sexta-feira, 26 de maio de 2017

Passatempo Exclusivo Facebook


Passatempo em vigor até 02 de Junho.
Pode participar aqui.
Boa sorte!

A química dos nossos corações de Krystal Sutherland - Novidade Porto Editora


Henry Page é um romântico incurável... ainda que meramente no plano das ideias. Para ele, amor verdadeiro é aquele que provoca arritmias cardíacas, com primeiros beijos acompanhados por uma banda sonora digna de um sucesso de Hollywood e em que “para sempre” significa “até que algo mais definitivo do que a morte nos separe”. Quando conhece Grace Town – que não é, definitivamente, a rapariga de sonho pela qual esperava – Henry vai descobrir que a vida não segue o guião que criou. E que isso pode ser a parte mais interessante de todas.

Primeiros Amores Borboletas Adolescência 
Corações Partidos Primeiros Beijos 

Título: A química dos nossos corações
Autor: Krystal Sutherland
Tradução: Paulo M. Morais
Págs.: 280
Capa: mole com badanas
PVP: 15,50 €

Podem ler as primeiras páginas do livro aqui

Krystal Sutherland nasceu em Townsville, Austrália, um lugar que não conhece o inverno. Já adulta, passou por Sydney onde coordenou a revista da universidade que frequentava; por Amesterdão, onde trabalhou como correspondente de um jornal; e Hong Kong. Krystal estagiou na Bloomsbury Publishing e foi nomeada para o Queensland Young Writers Award. Não tem animais de estimação, nem filhos, mas adora dar nomes a objetos inanimados: por exemplo, teve uma bicicleta holandesa chamada Kim Kardashian e um dinossauro pequeno e insuflável chamado Herbert. A química dos nossos corações é o seu primeiro romance.

Biblioteca Perfeita


Imagem retirada aqui.

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Augusto Cury em Lisboa


Augusto Cury estará em Lisboa para uma sessão de autógrafos na Feira do Livro, no dia 4 de junho, domingo, às 15:30.
Estão todos convidados!

A Salvo Comigo de K. L. Slater - Novidade Topseller


Ed. Topseller | 384 pp. | 18,79€

Sinopse
Há treze anos, alguém destruiu a vida dela. Agora, a vingança está ao seu alcance…
Anna é uma rapariga solitária que procura o equilíbrio na sua vida apoiando-se nas rotinas diárias. Não gosta de se aproximar das outras pessoas, pois conhece demasiado bem os danos que elas podem causar.
Até que, um dia, testemunha um acidente e reconhece a culpada: é Carla, a mulher que arruinou a sua vida no passado. Esta é a sua oportunidade de vingança. O primeiro passo é aproximar-se de Liam, o homem ferido no acidente, para poder seguir de perto a investigação policial.
Quando Carla também se aproxima de Liam, Anna percebe quais são as reais intenções de Carla: manipulá-lo… Mas ela não deixará que isso aconteça e tudo fará para proteger Liam e desmascarar esta impostora.
À medida que a obsessão de Anna por Carla se intensifica, outros segredos vão sendo revelados, mostrando que o perigo, afinal, pode vir de onde menos se espera.

K. L. Slater é uma nova voz do thriller psicológico que em poucos meses viu o seu romance de estreia, A Salvo Comigo, alcançar o topo das tabelas de vendas internacionais.
Também escreve livros de ficção YA, multipremiados, com o nome Kim Slater.
Mora em Nottingham, no Reino Unido, com o marido e os três filhos.
Saiba mais sobre a autora em www.klslaterauthor.com.

Lançamento de «A Sociedade dos Sonhadores Involuntários»



A Quetzal tem o prazer de convidá-la(o) para a festa de lançamento do novo romance de José Eduardo Agualusa, A Sociedade dos Sonhadores Involuntários, que terá lugar na Livraria Ler Devagar, em Lisboa, no dia 2 de junho, às 22h00. A apresentação será feita por Patrícia Reis, que também moderará uma conversa entre o autor e Luaty Beirão.

Demasiado Mar Para Tantas Dúvidas de Miguel Miranda - Novidade Marcador


FICÇÃO – ROMANCE
Nº DE PÁGS - 200pp.
FORMATO – 15,5*23,5cm
PREÇO (c/IVA) – 17,50€
ISBN – 978-989-754-319-7

Sinopse
Caracas é uma cidade a ferro e fogo. A vida de Martingo e Divone também. O sequestro e a morte da filha, Íris, na selva colombiana, constituem um drama que os precipita num labirinto de dor.
Martingo é mais duro de sentimentos, reage melhor à perda da filha, Divone vive enclausurada num estado de negação: para ela, a filha está apenas ausente e vai regressar um dia. Toda a sua vida comum acaba por desabar: os negócios, a família, a vida conjugal.
Decidem abandonar Caracas e regressar à terra de Martingo, uma aldeia perdida no interior de Portugal, Campo de Víboras – lugar mágico por comportar as memórias de infância e por ser um sítio estranho, onde se passam coisas raras: bichos dentro das pedras, uma montanha que geme, minas de volfrâmio, lobos.
Um romance sobre a dor, a perda, a erosão do amor e a sua tentativa de salvação. Um olhar flamejante sobre a quantidade e a qualidade da vida, do amor e da felicidade. Como os ramos de um flamboyant agitados no vento das palavras. 

Miguel Miranda percorre vários géneros literários, entre o conto, o policial e o romance. Obteve vários prémios literários, como o Grande Prémio de Conto APE, o prémio Caminho de Literatura Policial e o prémio Fialho de Almeida, em duas edições. Foi finalista do prémio PEN de Narrativa e do prémio Violeta Negra, do Festival de Literatura Policial de Toulouse.
Está traduzido e editado em Itália e sobretudo, em França, onde tem tido destaque.
Demasiado Mar para Tantas Dúvidas é o seu primeiro livro na Marcador Editora.

LANÇAMENTO

Feira do Livro de Lisboa

Praça Amarela

Sábado, 17 de Junho às 15h.

Primeiras Palavras - O coração de Simon contra o mundo

O coração de Simon contra o mundoO coração de Simon contra o mundo by Becky Albertalli
My rating: 4 of 5 stars

O coração de Simon contra o mundo devia ser um livro a ser lido por toda a gente. Recomendem aos pais, irmãos, primos, sobrinhos, avós, amigos, a quem quiserem. Quando leio notícias como as que li hoje e ainda vejo tanta intolerância e preconceito, livros como este fazem todo o sentido e são de leitura urgente. É preciso educar e sensibilizar para a temática da homossexualidade. É preciso aceitar o outro, é preciso mais tolerância. Simon Spier com os seus 16 anos dá uma lição grandiosa ao leitor. Uma lição de coragem, de respeito pelo outro, de aceitação das diferenças, de aceitação do seu eu. A autora Becky Albertalli escreveu com a sensibilidade que o tema merece e adicionou-lhe um humor fantástico. Uma história de amor inspiradora. Uma lição de vida espantosa. Um apelo à tolerância, ao respeito pelo outro, à liberdade. Um livro de leitura mais que obrigatória.


Ana Bacalhau anuncia álbum de estreia a solo para 20 de Outubro


Já disponível o vídeo de "Ciúme", o primeiro single

"Tenho bichos-carapinteiros. Também são carpinteiros, claro, mas, sobretudo, carapinteiros." Ana Bacalhau anunciou hoje a sua estreia a solo, após uma década a dar voz às canções da Deolinda. "Quando era miúda, ouvia os graúdos a apontar-me o excesso de energia e inquietação e, sem perceber nada de carpintaria, convenci-me que o que me diagnosticavam era um caso bicudo de bichos que cara-pintavam. (...) Houve um dia que pediram um palco para si", diz Ana Bacalhau sobre o chamamento de se lançar em novas direcções, de dar voz a novos autores e às suas próprias composições.

"Dei ao resultado deste trabalho de cara-pintaria o título de 'Nome Próprio'. Para isso, contei com a preciosa ajuda de queridos e talentosos amigos, que entenderam tão bem aquilo que queria dizer."

O anúncio fez-se com "Ciúme", um tema composto por Miguel Araújo, estreado hoje nas rádios e com videoclipe a condizer. Realizado por Sérgio Rosário e Igor Fioravanti, com direcção criativa de Joaquim Albergaria, o vídeo replica o conceito de várias Anas Bacalhau a falar entre si, o mesmo que se vê na capa do disco.



'Nome Próprio' teve produção de João Bessa e Ana Bacalhau, foi masterizado nos estúdios de Abbey Road e está disponível, a partir de hoje em pré-venda. Digitalmente, no iTunes, com 5 temas a serem "libertados" até 20 de Outubro; na Fnac com desconto e uma edição exclusiva, em cartão e com uma canção extra, "Dama da Noite", de António Zambujo e João Monge.

Samuel Úria, Jorge Cruz, Nuno Prata, Afonso Cruz, Nuno Figueiredo, Capicua, Márcia, Carlos Guerreiro e Francisca Cortesão são os nomes que constam de "Nome Próprio" e que ajudam Ana Bacalhau a dar voz aos seus bichos-carapinteiros, os mesmos que a levaram também a escrever e compor. As letras "Só Eu" e "Menina Rabina" (ambas com música de Henrique Janeiro) e "Deixo-me Ir", escrita e composta por Ana Bacalhau são disso exemplo.

Na gravação do disco, Ana Bacalhau contou com a preciosa mestria de Luís Figueiredo (piano, teclados), Luís Peixoto (cavaquinho, bouzouki, banjo), Zé Pedro Leitão (contrabaixo, baixo), Alexandre Frazão (bateria, percussão), músicos que a acompanharão ao vivo. Em "Ciúme", o primeiro single agora estreado conta ainda como músicos convidados Mário Delgado (guitarra eléctrica) e Amadeu Magalhães (cavaquinho).

'Nome Próprio' assinala, para alegria da sua autêntica legião de fãs, a estreia a solo de uma das mais aclamadas intérpretes portuguesas. Após o lançamento do álbum, Ana Bacalhau transportará estas canções para o palco numa digressão que promete passar por todo o país.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Doces Silêncios de Deborah Smith - Novidade Porto Editora



Título: Doces Silêncios
Autor: Deborah Smith
Tradutor: Elsa T. S. Vieira
Págs.: 344
PVP: 16,60 €
Disponível a 1 de Junho

Sinopse
Após a morte do marido num trágico acidente, Hush McGillen não se deixou abater. Transformou os pomares de maçãs da família num negócio de sucesso e o filho, Davis, está a estudar na conceituada Universidade de Harvard. Contudo, este idílico paraíso cai por terra quando o filho aparece com uma companhia inesperada: a filha do Presidente dos Estados Unidos. De um momento para o outro, Hush tem de lidar com os Serviços Secretos, a comunicação social e, pior do que tudo, os novos sogros do filho – e a primeira-dama não está nada satisfeita.
Com o agente federal Nick Jakobek, enviado pela família presidencial para resgatar a filha, a trazer ainda mais caos à sua vida, Hush vê-se perante a necessidade de fazer todos os possíveis para salvar o seu negócio, a sua reputação e a sua família – pois o seu passado não é exatamente o conto de fadas que todos julgam.

Deborah Smith é uma das autoras americanas mais lidas em todo o mundo: a sua obra já vendeu mais de três milhões de exemplares. Nomeada para diversos prémios importantes, como o RITA Award da Romance Writers of America e o Best Contemporary Fiction da Romance Reviews Today, foi distinguida com o Prémio de Carreira atribuído pela Romantic Times Magazine.

Saída de Emergência apresenta "Nimona" no Festival de BD de Beja


A partir de 26 de maio, regressa o Festival de BD de Beja, este ano na 12.ª edição.

Os fãs da BD nacional terão à sua disposição exposições, um Mercado do Livro, com a presença de mais de 60 editoras,  e programação paralela que inclui conversa à volta da BD, lançamento de livros, sessões de autógrafos e workshops.

A Saída de Emergência estará presente pela primeira vez e no sábado, dia 27, às 15.15, no Pax Julia Teatro Municipal, apresenta a sua nova BD Nimona, a premiada graphic novel de Noelle Stevenson que foi finalista do Prémio Eisner e do National Book Award em 2015.

O Festival de BD de Beja decorrerá até 12 de junho no centro histórico da cidade.

Quase a chegar às livrarias - A Catedral do Mar


Disponível a 07 de Junho 

Sinopse
Século XIV. A cidade de Barcelona encontra-se no auge da prosperidade. Os seus habitantes decidem construir o maior templo mariano conhecido: Santa Maria do Mar. Uma construção paralela à desditosa história de Arnau, um servo da terra que foge dos abusos do seu senhor feudal.
Arnau leva uma vida de trabalho extenuante sempre à sombra da Catedral do Mar, que o tirará da condição miserável de fugitivo para lhe dar nobreza e riqueza. Mas com esta posição privilegiada chega também a inveja dos seus pares, que tramam uma sórdida conspiração que põe a sua vida nas mãos da Inquisição.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Os Livros do Rei de David Machado, Gonçalo Viana - Novidade Alfaguara


Edição/reimpressão: 2017
Páginas: 32
Editor: Alfaguara Portugal
ISBN: 9789896652364
PVP: 12,50€

Sinopse
Os Livros do Rei é um inventário da luz e esperança encerrados nos livros e da lucidez contida no sonho de uma criança. Os Livros do Rei é a história de um jovem príncipe que se vê obrigado a suceder ao seu pai quando este morre no grande terramoto que deitou a cidade abaixo. 
O rapaz fica com a importante mas ingrata tarefa de refazer uma cidade do zero. Além de grande leitor (foi graças aos livros que sobreviveu, pois tinha lido uma vez como actuar em caso de terramoto), o príncipe era um grande sonhador e inspirou-se nas histórias que tinha lido para projectar uma cidade onde todos pudessem viver, sobreviver, sonhar e ser felizes. Reuniu as melhores cabeças do reino para «construir casas com telhados da cor dos dias de sol» e «muralhas tão altas que chegassem tão longe quanto a imaginação de crianças».

David Machado nasceu em Lisboa em 1978. É autor do romance O Fabuloso Teatro do Gigante e do livro de contos Histórias Possíveis. Em 2005, o seu conto infantil A Noite dos Animais Inventados recebeu o Prémio Branquinho da Fonseca, da Fundação Calouste Gulbenkian e do jornal Expresso, e desde então publicou mais três contos para crianças, Os Quatro Comandantes da Cama Voadora, Um Homem Verde num Buraco muito Fundo e O Tubarão na Banheira, distinguido com o Prémio Autor SPA/RTP 2010 de Melhor Livro Infanto-Juvenil. Tem livros publicados em Itália e Marrocos e contos presentes em antologias e revistas literárias em Itália, Alemanha, Noruega, Reino Unido, Islândia e Marrocos. Traduziu os livros O Herói das Mulheres, de Adolfo Bioy Casares, e Obrigada pelo Lume, de Mario Benedetti.

Quase a chegar às livrarias - Debaixo da Pele


Disponível a 30 de Maio

Sinopse
Júlia nunca contou toda a verdade sobre o que lhe aconteceu. Nem aos pais, que a sentem cada vez mais distante; nem às amigas, que não vê há meses. Acreditou que dessa forma seria possível esquecer tudo; mas a memória que o seu corpo guarda não pode ser apagada, e por isso, apesar dos seus dezanove anos, Júlia só deseja ficar quieta, encolhida numa vida vazia, longe de tudo e de todos.
No prédio onde mora, vive Catarina, uma menina de quatro ou cinco anos, filha de uns vizinhos cujas discussões violentas Júlia escuta através das paredes. Salvar essa criança torna-se então essencial à sua própria salvação. Mas será possível fugir do passado quando ele permanece debaixo da pele?
Eis o ponto de partida deste romance fascinante e profundamente actual, que acompanhará os momentos cruciais das vidas de Júlia e Catarina ao longo de mais de trinta anos, nos quais as suas histórias ora se entretecem, ora se afastam. 

[A minha Opinião] Amor em Minúsculas


Amor em Minúsculos atraiu-me pelo seu título e pela simplicidade da capa. O amor é tudo menos minúsculo, então o porquê do título? Tenho outra perspectiva depois de terminar a leitura. De facto o amor é construído com pequenas coisas.

Estreia absoluta com este autor e a surpresa foi agradável. Pela história construída que é bem original, pelo personagem principal que é tudo o que não se espera num protagonista e pela viagem literária.

Samuel, o personagem principal deste romance, dá corpo a um professor de linguística que é tudo menos o protagonista que estou habituada a encontrar nos romances. É um homem solitário, de rotinas, introvertido, observador, culto, inteligente. Fecha-se muito no seu mundo e só o facto de pensar em conviver com outros o deixa constrangido. Tudo o que é habitual na sua vida sofrerá uma grande mudança só com a simples presença de um gato. Mishima, esse gato vadio que se impõe na sua vida, irá de forma sublime desafiar Samuel a sair da sua zona de conforto. 

Um romance que é um hino às pequenas coisas, aos pequenos gestos, às pequenas surpresas, que quando somadas são preciosas e conduzem ao caminho para a felicidade. A vida é feita de acasos, escolhas. Será que também se pode falar de destino ou partidas do destino?

Um romance de leitura fácil, com personagens bem singulares, um gato senhor do seu nariz, aulas de literatura grátis e muita vontade de ler Goethe, Kafka e Rilke depois de tanta página lida. Um amor em minúsculas que inspira. Afinal tudo acontece no seu devido tempo e muitas vezes de forma inesperada e surpreendente. 

Leiam este livro e deixem-se inspirar. Recomendo a leitura especialmente aos amantes de gatos. Vão adorar o temperamento do Mishima.

Boas leituras!  

A Sociedade dos Sonhadores Involuntários, de José Eduardo Agualusa - Novidade Quetzal


Género: Literatura / Romance
Formato: 15 x 23,5 cm
N.o de páginas: 280
Data de lançamento: 19 de maio de 2017
PVP: € 17,70
ISBN: 978-989-722-332-7

Sinopse
O jornalista angolano Daniel Benchimol sonha com pessoas que não conhece. Moira Fernandes, artista plástica moçambicana, radicada em Cape Town, encena e fotografa os próprios sonhos. Hélio de Castro, neurocientista brasileiro, filma-os. Hossi Kaley, hoteleiro, antigo guerrilheiro, com um passado obscuro e violento, tem com os sonhos uma relação ainda mais estranha e misteriosa. Os sonhos juntam estas quatro personagens num país dominado por um regime totalitário à beira da completa desagregação.
A Sociedade dos Sonhadores Involuntários é uma fábula política, satírica e divertida, que desafia e questiona a natureza da realidade, ao mesmo tempo que defende a reabilitação do sonho enquanto instrumento da consciência e da transformação.

José Eduardo Agualusa nasceu na cidade do Huambo, em Angola, a 13 de dezembro de 1960. Estudou Agronomia e Silvicultura. Viveu em Lisboa, Luanda, Rio de Janeiro e Berlim. É romancista, contista, cronista e autor de literatura infantil. Os seus romances têm sido distinguidos com os mais prestigiados prémios nacionais e estrangeiros, como, por exemplo, o Grande Prémio de Literatura RTP (atribuído a Nação Crioula, 1998) e o Independent Foreign Fiction Prize (para O Vendedor de Passados, 2004). Mais recentemente, o romance Teoria Geral do Esquecimento foi finalista do Man Booker Internacional e do International Dublin Literary Award (antigo IMPAC Dublin Award). Também os seus contos e livros infantis foram merecedores de prémios, como o Grande Prémio de Conto da APE e o Grande Prémio de Literatura para Crianças da Fundação Calouste Gulbenkian, respetivamente. A partir de 2013, José Eduardo Agualusa começou a publicar a sua obra na Quetzal.

CONVITE - Lançamento do livro «O Homem da Nave», de Aquilino Ribeiro


A Bertrand Editora e a Câmara Municipal de Moimenta da Beira têm o prazer de o/a convidar para o lançamento do livro O Homem da Nave, de Aquilino Ribeiro,  que decorrerá no lugar do Senhor da Aflição, em Soutosa, Moimenta da Beira (a 500m da Fundação Aquilino Ribeiro), no dia 27 de maio, sábado, dia do centenário da morte de Aquilino Ribeiro, às 16h00.

Henrique Monteiro, Álvaro Domingues e Aquilino Machado apresentarão o livro.

Lana Del Rey - Lust For Life ft. The Weeknd


Mas que dois! Duas vozes inconfundíveis que juntas fazem magia. Vale a pena ouvir esta "Lust for life". 

[A minha Opinião] Quando perdes tudo não tens pressa de ir a lado nenhum


Confesso que o que me atraiu imediatamente para este livro foi o seu título. Disse-me muito. Senti que teria de fazer esta leitura. Há livros que nos escolhem e não ao contrário. Há livros que têm o momento certo para serem lidos. Este foi o momento certo.

Com um título que me disse tanto, é impossível não criar expectativas em relação à história e aos seus personagens. Depois da leitura feita acho que essa expectativa não foi defraudada.

Dulce Garcia, a meu ver, fez uma grande estreia. O amor é sem dúvida o tema que mais tinta faz correr no mundo. Muito se escreve sobre o amor e há sempre tanto por dizer. No caso desta história, baseada numa história real, o tipo de amor que merece mais destaque é o amor romântico, mas todos os tipos de amor têm aqui a sua presença e importância.

Tinha já adorado o título do livro e a autora tinha também de dar o meu nome à personagem principal do livro. Há coincidências fantásticas. 

A história do livro centra-se num triângulo amoroso entre Isabel, Afonso e Sara. Uma história de amor ou talvez de desamor, nada longe da realidade dos nossos dias. Relacionamentos fugazes, loucos, intempestivos, que além de alterarem as vidas dos intervenientes, alteram as de terceiros. Os filhos, quando os há, são sempre os mais prejudicados e muitas vezes usados como forma de vingança. Relacionamentos que quando o amor acaba dão lugar à raiva, à mentira, à ameaça, à violência. Tudo vale no amor, ou será no ódio? 

Isabel e Afonso são as personagens que são mais aprofundadas pela autora. Entre o passado e presente descobri estas duas personagens e a bagagem que as faz ser as pessoas que são no momento actual. Ambos tiveram passados difíceis, relações familiares frágeis ou conflituosas. São essas vivências e exemplos familiares que os fazem questionar o amor, todas as decisões que tomam, a pessoa que são ou podiam ser.  

A autora ofereceu-me personagens credíveis, uma narrativa cativante e bem construída, uma história singular, momentos de leitura cheios de emoção e reflexão. Gosto de livros que me desafiem, que aflorem emoções e me façam reflectir. Este livro fez bem o seu papel. 

Leiam! Leitura mais que recomendada.

Boas leituras!  

segunda-feira, 22 de maio de 2017

[A minha Opinião] Pequeno Manual Para a Vida



Sou leitora de romances, de policiais, de thrillers. São os géneros literários que mais leio. Ler sobre religião, espiritualidade ou esoterismo não é a minha praia. Talvez por isso mesmo me desafiei com este livro de Epicteto. Sai da minha zona de conforto para ler algo que não é habitual. 

E de facto este livro é um pequeno manual para a vida, com ensinamentos sábios e conselhos que devemos reter e tentar seguir.

São textos pequenos, que reúnem o essencial sobre as vivências diárias, o homem, a felicidade, os valores morais, o eu. 

Mais do que ler teoria, li a experiência na primeira pessoa de Epicteto, que com uma linguagem directa e até algo poética, me vai transmitindo os seus ensinamentos. 

É um livro ao qual devemos recorrer sempre. Nos momentos de felicidade e nos momentos de infelicidade. Haverá sempre uma passagem do livro que nos inspirará a fazer mais e melhor.

"Aquilo que és verdadeiramente não é representado por aquilo que possuis." Este é um de muitos ensinamentos presentes neste livro. São leituras como esta que me conduzem ao caminho certo para a felicidade.

Recomendo a leitura a quem, como eu, não lê este género de livros. É um desafio que só traz surpresas boas.

Boas leituras!

Quase a chegar às livrarias - Amanhece na Cidade


Disponível a partir de 09 de Junho 

Sinopse
Nas ruas de Lisboa, um táxi circula e observa. E, com ele, nós observamos também: Manuel, o taxista que não sabe chorar. Olinda, a ama de duas crianças mal-educadas. Daisy, a stripper. João, o sem-abrigo… Um dia, um momento infeliz, com consequências trágicas, obriga Manuel a confrontar-se consigo próprio, e as consequências serão mais transformadoras do que ele alguma vez imaginou. Manuel parou-me e mandou-a entrar. Olinda não tinha como pagar uma viagem de táxi até à Brandoa. Manuel apagou a luz de serviço e disse-lhe que já não estava a trabalhar. Com o orgulho a ceder à medida que os sapatos ficavam encharcados, Olinda entrou.

domingo, 21 de maio de 2017

Quase a chegar às livrarias - Os Passageiros do Tempo


Nas livrarias a 07 de Junho 

Sinopse
Numa noite devastadora, em Nova Iorque, Etta Spencer, uma violinista prodígio, perde tudo o que conhece e ama. Enganada por uma mulher estranha e misteriosa, Etta vê-se subitamente a viajar, não apenas milhares de quilómetros, mas centenas de anos, descobrindo assim um dom herdado de uma família que ela nem sequer conhecia.
Nicholas Carter, ex-escravo, está feliz com a sua vida no mar, a bordo de um navio pirata, após se livrar da poderosa família Ironwood, nas colónias inglesas da América do Norte. Mas, com a chegada de uma passageira invulgar ao seu navio, o passado volta a agarrá-lo e Nicholas vê-se de novo nas garras da família que o subjugou.
Juntos, Etta, uma miúda nova-iorquina do século XXI, e Nicholas, um marinheiro negro do século XVIII, embarcam numa viagem perigosa através dos séculos e de vários continentes, da Revolução Americana à Segunda Guerra Mundial, das Caraíbas a Paris, seguindo e interpretando pistas deixadas por um viajante do tempo que fez tudo para esconder dos poderosos Ironwood o objeto misterioso.

O Contágio de Megan Abbott - Novidade Edições Saída de Emergência



Chancela: Saida de Emergência
Data 1ª Edição: 05/05/2017
ISBN: 9789897730467
Nº de Páginas: 320
Dimensões: [160x230]mm
Encadernação: Capa Mole
PVP: 17,70€

Sinopse
O pânico lançado por um misterioso contágio ameaça destruir amizades e famílias num subúrbio idílico 
A família Nash é muito unida. Tom é um professor bastante popular, pai de dois adolescentes: Eli, uma estrela de hóquei adorado por todas as raparigas, e a sua irmã Deenie, uma estudante exemplar.
Mas a estabilidade que os rodeia é despedaçada quando a melhor amiga de Deenie é possuída por convulsões na escola. Rumores de uma epidemia incendeiam-se como um rastilho de pólvora pela comunidade. O pior de todos virá ao de cima… e nada mais será igual.
À medida que cresce a histeria e o contágio se propaga, emerge uma série de segredos profundos que ameaça destruir amizades, famílias e a própria segurança da pacata cidade.
Deixe-se contagiar pelo talento de Megan Abbott, uma das vozes mais originais da sua geração, numa história tenebrosa sobre
culpa...
segredos de família...
e o poder letal do desejo.

Megan Abbott (1971-) é a autor premiada dos romances Die a Little, Bury Me Deep, The End of Everything, Tens Coragem? e The Fever. Natural de Detroit, EUA, formou-se na Universidade do Michigan e doutorou-se em Literatura Inglesa e Norte-Americana na Universidade de Nova Iorque. Deu aulas em Nova Iorque e o seu nome já figurou em várias antologias de ficção policial e crime. 
Recebeu nomeações para inúmeros prémios, incluindo os prémios Edgar, Shirley Jackson, Los Angeles Times e Folio. O romance Tens Coragem? encontra-se a ser adaptado para televisão pelo canal HBO.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

"Livrões" Projecto "Folhas Mágicas"


Ocorreu hoje o encerramento do projecto "Folhas Mágicas" (saiba mais aqui). Foram largos meses de trabalho que terminaram em grande. Hoje inauguraram-se os "livrões", que irão possibilitar à comunidade e ao turista, ter um livro sempre à mão. Foram colocadas placas identificativas e respectivos QR em algumas das árvores mais emblemáticas da zona. E para embelezar ainda mais o dia, foi também visitado o belíssimo mural do "Folhas Mágicas". Estão todos de parabéns! É lindo assistir à criação de projectos como este. É lindo ver iniciativas que sensibilizam e incentivam à leitura. Fiquei de coração cheio.






Apresentação de "Os 200 Melhores Percursos de Trekking de Portugal" de Miguel Judas.


Apresentação de "Os 200 Melhores Percursos de Trekking de Portugal" de Miguel Judas. Dia 22 de maio, 18h30, Fnac Chiado

Biblioteca Perfeita


Imagem retirada aqui.

Quase a chegar às livrarias - A Salvo Comigo


Nas livrarias a 29 de Maio 

Sinopse
Há treze anos, alguém destruiu a vida dela.
Agora, a vingança está ao seu alcance…
Anna é uma rapariga solitária que procura o equilíbrio na sua vida apoiando-se nas rotinas diárias. Não gosta de se aproximar das outras pessoas, pois conhece demasiado bem os danos que elas podem causar.
Até que, um dia, testemunha um acidente e reconhece a culpada: é Carla, a mulher que arruinou a sua vida no passado. Esta é a sua oportunidade de vingança. O primeiro passo é aproximar-se de Liam, o homem ferido no acidente, para poder seguir de perto a investigação policial.
Quando Carla também se aproxima de Liam, Anna percebe quais são as reais intenções de Carla: manipulá-lo… Mas ela não deixará que isso aconteça e tudo fará para proteger Liam e desmascarar esta impostora.
À medida que a obsessão de Anna por Carla se intensifica, outros segredos vão sendo revelados, mostrando que o perigo, afinal, pode vir de onde menos se espera.

Quase a chegar às livrarias - A Mulher Desaparecida


A 29 de Maio nas livrarias 

Sinopse
Num bairro familiar e acolhedor nos arredores de Londres, uma mulher foi alvo de um violento assassínio. Um tiro certeiro de uma caçadeira atravessou a janela da cozinha, onde ela se encontrava com o marido e a filha. A morte foi imediata.
Ao iniciar a investigação, a polícia local descobre que a mulher, de nome Sophie Parker, se tratava na verdade de uma cidadã dinamarquesa que se encontrava desaparecida há 18 anos. Louise Rick, chefe do Departamento de Pessoas Desaparecidas, fica responsável pelo caso. É então que novas e surpreendentes revelações desvendam que fora Eik, seu colega e amante, quem declarara o desaparecimento de Sophie.
Assim que é informado da morte de Sophie, Eik desaparece misteriosamente e, passadas 24 horas, é preso em Inglaterra e acusado de ser o responsável pelo crime.
Mais uma vez, Sara Blædel contempla-nos com uma história extraordinária onde a aventura, o suspense e o desespero são absolutamente reais. 
Nenhum leitor conseguirá ficar indiferente!

quinta-feira, 18 de maio de 2017

MUSE - Dig Down (Música Nova)


O vídeo foi lançado hoje e já estou aqui a partilhar convosco. Está BRUTAL! Mas isso já é hábito com os MUSE. Mantém a sonoridade e mensagem forte que tanto os identifica. Só vos tenho a dizer que depois de ouvirem a primeira vez vão querer repetir muitas vezes. VICIANTE! Há indicações que o novo álbum deverá sair no segundo semestre deste ano. Já estou ansiosa. 

Ameaça entre as Sombras de Linda Howard - Novidade HarperCollins


Lançamento: 1 de junho de 2017
PVP: 17,70 €
Formato: 15,5 x 23 cm com abas
Página: 416
Género: Suspense Romântico

Sinopse
Para Morgan Yancy, diretor de operações de um grupo paramilitar, o trabalho estava em primeiro lugar. Mas, depois de sofrer uma emboscada em que esteve prestes a morrer, o seu supervisor estava mais do que decidido a descobrir quem andava atrás dos membros do seu esquadrão de elite... e porquê. Temendo que o inimigo desconhecido voltasse a atacar, Morgan fora enviado para um lugar isolado para ficar escondido, mas vigilante. No entanto, entre a anfitriã atraente, que estava decidido a proteger, e uma ameaça mortal à espreita nas sombras, passar despercebido demonstrou ser a missão mais perigosa que já tinha enfrentado.
Bo Maran, a chefe da polícia a tempo parcial da pequena aldeia montanhosa da Virgínia Ocidental, tinha conseguido finalmente construir a vida que desejava. Tinha amigos, um cão e algum dinheiro no banco. E, de repente, Morgan apareceu à sua porta. Bo não precisava de nenhum homem misterioso na sua vida, e menos ainda de um tão problemático, atraente e hermético como Morgan. Para ela já era suficiente apaziguar os habitantes de Hamrickville depois de uma disputa pessoal que tinha ocorrido.
Com o passar dos dias e das semanas, era mais difícil, para Bo e Morgan, lutar contra a intensa atração e crescente intimidade, apesar de estar muito consciente de que aquele homem escondia alguma coisa. Contudo, descobrir a verdade podia custar mais a Bo do que aquilo que estava disposta a dar. E, quando o segredo de Morgan fosse descoberto, poderia custar-lhe a vida.

LINDA HOWARD é uma autora premiada de numerosos best sellers do The New York Times e do USA Today. incluindo os mais recentes Amando uma Mulher, Segundas Oportunidades, Amanhecer Contigo, Em Mundos Distintos, Paixões Censuráveis, Prazeres Ocultos, Entre a Lealdade e o Amor e Para Quase Sempre. Vive em Gadsden, no Alabama, com o marido e dois golden retrievers.

Sobre Linda Howard disseram:

«Linda Howard funde sexo quente, impacto emocional e uma tensão cativante.» Publishers Weekly

«Linda Howard escreve com poder, com uma sensualidade estonteante e com uma habilidade narrativa incomparável no drama romântico. Cada livro é um tesouro que o leitor pode saborear vezes sem conta.» Iris Johansen autora best seller do The New York Times

«Rainha do suspense romântico.» Booklist

«Linda Howard sabe o que os leitores querem.» Affaire de Coeur

Pussy de Howard Jacobson - Novidade Bertrand Editora



Género: Literatura / Romance
Tradução: Vasco Teles de Menezes
Formato: 15 x 23,5 cm 
N.o de páginas: 216
Data de lançamento: 12 de maio de 2017
PVP: € 15,50
ISBN: 978-972-25-3411-6

Sinopse
Pussy é a história do príncipe Fracassus, o herdeiro presumível do Grão-Ducado de Origen, famoso pelos seus arranha-céus e casinos dourados, que passa a infância a ver reality shows na televisão, a imaginar-se o imperador Romano Nero e a fantasiar sobre profissionais do sexo. É preguiçoso, arrogante, de pele fina e egoísta; não tem maneiras, nem curiosidade, nem conhecimentos, e é possuidor de poucas ideias, que se expressam através de um número muito limitado de palavras. Tendo tudo isto em consideração, será um líder adequado para tornar o país grande outra vez?

Howard Jacobson, de origem judaica, nasceu em Manchester, em 1945. Os seus romances centram-se nas relações e comportamentos da sociedade britânica, particularmente na componente judaica, o que já levou a crítica a considerá-lo o «Philip Roth inglês». Diz, no entanto, e em jeito de ironia, preferir ser conhecido como o «Jane Austen judeu». Em paralelo com a escrita, foi também professor de Inglês no Wolverhampton Polytechnic do West Midlands, no Selwyn College e na Universidade de Sydney. Participou igualmente em vários programas televisivos do canal britânico Channel 4.

Ildefonso Falcones na Penguin Random House Grupo Editorial


A Suma de Letras, selo editorial do grupo Penguin Random House, é a nova casa-editora do autor espanhol Ildefonso Falcones. Irá ser publicada a edição comemorativa do 10º aniversário do romance A CATEDRAL DO MAR, já a 7 de Junho. A grande novidade chegará um mês depois, com a publicação de OS HERDEIROS DA TERRA, uma sequela do primeiro, que fará as delícias dos leitores.

A CATEDRAL DO MAR constituiu um fenómeno editorial sem precedentes, tendo conquistado seis milhões de leitores em mais de 40 países. Narra a história da construção da catedral de Santa Maria do Mar na Barcelona do século XIV, um templo erigido pelo povo e envolto em mistério. OS HERDEIROS DA TERRA dá continuidade à fascinante história começada em A CATEDRAL DO MAR.
Ildefonso Falcones consagrou-se como um dos autores espanhóis mais lidos em todo o mundo.

Para comemorar estas excelentes notícias, Ildefonso Falcones virá a Lisboa brevemente, para encontros com os seus leitores e com os jornalistas.

Ildefonso Falcones nasceu em Barcelona em 1959. Escritor e jornalista, editou o seu primeiro romance em 2005.

Aqueles que Merecem Morrer de Peter Swanson - Novidade Editorial Presença


Coleção: Minutos Contados
Nº na Coleção: 41
Data 1ª Edição: 18/05/2017
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-6027-2
Nº de Páginas: 280
Dimensões: 150x231mm
PVP: 17,50€

Sinopse
Ted Severson e Lilly Kintner conhecem-se num aeroporto de Londres. Conversam e bebem demasiados martinis enquanto aguardam pelo embarque num voo para Boston. Embalados pela bebida, os dois iniciam um estranho e arriscado jogo em que revelam pormenores da sua vida privada. Ted conta que a mulher, Miranda, o trai, chegando a dizer que tem vontade de a matar. Para sua surpresa, a enigmática Lilly mostra-se disposta a ajudá-lo. Se todos nós morremos, que diferença fará punir pelas próprias mãos quem merece ser punido? Mas Lilly não revela a Ted o seu passado tortuoso e sinistro. Assim começa uma perigosa e fatal corrida contra o tempo. 
O autor escreve magistralmente, deixando o leitor em estado de permanente tensão, choque e expectativa, mantendo-o dentro do seu jogo psicológico. Um livro impregnado de ação, suspense e adrenalina, reviravoltas e imprevisibilidade. Aqueles que Merecem Morrer figurou durante meses em todas as listas de bestsellers do Reino Unido.

Peter Swanson é autor de três romances: The Girl with a Clock for a Heart, finalista do LA Times Book Award; Aqueles que Merecem Morrer, vencedor do New England Society Book Award e finalista do CWA Ian Fleming Steel Dagger; e Her Every Fear, o mais recente. Os seus livros estão traduzidos em 30 línguas. Os seus contos e poemas têm sido referidos em Asimov's Science Fiction, The Atlantic Monthly, Measure, The Guardian, The Strand Magazine e Yankee Magazine. Peter Swanson frequentou o Trinity College, a Universidade de Massachusetts, em Anherst, e o Emerson College. Vive em Massachusetts com a sua mulher e um gato.

Citações 
«Partilha os mesmos pontos fortes que Em Parte Incerta mas é ainda melhor.» | Entertainment Weekly
«A vingança nunca se serviu tão fria como neste thriller excecional de Peter Swanson. Poucos estarão preparados para um clímax tão esmagador.» | Publishers Weekly
«Um enredo diabolicamente imprevisível, com momentos de cortar a respiração. O final é fabuloso.» | Bookseller

Saiba mais sobre o livro no site da Editorial Presença aqui.

A Rapariga Mais Sortuda do Mundo de Jessica Knoll - Novidade Editorial Presença


Coleção: Grandes Narrativas
Nº na Coleção: 662
Data 1ª Edição: 18/05/2017
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-6026-5
Nº de Páginas: 384
Dimensões: 150x230mm
PVP: 18,90€

Sinopse
A vida perfeita de Ani é uma perfeita mentira... Ani FaNelli tem tudo: um emprego glamoroso, um invejável guarda-roupa, um noivo perfeito e muito rico. Mas Ani tem um segredo inquietante. Por trás desta fachada de sucesso, um doloroso acontecimento persegue-a desde a adolescência, quando ainda frequentava a prestigiada escola de Bradley, Pensilvânia: uma traumática humilhação pública com implicações que, se forem reveladas, poderão arruinar para sempre a vida que ela, com muito custo, teve de reinventar. Romper o silêncio sobre o passado irá desmoronar a sua vida ou libertá-la de vez?
A Rapariga Mais Sortuda do Mundo é um thriller psicológico mordaz, intenso e cheio de mistérios que agarra os leitores até à última página e que explora temas como a identidade, a violência sexual, o amor e o que significa ser mulher. A Liongate comprou os direitos para cinema e Reese Witherspoon vai produzir o filme.

Jessica Knoll foi editora da Cosmopolitan e chefe de redação da revista Self. Cresceu nos subúrbios de Filadélfia e estudou na Shipley School, em Bryn Mawr, Pensilvânia, e nos Hobart e William Smith Colleges, em Geneva, estado de Nova Iorque. A Rapariga Mais Sortuda do Mundo é o seu primeiro romance, que obteve desde logo retumbante sucesso, tendo sido nomeado para o Prémio Edgar na categoria de Melhor Romance de Estreia e para o International Dublin Literary Award. Tem direitos de tradução licenciados para 35 países. A Lionsgate adquiriu os direitos para a adaptação cinematográfica. Vive com o marido na cidade de Nova Iorque.

Citações
«Impossível parar de ler.» | People
«Um romance de estreia extraordinário e cativante, tão negro quanto divertido.» | Publishers Weekly
«Os leitores que gostaram de Em Parte Incerta ficarão deliciados com esta mulher que se revela inteligente e cruel, vulnerável e detestável.» | Time.com
«Impressionante. Uma leitura que não vai ser capaz de largar.» | Entertainment Weekly

Saiba mais sobre o livro no site da Editorial Presença aqui.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Aquisições - Penguin Random House


Obrigada Penguin Random House por estes mimos fantásticos. (Aquisições Março) 



Blacklist de Alyson Noël - Novidade HarperCollins


Lançamento: 1 de maio 2017
PVP: 17,70 €
Formato: 15,5 x 23 cm com abas
Página: 320
Género: Young Adult

Sinopse
Layla Harrison encontrou a fama que procurava, Aster Amirpour tem o seu nome em todos os tablóides (embora não fosse esse o tipo de fama que pretendia) e Tommy Phillips está prestes a encontrar a mulher dos seus sonhos (o que pode ser mais difícil do que conseguir um passe VIP o clube Unrivaled).
Layla, Aster e Tommy nunca imaginaram que pudessem alcançar estes feitos por estarem envolvidos no desaparecimento de Madison Brooks, uma história que assombrou o mundo.
O julgamento iminente de Aster, pelo assassinato, adquiriu tamanhas proporções que nem o advogado dos seus pais pode fazer algo por ela.
Enquanto isso, Layla começa a receber mensagens misteriosas e Tommy decide seguir os passos da última pessoa que viu Madison viva. Procuram-na entre os segredos dos famosos, que os media tentam esconder. Contudo, quando Layla, Aster e Tommy estão prestes a desvendar a verdade, descobrirão que há segredos que é melhor deixar bem enterrados...!

ALYSON NOËL nasceu em Orange County, na Califórnia. Viveu em Mykonos e Manhattan, e regressou ao sul da Califórnia, onde vive e trabalha atualmente no seu próximo livro.
BLACKLIST é o segundo livro da autora publicado pela HarperCollins Ibérica, seguindo-se a SEM IGUAL.
A autora já publicou mais de vinte romances, tendo sido várias vezes número um do The New York Times.
Entre os seu títulos, destacam-se as sagas OS IMORTAIS e THE SOUL SEEKERS, ambas com grande sucesso em Portugal. Os seus livros foram traduzidos para trinta e seis línguas, já vendeu milhões de exemplares e entrou nas listas dos livros mais vendidos em muitos países.

Sobre o livro Sem Igual disseram:

“Como qualquer boa celebridade, Sem Igual é um livro misterioso, irresistível e tão belo que não conseguirá afastar o olhar das suas páginas.” Cecily von Ziegesar, autora da série Gossip Girl

“Uma leitura absorvente, cheia de suspense e absolutamente viciante.” Margaret Stohl, autora de Beautiful Creatures

Projecto "Folhas Mágicas"


Projecto "Folhas Mágicas", integrado na 14º Edição do Prémio Fundação Ilídio Pinho Ciência na Escolaestá a ser desenvolvido pela Escola Básica do 1º Ciclo e Creche de Santana (Madeira). Um dos objectivos do projecto é incutir e fomentar o interesse e promoção da leitura, apresentando a origem, evolução e formas diversificadas de dinamização da mesma. 
Uma das muitas actividades associadas é a construção e colocação de vários "livrões" na comunidade. O objectivo é que os livros estejam ao alcance de todos, de forma gratuita, incentivando e educando assim para a leitura. 
Livros e árvores andam de mãos dadas neste projecto e um dos objectivos é a introdução de beacons para identificar algumas das espécies mais emblemáticas da Floresta Laurissilva.

Deixo-vos o canal de Youtube do Projecto Folhas Mágicas:


No próximo dia 19 de Maio ocorrerá o encerramento deste projecto com a apresentação dos "livrões", das placas de identificação das árvores e do mural à comunidade. 
Deixo aqui o convite a quem quiser comparecer. Será pelas 10h30 na Câmara Municipal de Santana. Apareçam!


Lá estarei para assistir de perto ao encerramento de um projecto mágico. Depois partilho convosco fotos e relato deste dia. 
Boas leituras!

A Duquesa Inesperada de Valerie Bowman - Novidade Topseller


A Duquesa Inesperada | 304 pp. | 16,99€ | Saída a 15 de maio

Sinopse
Uma história deliciosa sobre desencontros, mal-entendidos e paixões escondidas.
Lady Lucy Upton é conhecida pela sua beleza exótica, mas também pela língua afiada que afasta qualquer pretendente. Apesar do mau feitio, ela é a pessoa ideal para ajudar a tímida Cassandra a desencorajar a corte do Duque de Claringdon, que está à procura de esposa.
Com palavras ousadas e desafios impróprios de uma senhora, Lucy torna-se a sombra de Cassandra, falando no lugar dela na altura de repelir o duque. Contudo, o duque é mais obstinado do que elas imaginavam, deixando Lucy surpreendida por encontrar alguém capaz de responder às suas provocações.
O que Lucy não sabe é que o duque não desistirá de Cassandra. Ele é um homem de honra. E a verdade é que, antes de regressar da guerra, o seu amigo Julian, às portas da morte, o fizera prometer que casaria com a jovem. Apesar de não a amar, Cassandra seria a esposa perfeita… se Lucy não metesse constantemente o nariz onde não é chamada! O pior é que agora o duque não consegue ficar indiferente à atrevida mulher! Como cão e gato, os dois iniciam uma perigosa batalha de temperamentos.
Mas a lei da atração dita que um deles terá de ceder…

Valerie Bowman é uma autora bestseller internacional de romances de época, diferenciados pelos seus diálogos perspicazes, enredos cativantes e heroínas fortes e independentes.
Nasceu em Illinois, nos Estados Unidos, é a mais nova de sete irmãs e cresceu rodeada de romances históricos. É licenciada em Língua e Literatura Inglesa pelo Smith College e escreveu o seu primeiro romance em 2012.
Os seus livros têm sido muito bem recebidos pela crítica e nomeados para reconhecidos prémios literários, entre os quais o RT Reviewers' Choice, para Melhor Romance Histórico de Estreia, e ainda o Kirkus Prize para ficção.

[A minha Opinião] Isto Acaba Aqui



O primeiro livro que li de Colleen Hoover, e o primeiro a ser publicado em Portugal pela Topseller foi "Um Caso Perdido". Adorei o livro e está no grupo dos meus livros favoritos. Depois desse primeiro livro, tornei-me super fã da autora e todos os livros publicados em português, passaram a ser de leitura obrigatória para mim. 

Assim que soube da publicação do livro "It Ends With Us" em 2016 e da nomeação do livro como grande vencedor do Prémio Goodreads para Melhor Romance de 2016, quis imediatamente ler o livro. Não o cheguei a comprar em inglês embora a vontade fosse muita. 

Quando fiquei a saber que a Topseller iria publicar o livro fiquei extremamente feliz. Sabia de antemão que iria ser uma excelente leitura. A Topseller pôs fim ao meu sofrimento e possibilitou-me a leitura antecipada do livro, o que agradeço imenso. É sem dúvida um privilégio poder ler um livro antes da sua saída nas livrarias. 

Muito se falou deste livro como sendo o melhor livro de Colleen Hoover, devido ao facto de ser um livro muito pessoal para a autora. Quando lerem a nota da autora, deixada no final do livro, compreenderão o que estou a dizer. 

Iniciei a leitura a 10 de maio e terminei a leitura em menos de 24 horas. Foi impossível deixar o livro fechado durante muito tempo. Desejei prolongar a leitura e fazê-la durar muito tempo, mas a vontade de o ler era muito maior. Devorei o livro!

Colleen Hoover cativou-me logo nas primeiras páginas quando me apresentou a personagem principal, Lily, uma jovem, naquele momento vulnerável, que, inesperadamente se cruza com Ryle, um homem em fúria. O destino, quis que se cruzassem e que mudassem a vida um do outro para sempre. São ambas personagens fortes e cativantes, com passados marcantes e traumáticos, que deixaram marcas nas suas vidas. São ambos donos de personalidades fortes, inteligentes, bonitos. É impossível não nos apaixonarmos por estas personagens aos primeiros capítulos. Atlas é também uma personagem que me encheu as medidas e o coração. O mais próximo do homem perfeito. É impossível não recordar a leitura sem suspirar por este homem. 

Entre o passado e presente da personagem Lily, foi-se escrevendo uma bonita história de amor, e sensibilizando para uma temática difícil: a violência. Com uma inteligência imensa, a autora tratou um tema sensível com mestria. Senti o peso desse tema e ao mesmo tempo a leveza das palavras escritas. Permiti-me colocar no papel de Lily e acompanhei os pensamentos, as incertezas, os sofrimentos desta personagem. Mais do que uma leitura, foi uma reflexão. Reflexão sobre o que muitas vezes julgamos ser o mais certo sem nos colocarmos no lugar do outro. Nem tudo é preto no branco. E as pessoas que mais amamos serão aquelas que também mais nos vão fazer sofrer. Quando se entrega o coração é esse o risco que se corre.   

Terminei a leitura de lágrimas nos olhos e sorriso nos lábios. Esta foi sem dúvida uma viagem cheia de emoções. Um livro poderoso, sensível, apaixonante. Colleen Hoover oferece sempre ao leitor histórias incríveis, mas esta, pela proximidade à história de vida da autora, tocou-me muito. Só me resta continuar a nadar e esperar pela próxima vaga, pelo próximo livro da autora. ADOREI! LEIAM POR FAVOR O LIVRO.

Boas leituras!