sexta-feira, 7 de abril de 2017

A Luz da Ásia de Edwin Arnold - Novidade Alma dos Livros



Tema: Literatura/Romance
PVP: 14,95€
192 páginas
1.a edição
ISBN: 9789899970564
Saída: 07-04-2017

Sinopse
Siddhartha era um príncipe bem-educado e nobre. Casou-se com uma bela mulher e teve um filho. Num dos seus passeios, ficou chocado e triste ao perceber o sofrimento do povo e os abusos infligidos aos animais. Deixou o palácio e renunciou a todos os prazeres mundanos para ir em busca da verdade e do significado da vida.
Mais de uma terça parte da Humanidade deve as suas ideias morais e religiosas a este ilustre príncipe, cuja personalidade, embora revelada de um modo imperfeito pelas fontes de informação disponíveis, surge como a mais elevada, mais amável, mais santa e mais benéfica na história do pensamento.
Na sua essência, A Luz da Ásia é um relato do percurso mais ou menos lendário da vida e da carreira espiritual do príncipe Siddhartha, o Buda, e um resumo dos princípios do grande sistema religioso que nele teve a sua origem. É abundantemente embelezado com alusões indianas e expressa completamente o próprio espírito do Oriente.

Edwin Arnold, escritor e jornalista inglês nascido em Kent, membro honorário da Sociedade Internacional Budista, dominou sânscrito, árabe, turco e as línguas persas. Esteve na Índia vários anos e, após regressar a Inglaterra, trabalhou como jornalista e editor-chefe no The Daily Telegraph durante mais de quatro décadas. O mais famoso dos seus trabalhos é este A Luz da Ásia, publicado inicialmente em Londres e Nova Iorque. As suas qualidades literárias e a sua abordagem séria da espiritualidade fizeram-no merecedor de muitos elogios. Dezenas de edições e traduções foram publicadas em todo o mundo. A obra rapidamente alcançou o reconhecimento dos leitores. Edwin Arnold foi condecorado por diversos monarcas, governos e instituições, em Inglaterra e noutros países. Na Universidade de Oxford há uma placa em sua homenagem, tendo sido também criada a bolsa Sir Edwin Arnold, de incentivo ao estudo das línguas e da literatura orientais.

«Li A Luz da Ásia com um interesse ainda maior do que o Bhagavad Gita. Assim que comecei a ler, já não consegui parar. A minha mente começou a trabalhar nos ensinamentos ali contidos e a expressão daquela forma tão elevada de religião atraiu-me muito.» Mahatma Gandhi

«A Luz da Ásia traz uma unidade de cor e de luz vindas do Oriente que se alia à veracidade evidenciada no manejo magistral do carácter de Buda, o que torna este livro tão precioso quanto único.» Helena P. Blavatsky

«Na minha viagem de regresso, vindo da Europa, havia três jovens indianos. Fui-lhes apresentado por uma jovem que os conhecia. Aconteceu que um deles era Jiddu Krishnamurti, e os outros eram o seu irmão Nityananda e o seu secretário, Rajagopal. Ofereceram-me A Luz da Ásia, de Edwin Arnold, e esse foi o meu despertar, a minha introdução ao mundo da Índia, como uma luz.» Joseph Campbell

«A Luz da Ásia é uma obra de grande beleza e narra a história da fundação do budismo com tal intensidade que o nosso interesse nunca esmorece. As suas descrições são desenhadas com mão de mestre e olho de poeta. O seu tom é tão elevado que é difícil encontrar algo que se lhe compare na literatura mundial.» Oliver Wendell Holmes

Sem comentários :

Enviar um comentário