue de algo que se forja a um nível mais profundo. Esse pensamento acaba por ser no mínimo inquietante, porque é alguém que somos nós mesmos, mas que trabalho na sombra, se adianta aos nossos atos e decide de antemão o caminho a seguir."

In Amor em Minúsculas de Francesc Miralles Marcador  

Quase a chegar às livrarias - A Felicidade e Outras Pequenas Grandes Coisas Haim Shapira


Disponível a 17 de Março 

Sinopse
Qual foi o momento mais feliz da sua vida? Como o sabe reconhecer e identificar? Será que as perguntas sobre o sentido da vida têm sentido? Bebendo de fontes literárias e filosóficas que vão de Alice no País das Maravilhas e de O Principezinho a Tolstói, ao rei Salomão e a Friedrich Nietzsche, apresentadas sob a forma de citações cativantes ou de anedotas cheias de humor, Haim Shapira desafia o leitor a questionar as suas ideias sobre a felicidade, e propõe meios alternativos para avaliar o que é importante na vida e para alcançar aquilo que realmente deseja - que pode ser bem diferente daquilo que acreditava desejar antes de começar a ler este livro!

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Kina Grannis - Can't Help Falling In Love


Que voz! Até arrepia... 

Quase a chegar às livrarias - Cevdet Bei e os Seus Filhos de Orhan Pamuk


Disponível a 02 de Março 

Sinopse
Istambul, 1905. Cevdet Bei, um comerciante muçulmano rico, instala-se com a mulher no bairro ocidental de Nisantasi. O Império Otomano já soçobrava antes da Primeira Guerra Mundial e as elites contestavam o poder despótico do sultão Abdülhamid II. Duas gerações depois, o pintor Ahmet decide retratar o avô e, neste intervalo, observamos a evolução de toda a sociedade turca. Este romance de estreia de Orhan Pamuk, Prémio Nobel da Literatura, segue as três gerações da família de Cevdet Bei, e com elas a fundação da Turquia moderna.

Quase a chegar às livrarias - Gregor - A Quarta Profecia de Suzanne Collins


Disponível a 02 de Março 

Sinopse
Agora que conseguiu resolver com sucesso três profecias e salvar a Subterra, Gregor merece descansar. No entanto, torna-se por demais evidente que os ratos continuam a expulsar os ratinhos, aos quais os Subterrestres chamam mordiscantes, de todas as terras que estes ocupam. Fazem-no há séculos. 
Mas agora, pior ainda, os mordiscantes estão a desaparecer e a rainha Luxa quer resolver o mistério. Gregor e Luxa aliam-se numa missão arriscada. O que descobrem é ainda mais sinistro do que seria de esperar e aponta para uma nova profecia… Quando terá Gregor o merecido descanso?

Quase a chegar às livrarias - Destroços de Emily Bleeker


Disponível a 17 de Março 

Sinopse
Lillian Linder é uma mentirosa. À superfície, aparenta ser a sobrevivente corajosa de um acidente de avião. Mas tem vindo a mentir à sua família e ao resto do mundo desde que os helicópteros de salvamento a resgataram a si e a Dave, outro sobrevivente, de uma ilha deserta no Pacífico Sul. Desaparecidos durante dois anos, tornaram-se estrelas e recebem as atenções de toda a imprensa. Mas nunca poderão contar a verdadeira história… 
O público está fascinado por ambos, mas Lillian e Dave têm de regressar às suas vidas e esposos. Genevieve Randall, uma jornalista experiente e obstinada, suspeita que a história pode ser falsa e está determinada a desvendar a verdade a qualquer custo, mesmo que implique destruir as vidas de Lillian e Dave. Uma história eletrizante que nos faz questionar a importância da sobrevivência, tanto no meio da natureza selvagem como sob os holofotes da imprensa implacável.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

O Livreiro de Paris de Nina George - Novidade Editorial Presença


Coleção: Grandes Narrativas
Nº na Coleção: 653
Data 1ª Edição: 16/02/2017
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-5961-0
Nº de Páginas: 328
Dimensões: 151x231mm
PVP: 17,50€

Sinopse
Jean Perdu é proprietário de um negócio tão especial quanto extraordinário: a Farmácia Literária, uma livraria instalada num barco atracado no rio Sena, em Paris. Ao invés de vender medicamentos, receita livros como remédio para os males da alma. Porém, embora saiba aliviar a dor dos outros, não consegue atenuar a sua própria dor. O que Monsieur Perdu não sabe é que a descoberta de uma carta do seu passado está prestes a mudar-lhe o destino. Depois de a ler, Jean encontra-se numa encruzilhada: continuar uma existência sombria e dolorosa ou embarcar numa viagem ao Sul de França, até à Provença, ao encontro da reconciliação com o passado e da beleza da vida.
O Livreiro de Paris é um romance surpreendente sobre o poder dos livros e do amor.

Nina George nasceu em Bielefeld, na Alemanha, em 1973. É jornalista freelancer desde 1992 e já publicou 26 livros. Em 2012 e 2013 ganhou o prémio DeLiA e o Glauser-Prize. O Livreiro de Paris tem os direitos vendidos para mais de 30 países.
Site
Blogue
Video


Saiba mais sobre o livro no site da Editorial presença aqui.