terça-feira, 31 de maio de 2016

Um Novo Amanhã de Dorothy Koomson - Novidade Porto Editora


Título: Um Novo Amanhã
Tradução: Irene Ramalho
Págs.: 472
Capa: mole com badanas
PVP: 16,60 €
Disponível a 9 de Junho

Sinopse
No final dos anos 80, em Londres, duas meninas de oito anos partilham o mesmo nome e a mesma paixão pelo ballet. Nada as poderá afastar uma da outra, nem do sonho de, um dia, se tornarem bailarinas profissionais mundialmente famosas.
Mas um ato de maldade de um homem destrói todos os sonhos de infância e promete derrubar de vez o mundo das duas amigas. E, assim, Veronika e Veronica seguem caminhos diferentes e invisíveis, desprovidos de fantasia ou esperança. Vinte anos depois, as memórias da amizade e a necessidade de mudar de vida vingam, forçando um novo cruzar de caminhos e a busca de um novo rumo, juntas.

Sobre a autora 
Traduzida em 30 línguas e com mais de 2 milhões de livros vendidos em todo o mundo, Dorothy Koomson é hoje uma das maiores referências do romance feminino. Ao livro mais emblemático – A filha da minha melhor amiga – seguiram-se outros sucessos que a tornaram uma das autoras preferidas dos leitores portugueses.
Descubra mais em: 

Já publicados pela Porto Editora


Booktrailer A VIÚVA Ed. Planeta Portugal


Estará amanhã, dia 1 de Junho nas livrarias!
Inquietante. Compulsivo. Real. O LIVRO DO ANO. 
Saiba mais sobre o livro aqui.

segunda-feira, 30 de maio de 2016

A Incrível Viagem de Arthur Pepper de Phaedra Patrick - Novidade Topseller


A Incrível Viagem de Arthur Pepper | 320 pp. | 17,69€ | Saída a 23 de maio

Sinopse
Arthur Pepper, de 69 anos, leva uma vida simples e rotineira, como quando a sua mulher, Miriam, era viva. Levanta-se às 7h30, rega a sua planta Frederica e vai tratar do jardim. O dia a dia de Arthur corre como deve ser. Sem surpresas. Sem sobressaltos.
Até que no primeiro aniversário da morte da mulher, tudo muda. Ele encontra no meio dos pertences de Miriam uma pulseira que não se recorda de ter visto antes. Uma pulseira com oito berloques diferentes, cada um mais misterioso do que o outro. Num deles encontra até um número de telefone. Intrigado, Arthur resolve telefonar e descobrir a quem pertence aquele número. As revelações que se seguem vão lançá-lo numa jornada surpreendente. De Londres a Paris, cidades que nunca imaginou visitar, Arthur irá fazer novas e fascinantes descobertas não só sobre a sua mulher, mas também sobre si próprio.
Encantador e comovente, mordaz e cheio de humor, este romance é ideal para leitoras de ficção romântica.

Phaedra Patrick já teve muitas profissões: foi empregada de mesa, designer de vitrais, participou na organização de festivais de cinema e trabalhou em comunicação.
Desde sempre desejou dedicar-se à escrita. Começou por participar em diversos concursos de contos, através dos quais ganhou algum sucesso no meio literário. Hoje escreve a tempo inteiro.
Saiba mais sobre a autora em www.phaedra-patrick.com


«Terno, inteligente e surpreendente... Uma estreia maravilhosa.» - Library Journal

«Este romance de estreia é uma história doce.» - Publishers Weekly

«Encantador. Este livro é um bálsamo para a alma e para o coração.» - The Sun

sábado, 28 de maio de 2016

[A minha Opinião] Confesso


Colleen Hoover, conquistou-me logo com a sua escrita quando li o seu primeiro livro, Um Caso Perdido. Desde então que os seus livros são de leitura obrigatória. Fiquei super feliz quando tomei conhecimento da publicação deste livro pela Topseller. 

As expectativas para este livro eram grandes, visto ter sido eleito o melhor romance de 2015 pelos leitores do Goodreads. Saíram defraudadas? Não! Mas senti que faltou qualquer coisa. Uma pitada de qualquer coisa.

Gostei muito dos personagens principais, Auburn e Owen. Foram bem construídos pela autora, que lhes deu carácter, profundidade de sentimentos, personalidades cativantes e vidas sofridas, apesar de ambos serem jovens. Senti logo empatia por eles, quis carregá-los ao colo e dizer-lhes que iria correr tudo bem. Auburn e Owen não são pessoas muito felizardas nas suas vidas. Já passaram por momentos desoladores, e tentam a todo custo, seguir com a suas vidas em frente. Será que conseguem?

Acreditam no destino? Acreditam que o universo conspira para que certas coisas ou pessoas apareçam na nossa vida? Acreditam em coincidências? Na célebre frase, no lugar certo à hora certa? Pois bem, deixo-vos pensar com calma nestas questões, por enquanto. Quando lerem este livro, talvez encontrem algumas respostas, certezas ou mais incertezas.

Como todas as histórias construídas pela autora, o amor tem papel principal e é motor para todas as tramas dos seus livro. Do amor romântico, ao amor de pais para filhos, todos estes tipos de amor estão bem representados neste Confesso. O amor requer sacrifícios e esta história é disso espelho sincero. 

Foram horas de leitura bem passadas, a desfrutar da bela escrita de Colleen Hoover, a reler passagens que me marcaram, a emocionar-me com as confissões reais presentes no livro, a interiorizar e a apaixonar-me pelas pinturas do Owen (tão bem representadas pelo talentoso Danny O'Conner).   

Não foi paixão à primeira vista como com Um Caso Perdido. Acho que nunca se esquecem os primeiros amores. Mas este Confesso terá um lugar muito especial no grupo dos meus livros favoritos.

Só me resta dizer-vos, leiam, leiam leiam.

"Abnegação. Devia ser a base de qualquer relação. Se uma pessoa gosta realmente de nós, então vai tirar maior prazer da maneira como nos fizer sentir do que da maneira como nós a fizermos sentir."

E porque os livros não nos dão só boas histórias, também, por vezes, nos dão boas músicas, aqui fica uma delas. Obrigada Auburn, pela música e pela gargalhada. 


E porque depois de lerem o livro vão querer conhecer mais o trabalho de Danny O'Conner, aqui fica a página de facebook deste talentoso artista:

sexta-feira, 27 de maio de 2016

A Viúva de Fiona Barton - Novidade Planeta


360 páginas / 17,99€/ A partir de 1 de Junho

Sinopse
A Mulher
A existência de Jean Taylor era de uma banalidade abençoada.
Uma boa casa, um bom marido.
Glen era tudo o que sempre desejara na vida: o seu Príncipe Encantado.
Até que tudo mudou.

O Marido
Os jornais inventaram um novo nome para Glen: monstro era o que gritavam e lhe chamavam.
Jean estava casada com um homem acusado de algo impossível de imaginar.
E à medida que os anos passaram sem sinal da menina que alegadamente raptara, a vida de ambos foi sendo escrutinada nas páginas dos jornais.

A Viúva
Agora, Glen está morto e pela primeira vez Jean está só, livre para contar a sua versão da história.

Jean Taylor prepara-se para nos contar o que sabe.
Quatro anos após o desaparecimento de Bella Elliot, de dois anos, Glen Taylor é atropelado por um autocarro e morre. Glen era o principal suspeito no caso de Bella, mas foi absolvido após provas cruciais serem dadas como inadmissíveis.
Após a morte, a sua mulher Jean é, de novo, o foco das atenções dos jornalistas. Jean convida a jornalista Kate Waters para ir a sua casa para uma entrevista. Ao mesmo tempo Bob Sparkles ainda está a investigar o caso de Bella, apesar de ter sido afastado duas vezes, porque os superiores estavam preocupados com a sua obsessão pelo caso.
As perguntas de Kate a Jean e as respostas dela são reveladoras de que Jean sabe mais sobre o envolvimento do marido, no rapto.

Sobre a autora
Natural de Cambridge vive no sudoeste da França. Fiona Barton tem aprendido e trabalhado com jornalistas de todo o mundo.
Foi jornalista principal do Daily Mail, editora de noticiário no Daily Telegraph e jornalista principal no Mail on Sunday, onde foi considerada a Jornalista do Ano pela British Press Awards.
A Viúva é o seu primeiro livro.

Criticas 
«[Uma] história incrível... com um hipnotizante narrador nada confiável... que lhe dará cabo da cabeça.» Oprah.com

«Barton tece habilmente uma história que nos lembra que de facto podemos ser enganados por outros, mas que podemos enganar-nos com facilidade.» USA Today

«[Jean é] um enigma fascinante... Barton sabe como elevar a fasquia da tensão.» The New York Times

«Eu li A Viúva com a crescente sensação de que estava folheando as páginas do novo A Rapariga no Comboio deste ano. Todos os ingredientes para um grande best-seller e de um romance de que todos irão falar.» The Bookseller

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Passatempo Especial Facebook - Elfanos - O Legado


Está a decorrer na página de Facebook do Manta de Histórias um passatempo com o apoio da autora Duda Reis. Será sorteado um exemplar autografado do livro "Elfanos - O Legado". 
Podem participar aqui, até dia 1 de Junho.
Boa sorte!

Feira do Livro de Lisboa e Vales Oferta

Boa noite leitores! 
Como é sabido, hoje, dia 26 de Maio, arranca mais uma Feira do Livro de Lisboa. Como tal, em parceria com o Grupo Porto Editora, tenho vales oferta para os seguidores do Manta de Histórias.
Espero que tenham oportunidade de visitar a Feira do Livro e de fazer uso destes vales 
Boas compras e boas leituras.
Divirtam-se!!




segunda-feira, 23 de maio de 2016

O Vírus Mona Lisa de Tibor Rode - Novidade Topseller


O Vírus Mona Lisa | 448 pp. | 20,99€ | Saída a 23 de maio

Sinopse
Nunca como hoje se discutiram tanto os padrões de beleza. O que é efetivamente a beleza e o porquê da sua importância? Quem ou quais são os ícones de beleza?
Tibor Rode apresenta-nos uma genial teoria da conspiração onde a Humanidade é o alvo a abater.
Nos Estados Unidos, as participantes num concurso de beleza desaparecem misteriosamente. Mais tarde, algumas delas aparecem totalmente desfiguradas. Em Milão, o mural A Última Ceia, de Leonardo da Vinci, é destruído, tal como em Leipzig uma das torres da Câmara Municipal. Entretanto, alguém espalha um vírus informático em todo o mundo, que altera sistematicamente os ficheiros de fotografias para desfigurar os rostos humanos.
A resposta está na Mona Lisa.
Quando a especialista Helen Morgan vê a sua filha ser raptada e é chantageada para roubar a Mona Lisa do Museu do Louvre, ela acaba por descobrir um criminoso perigoso e obcecado que vai ter de enfrentar até ao imprevisível desfecho final.
Num crescendo de ritmo e ação, este é um thriller de conspiração internacional com um final alucinante, que os amantes do género não podem perder.

Sobre o autor
Tibor Rode nasceu em 1974 em Hamburgo. Antigo jornalista, é atualmente advogado especializado em Direito Económico e professor na Universidade da sua cidade-natal.
O Vírus Mona Lisa foi o livro que o elevou ao estrelato. Altamente aclamado pela crítica, Tibor Rode já foi comparado ao norte-americano Dan Brown. Vive com a família e o seu cão nos arredores de Hamburgo.
Saiba mais sobre o autor em: www.tibor-rode.de


«Comparável a Dan Brown.» - Peter Hetzel, crítico literário

«Uma obra cativante desde a primeira página.» - Hamburger Morgenpost

«O prazer da leitura no seu melhor.» - Frankfurter Stadtkurier

«A beleza é o maior poder humano.» - Honoré de Balzac (1799-1850)

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Nova Imagem/ Logótipo do Manta de Histórias


Aqui está ela leitores, a nova imagem do blogue! Não está MARAVILHOSA?
Depois de tanto tempo a planear e a imaginar como seria este logótipo, aqui está ele, e não poderia ter imaginado melhor.
Quero agradecer à designer mais linda do mundo, à Mónica Caldeira (MOIKA - Arte & Design, Lda.), que tornou este sonho realidade. Ouviu as minhas preferências e inspirou-se para criar esta maravilha. Um gigante obrigada! Sem duvida és uma criativa de mão cheia. 
E assim estão representadas três das minhas coisas favoritas: Mochos, Livros e a cor Azul. E assim fica muito bem representado o meu Manta de Histórias. ADORO!!! 
Deixem os vossos comentários e feedback a esta novidade. 
Continuem desse lado. 
Boas leituras! 

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Maestra de L.S. Hilton - Novidade Presença


A Editorial Presença revelou no Pinterest a capa do livro Maestra de L.S. Hilton. O que acham? Thriller mais chocante do ano! Este livro promete.

A Imagem foi retirada aqui:

No Goodreads conseguem espreitar a sinopse em inglês. Já ficam com uma ideia de que tipo de história vos espera.
Link com a sinopse:

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Passatempo Planeta - O Apelo do Anjo (1º/2016)


Com o precioso apoio da Planeta, temos para oferecer um exemplar do livro O Apelo do Anjo. Para se habilitar a ganhar este exemplar, só tem de responder correctamente às questões que se encontram no formulário e ler com atenção as regras do passatempo. 

Regras do passatempo:

O passatempo é válido de 18 de Maio até às 23h59m de 29 de Maio. 
Só é válida uma participação por pessoa e residência, de residentes em Portugal Continental e Ilhas.
Ser seguidor do blogue Manta de Histórias: www.mantadehistorias.blogspot.pt
(Para ser seguidor, basta clicar em "aderir a este site" na barra lateral direita do blogue.)
Partilhar publicamente o passatempo.
Múltiplas participações serão automaticamente anuladas.
O vencedor será sorteado aleatoriamente (random.org) pela administração do blogue, contactado por e-mail e o resultado será anunciado no blogue.
O blogue e a editora não se responsabilizam por eventuais extravios no envio do livro por correio.
Boa sorte!

A coleção Vampiro está de volta!

Livros do Brasil relança a 26 de maio a emblemática coleção de clássicos do policial.
Um ano depois do relançamento da coleção Dois Mundos, a Livros do Brasil cumpre agora uma promessa já feita aos leitores: o relançamento da coleção Vampiro, que se iniciará com dois livros, Os Crimes do Bispo, de S.S. Van Dine (n.º 1) e Vivenda Calamidade, de Ellery Queen (n.º 2). Numerados, em formato de bolso e com um preço acessível – como sempre foi característico desta coleção –, regressam a partir do dia 26 de maio às livrarias os clássicos da literatura policial.

Sinopse
Quando um homem conhecido como Cock Robin aparece assassinado com uma flecha cravada no peito, John Markham, procurador do distrito judicial de Nova Iorque, chama para a investigação Philo Vance. Detetive amador de olho apurado e fraca crença em coincidências, Vance logo assinala a referência a uma conhecida lengalenga infantil. E rapidamente se torna claro que este será o padrão numa série de crimes extraordinários, arquitetados por um assassino de mente perversa, que mantém uma provocação constante à polícia através de cartas enviadas aos jornais, todas elascom a assinatura «O Bispo».
Num estilo simples e direto, construído pela mão hábil de S. S. van Dine, esta é uma história recheada de mortes, de suspeitos e de detalhes surpreendentes – como as peças de xadrez ou as de teatro.
Um policial brilhante, uma obra clássica da literatura de mistério.

S. S. Van Dine (pseudónimo de Willard Huntington Wright) nasceu a 15 de outubro de 1888, em Charlottesville, EUA. Aluno brilhante, estudou em Harvard antes de partir para Paris e Munique, onde prosseguiu a sua formação em artes e letras e iniciou carreira como editor e crítico de arte. Em 1923, na convalescença de uma tuberculose, lê uma série de romances policiais e fica fascinado pelo género. Três anos mais tarde, lança o seu primeiro romance com assinatura S. S. van Dine, O Caso Benson, que se revela um best-seller imediato. Este será o primeiro de uma série de romances protagonizados por Philo Vance, um detetive amador algo arrogante que privilegia os indícios psicológicos dos casos a que se dedica. Com várias adaptações de obras suas ao cinema, Van Dine torna-se um nome fundamental da literatura policial norte-americana dos anos 20 e 30. Morre a 11 de abril de 1939 em Nova Iorque.


Sinopse
Decidido a iniciar a redação do seu próximo romance policial num ambiente de tranquilidade, Ellery Queen deixa Nova Iorque e aporta a Wrightsville, típica cidade provinciana onde os dias parecem correr sem que nada de diferente aconteça. Os hotéis, porém, estão totalmente ocupados e não parece existir uma única casa para arrendar – à exceção de um pequeno anexo à mansão da poderosa família Wright, originalmente construído para acolher a filha Nora e o seu noivo, Jim Haight, antes de este desaparecer na véspera do casamento havia já três anos. Primeiro livro de Ellery Queen que tem como cenário esta cidade ficcionada, considerado o melhor da série Wrightsville, Vivenda Calamidade é um romance de grande riqueza psicológica, revelador de uma estrutura notável, onde as mortes se sucedem numa lógica irrepreensível e onde um elegante cocktail numa festa de passagem de ano pode ser a arma do crime.

Ellery Queen é o pseudónimo conjunto de Frederic Dannay (de seu verdadeiro nome Daniel Nathan, nascido em 1905 e falecido em 1982, em Nova Iorque) e do seu primo Manfred B. Lee (Manford Lepofsky, também nascido em 1905 e falecido em 1971, naquela mesma cidade). A dupla escreveu o seu primeiro romance, O Mistério do Chapéu Romano, em 1929, apresentando então o detetive Ellery Queen, ele próprio escritor de romances policiais, formado em Harvard, dono de uma genialidade tão grandiosa quanto a sua arrogância. Até 1971, Ellery Queen foi autor e herói de mais de trinta romances, numerosas novelas, peças radiofónicas, filmes e séries de televisão. Dannay e Lee deixaram também a sua marca na história da literatura policial pela criação, em 1941, da Ellery Queen’s Mystery Magazine, famosa revista policial ainda hoje em atividade.

terça-feira, 17 de maio de 2016

Legado nos Ossos de Dolores Redondo - Novidade Planeta


504 páginas / PVP: 19,95€ / Nas livrarias a partir de 18 de Maio

Sinopse
O julgamento do padrasto da jovem Johana Márquez está prestes a começar. A ele assiste uma grávida Amaia Salazar, a inspectora da Policía Foral que há um ano resolveu os crimes do denominado Basajaun, que semearam de terror o vale do Baztán.
Amaia também reuniu as provas incriminadoras contra Jasón Medina, que imitando o modus operandi do Basajaun assassinou, violou e mutilou Johana, a filha adolescente da mulher.
De repente, o juiz anuncia que o julgamento será cancelado: o réu acaba de se suicidar na casa de banho do tribunal. Face à expectativa e à irritação que a notícia provoca entre a assistência, Amaia é chamada pela polícia: o réu deixou um bilhete de suicídio dirigido à inspectora, um bilhete que contém uma mensagem concisa e inquietante: Tarttalo.
Essa única palavra que remete para a personagem fabulosa do imaginário popular basco desvendará uma trama terrífica que envolve a inspectora até culminar num trepidante desfecho.

Sobre a autora 
Nasceu em Donostia-San Sebastián em 1969. O Guardião Invisível, o primeiro romance da sua Trilogia do Baztán, granjeou-lhe o entusiasmo de editores de inúmeros países e hoje são já 23 as chancelas editoriais que publicaram a obra em todo o mundo.
Para além do respeito dos leitores, foi aclamada pela crítica como uma das propostas mais originais e contundentes do thriller em Espanha, e deste modo está programada a versão cinematográfica pela mão dos produtores da trilogia Millennium, de Stieg Larsson.

«Legado nos Ossos segue a estrela de O Guardião Invisível, mas é um romance de maior maturidade, com mais interesse do que o anterior.» El Correo Español

«Mito e realidade misturam-se neste sofisticado e acutilante thriller. Todos os esqueletos batem às portas para serem libertados e são-no nesta enérgica, fascinante e cativante história.» Steve Berry, autor best-seller do The New York Times

«O pano de fundo basco dá a este thriller uma força especialmente intrigante de profundidade; as superstições e mitologias desde os dias da Inquisição espanhola penetram no mistério de tal forma que o leitor se sente transportado.» Library Journal


Peter Nardermann, produtor de Millenium, comprou os direitos para filme e as filmagens já começaram na povoação basca de Elizondo.

As Crianças de Cristal de Kristina Ohlsson - Novidade Bertrand



Género: Literatura / Juvenil
Formato: 12,8 x 19,8 cm
N.o de páginas: 208
Data de lançamento: 20 de maio de 2016
PVP: € 12,20
ISB: 978-972-25-3165-8

Sinopse
Billie tem um mau pressentimento em relação à nova casa para onde se mudou com a mãe. É uma casa velha e delapidada, com a tinta das paredes a descascar, à noite ouvem-se barulhos esquisitos e existem duas misteriosas figuras de cristal, um rapaz e uma rapariga.
A mãe acha que ela está a inventar tudo, mas Billie tem a certeza de que a cidade está a esconder alguma coisa sobre a casa e o seu passado. Estará assombrada? E quem são as misteriosas crianças de cristal?
Com a ajuda de Aladdin, o seu novo amigo, e de Simona, a velha amiga, Billie decide descobrir os mistérios que envolvem a casa...

Kristina Ohlsson é formada em Ciência Política, com experiência em contraterrorismo. Trabalhou nos Serviços de Segurança suecos, no Ministério dos Negócios Estrangeiros e deu aulas na faculdade. Kristina vive em Estocolmo e é uma das mais célebres autoras de policiais escandinavos.

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Primeiras Palavras - Prometes Amar-me?

Prometes Amar-me? (One Week Girlfriend, #3)

My rating: 3 of 5 stars

Prometes Amar-me é uma história bem diferente da de Fable e Drew, mas não deixa de ser tocante de igual forma. Jen e Colin são dois personagens atormentados, que além de uma velha amizade, guardam dentro deles segredos que querem enterrar e nunca revelar. Dois personagens em constante luta com o passado que os assombra e não os deixa ver o belo presente e futuro que têm à sua frente. É uma história com bons ingredientes: amor, amizade, sensualidade e emoções à flor da pele.


O Apelo do Anjo de Guillaume Musso - Novidade Planeta


336 páginas / PVP: 17,95€ / Nas livrarias a partir de 18 de Maio

Sinopse
Nova Iorque, Aeroporto JFK.
Na cheia sala de embarque, um homem e uma mulher chocam, espalhando as suas coisas pelo chão. Depois de uma discussão normal, recuperam os haveres e cada um segue o seu caminho.
Madeline e Jonathan nunca se viram na vida e é improvável que se voltem a encontrar. Mas, ao apanharem as coisas, trocaram inadvertidamente de telemóveis. Quando se apercebem do engano, já estão a dez mil quilómetros um do outro: ela é florista em Paris, ele tem um restaurante em São Francisco.
Não tarda para que os dois cedam à curiosidade, analisando o conteúdo dos telemóveis. Uma dupla indiscrição, que conduz a uma revelação inesperada: as suas vidas estão ligadas por um segredo que pensavam estar enterrado para sempre...

Sobre o autor
Nasceu em 1974 e descobriu a literatura aos dez anos, idade em que decidiu que um dia haveria de escrever romances. É um dos autores mais populares de França, bem como em todos os países onde as suas obras são publicadas.
Inspirado pela cidade de Nova Iorque, onde viveu quando tinha dezanove anos e travou conhecimento com viajantes de todo o mundo, regressou à sua França natal para estudar Ciências Económicas.
Os leitores facilmente notam nos seus livros as marcas que os EUA deixaram nele. Guillaume Musso divide o seu tempo entre o trabalho como professor num liceu no sul de França e os seus romances.

«Um escritor firme, muito inteligente, Guillaume Musso continua a fazer grandes romances.» Le Parisien

«Guillaume Musso conhece a arte de fazer as suas narrativas sentimentais com a eficácia dos autores de livros policiais.» L'Express

«Musso lida com a arte do suspense com a mesma habilidade dos seus mestres, os grandes escritores americanos de thrillers.» L’Express

«Musso confirma o seu talento como um grande contador de histórias.» TV Mag/Le Figaro

sexta-feira, 13 de maio de 2016

A Rainha do Verão de Elizabeth Chadwick - Novidade Topseller



Leonor de Aquitânia. A Rainha do Verão | 480 pp. | 21,98€ | Saída a 09 de maio

Sinopse
Jovem, bonita e privilegiada, Leonor tinha tudo para viver um futuro brilhante como herdeira da próspera Aquitânia. Quando o seu pai, Guilherme, Duque de Aquitânia, morre subitamente no verão de 1137, Leonor tem de abandonar a sua infância e assumir-se como duquesa.
Enviada para Paris e forçada a casar com o príncipe herdeiro Luís VII, Leonor pouco ou nada se tinha ainda adaptado à sua nova vida quando o rei morre e ela se torna Rainha de França.
Com apenas 13 anos, tem de deixar tudo para trás e aprender a viver na bruma complexa da Corte e do Clero. Depois de se confrontar com os mais diversos desejos, intrigas e ambições, Leonor apercebe-se de que poderá controlar o futuro se souber escolher o momento certo para agir.
Com Leonor de Aquitânia. A Rainha do Verão, Elizabeth Chadwick dá início a uma trilogia sobre Leonor de Aquitânia, onde nos deslumbraremos com a sua história, triunfos e tragédias, e nos deixaremos levar numa fascinante viagem ao alvor da Idade Média.

Sobre a autora
Autora bestseller do New York Times, Elizabeth Chadwick conta com mais de 20 romances históricos publicados em diversas línguas. Os seus livros foram contemplados com inúmeros prémios, entre os quais o de Melhor Romance Histórico da Romantic Novelists Association e o Betty Trask Award.
Apaixonada pela Idade Média e pelo dia a dia desta época, Elizabeth é hoje uma das mais importantes romancistas históricas da Grã-Bretanha e foi considerada pela Historical Novel Society como «a melhor escritora de ficção medieval» da atualidade.
Saiba mais sobre a autora em www.elizabethchadwick.com.


«Reconhecida pela profundidade dos seus romances históricos, Elizabeth Chadwick relata-nos uma guerra dos sexos através dos olhos de uma grande mulher.» - New York Post

«Vai sentir-se a entrar numa viagem magistral!» - Daily Telegraph

As primeiras páginas podem ser lidas aqui.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

O cão que comia a chuva de Richard Zimler - Novidade Porto Editora


Título: O cão que comia a chuva
Autor: Richard Zimler
Ilustrações: Júlio Pomar
Págs.: 48
PVP: 13,30 €
Disponível a 19 de Maio

Sinopse
O Zé tem 11 anos e vive em Campo de Ourique, em Lisboa, com os pais, o seu afetuoso e atlético cão Adão e a sua impertinente e preguiçosa gata, Violeta. O Zé quer ser guarda-redes profissional e flautista mundialmente conhecido, mas quando começa a regressar da escola com pisaduras nos braços e a sangrar do nariz perde o interesse pela música e pelo desporto. Até se recusa a levar o cão e a gata a passear. Será que está com medo de alguma coisa? Porque perdeu o seu sorriso entusiasta? Quando a Violeta e o Adão finalmente compreendem as razões para a súbita alteração de comportamento do seu «irmão» humano, decidem defendê-lo — não olhando a perigos. Será que encontram a coragem necessária?
O cão que comia a chuva é uma história comovente e cheia de humor sobre o bullying e os seus efeitos devastadores sobre os mais frágeis.

Richard Zimler nasceu em 1956 em Roslyn Heights, um subúrbio de Nova Iorque. Fez um bacharelato em Religião Comparada na Duke University e um mestrado em Jornalismo na Stanford University. Trabalhou como jornalista durante oito anos, principalmente na região de São Francisco. Em 1990 foi viver para o Porto, onde lecionou Jornalismo, primeiro na Escola Superior de Jornalismo e depois na Universidade do Porto. Tem atualmente dupla nacionalidade, americana e portuguesa. Desde 1996, publicou onze romances, uma coletânea de contos e quatro livros para crianças. A sua obra encontra-se traduzida para 23 países.

«Aprender quando temos medo é praticamente impossível. Foi por essa razão que decidi explorar este tema. Foi uma grande honra trabalhar com o Júlio Pomar, que é um artista – e uma pessoa –formidável», diz Richard Zimler.

Viver Depois de Ti (Me Before You) Official Trailer #2 (2016)


Aqui está o segundo trailer oficial do filme Viver Depois de Ti, adaptado do livro de Jojo Moyes, com o mesmo nome. Eu já li o livro e ADOREI, e, confesso que estou curiosa por ver o filme. E vocês? 

Até lá, leiam a minha opinião do livro aqui

Se ainda não leram o livro, POR FAVOR LEIAM, É MARAVILHOSO

terça-feira, 10 de maio de 2016

Tudo vale no amor de Eloisa James - Novidade Quinta Essência


Ano de Edição / Impressão / 2016
Número Páginas / 360
Dimensões / 235 x 23 x 156 mm
ISBN / 9789897414848
Editora / QUINTA ESSÊNCIA
PVP: 16,60€

Sinopse
Ela nunca imaginou que um escândalo pudesse ser delicioso…
Theodora Saxby é a última mulher que alguém espera que case com o belo James Ryburn, herdeiro do ducado de Ashbrook. Mas depois de uma proposta romântica diante do próprio príncipe, até a prática Theo fica convencida da paixão do seu futuro duque. Ainda assim, os tabloides dão ao casamento apenas seis meses. Theo ter-lhe-ia dado uma vida inteira... até que descobre que James deseja não o seu coração, e certamente não o seu corpo, mas o seu dote.
A sociedade ficou chocada com o casamento, mas está escandalizada com a separação. James vai para o mar, onde se torna um famoso pirata, e Theo transforma a sua propriedade num negócio florescente. Regressado dos mares, com a tatuagem escandalosa de uma papoila debaixo um olho, James enfrenta agora a batalha da sua vida: convencer Theo de que amava o patinho que desabrochou num cisne. Theo irá descobrir rapidamente que para um homem com a alma de um pirata, tudo vale no amor - ou na guerra.

James Ryburn, conde de Islay, é forçado pelo pai, o duque de Ashbrook, a casar com a sua melhor amiga, a doce, mas notoriamente desinteressante Theodora Saxby, para que o seu dote possa cobrir as dívidas de jogo de Ashbrook. Quando ouve o seu novo marido a discutir com o pai e percebe que tudo o que queriam era o seu dinheiro, exige que Islay a deixe e saia de Inglaterra. Durante quase sete anos, Theo não sabe se o marido está vivo ou morto, e governa a sua vida como bem lhe apetece. Quando Islay regressa a Inglaterra, é um homem muito diferente, e Theo tem de decidir se o deixará entrar no seu coração e perturbar a sua existência solitária cuidadosamente ordenada.


«Um romance único e vencedor que explora temas universais através de uma trama diferente e de personagens excêntricas, conduzindo a um difícil mas bem merecido “felizes para sempre”.» Kirkus

«O diálogo inteligente de James e as suas personagens complexas tornam uma situação pouco comum completamente crível desde o início ao fim.» Publishers Weekly

«A dose certa de humor e sensualidade para criar uma história irremediavelmente romântica que fará os fãs de Eloisa James suspirar de prazer.» Booklist

Saiba mais sobre o livro no site da Quinta Essência aqui,

Crenshaw de Katherine Applegate - Novidade Booksmile


Crenshaw | 240 pp | 13,29€ | Saída a 9 maio

Sinopse
A curta vida do Jackson nunca foi muito fácil, nem muito parecida com a dos outros miúdos. A sua família tem vivido tempos difíceis. Desde que o pai ficou doente e a mãe perdeu o emprego, tem sido mais difícil pagar a renda, a mobília tem desaparecido e nem sempre há comida em casa. Os seus pais, a sua irmã mais nova e a cadela podem acabar a morar na carrinha. Mais uma vez.
O Crenshaw é um gato. É grande, quase gigante, ferozmente sincero e… imaginário. Voltou a surgir na vida do Jackson para o ajudar. No início, pareceu apenas atrapalhar. Foi ficando e recusou-se a desaparecer. Mas no momento certo, lembrou ao Jackson que a sinceridade e a amizade podem fazer a diferença.
​Será um amigo imaginário o suficiente para salvar esta família de perder tudo?
Uma história profunda e mágica sobre a importância da família, da amizade e da esperança.

Katherine Applegate é uma escritora norte-americana multipremiada, que vendeu mais de 40 milhões de livros em todo o mundo. A sua obra infantojuvenil é vasta e já lhe granjeou inúmeros prémios. O Único e Incomparável Ivan, também publicado pela Booksmile, é o seu romance mais conhecido. Em 2013 foi galardoado com a John Newbery Medal, um dos mais importantes e mundialmente prestigiados prémios de literatura infantojuvenil, e é impressionante o número de outros prémios com que foi distinguido.
Esta obra está já traduzida e publicada em dezenas de línguas, e brevemente dará origem a um filme produzido pela Disney. Katherine Applegate vive na Califórnia com o marido, os dois filhos e uma variedade de animais de estimação muito amados, ainda que excêntricos. 


«Um livro encantador, cheio de sabedoria.» The New Yorker

«Uma história fantástica, bela e delicada como uma teia.» The Saturday Review

segunda-feira, 9 de maio de 2016

A Teia da Carlota agora em livro! Novidade Booksmile


A Teia de Carlota | 192 pp | 12,99€ | Saída 9 maio

Sinopse
O porquinho Abílio é o mais fraco e mais pequeno da ninhada. Por isso, todos o põem de lado. Todos exceto Flor, um doce de menina, que decide cuidar dele. 
Entretanto, Flor é obrigada a separar-se de Abílio e a levá-lo para a quinta dos tios. As constantes visitas de Flor alegram os dias do porquinho, que vai crescendo e vivendo uma vida pacata, pelo menos até descobrir que está prestes a ser servido como jantar de Natal! Horrorizado, Abílio tenta fugir, mas parece não ter como escapar.
Os lamentos do porquinho são ouvidos por Carlota, uma sábia aranha cinzenta, que se torna amiga de Abílio e decide ajudá-lo. Mensagens inspiradoras vão surgindo na teia de Carlota, e um verdadeiro milagre irá acontecer!
Repleto de personagens inesquecíveis, A Teia de Carlota é uma história intemporal sobre a amizade, o amor e a lealdade.

Sobre o autor
Nascido em Nova Iorque, foi, desde sempre, um apaixonado pela literatura e pela escrita. Aos 22 anos começou a trabalhar na revista The New Yorker, onde permaneceu como editor e jornalista durante toda a sua carreira.
E. B. White escreveu três livros para crianças que se tornaram clássicos mundiais e que foram, também, adaptados para cinema: A Teia de Carlota (distinguido com a Newbery Honor Book Medal), Stuart Little e Trumpet of the Swan, estes dois últimos a publicar pela Booksmile em 2017.
Muitos jovens leitores perguntaram ao autor se as suas histórias eram verdadeiras. Numa carta aos fãs, ele respondeu: «Não, são contos de fadas... mas existe a vida real e também a vida da imaginação.»
Além de livros infantis, E. B. White também escreveu poesia e diversos ensaios, que lhe valeram numerosas distinções, entre as quais um prémio Pulitzer.



«Um livro encantador, cheio de sabedoria.» - The New Yorker

«Uma história fantástica, bela e delicada como uma teia.» - The Saturday Review

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Para lá de Bagdad de Alberto S. Santos - Novidade Porto Editora



Título: Para lá de Bagdad
Autor: Alberto S. Santos
Págs.: 400
Capa: mole
Preço: 18,80 €
Disponível a 12 de Maio

Sinopse
A 21 de junho de 921, Ahmad ibn Fadlan, emissário do califa, parte de Bagdad para uma arriscada missão na Bulgária do Volga, na Rússia atual. Para trás, deixa os mestres e companheiros da Casa da Sabedoria, que ergueram a época dourada do Islão. 
Os perigos que encontra ao longo do caminho levam Ahmad a alterar o rumo da viagem e a dirigir-se para as terras nórdicas do sol da meia-noite. Ao longo da jornada, vive um amor proibido com Zobaida, a bela escrava do tio, que o faz repensar toda a sua existência. 
Por entre climas adversos, costumes bárbaros de povos não civilizados e inesperados jogos de poder, o emissário do califa descobre um desconcertante mundo novo. Ao mesmo tempo, em Bagdad, assiste-se ao início de uma nova era: os sábios são perseguidos e os livros queimados na praça. 
Um romance envolvente sobre um dos momentos mais intrigantes da História da Idade Média, que dá a conhecer os alicerces de uma civilização ainda hoje tão deslumbrante quanto desconhecida.

Alberto S. Santos é formado em Direito pela Universidade Católica Portuguesa. É natural de Paço de Sousa, Penafiel, onde reside. Publicou os bestsellers A Escrava de Córdova (2008), A Profecia de Istambul (2010), O Segredo de Compostela (2013) e Para lá de Bagdad (2016). Participa também na Coletânea de Contos de autores lusófonos Roça Língua (2014).

Ler Para lá de Bagdad é ir das ruas de Bagdad às estepes do Volga, viajar do centro do mundo sedentário até à orla das terras nómadas, e fazê-lo com a dose de aventura, exotismo e suspense a que os romances de Alberto S. Santos já nos habituaram. João Pedro Marques

O Peso do Coração de Rosa Montero - Novidade Porto Editora


Título: O Peso do Coração
Autor: Rosa Montero
Tradutor: Helena Pitta
Págs.: 176
PVP: 14,40 €
Disponível a 16 de Maio 

Sinopse
Três anos, dez meses e vinte e um dias.
É o tempo que resta a Bruna Husky. A detetive replicante, que é uma sobrevivente capaz de tudo, continua a debater-se com a independência total e a necessidade desesperada de carinho, como uma fera aprisionada na jaula de uma existência a prazo.
Contratada para resolver um caso aparentemente simples e lucrativo, Bruna vê-se envolvida numa trama de corrupção internacional de tal forma sinistra e ameaçadora que pode comprometer a existência da própria Terra. Num futuro no qual os direitos, outrora considerados essenciais, se tornaram reféns do dinheiro, a replicante revela-se uma guerreira empenhada na luta contra esquemas de organização social baseados em preconceitos, regras rígidas e fanatismo, que põem em causa a existência de todos os seres.
O Peso do Coração é um romance distópico que, a partir do debate claro e atual das consequências das opções do presente, reflete de forma madura sobre as condições de vida e da morte, e sobre aquilo que é, na essência, a própria definição de humanidade, constituindo um regresso extraordinário ao mundo fascinante de Lágrimas na Chuva.

Rosa Montero nasceu em Madrid em 1951 e estudou Jornalismo e Psicologia. Desde 1976 que colabora em exclusivo com o jornal El País, tendo obtido em 1980 o Prémio Nacional de Jornalismo e em 2005 o Prémio Rodríguez Santamaría de Jornalismo, como reconhecimento dos méritos de toda a sua carreira profissional. Figura central da literatura espanhola contemporânea, a sua vasta obra de romancista está traduzida nas mais diversas línguas.
Por A Louca da Casa recebeu o Prémio Grinzane Cavour de literatura estrangeira e o Prémio Qué Leer para o melhor livro espanhol, distinção que também lhe foi atribuída, em 2006, por História do Rei Transparente.

Página da autora: www.rosa-montero.com 

Críticas de imprensa
«O mais interessante - e o mais ousado - destes dois romances é a ausência de preconceitos […] e a facilidade com que a autora consegue que continuem a ser, na sua essência, romances de Rosa Montero.» El País

«Com Bruna Husky, Rosa Montero criou uma das personagens mais marcantes da sua extensa trajetória.» El Periódico de Catalunya

«Uma maravilhosa parábola sobre o mundo em que vivemos.» nuevatribuna.es

«A primeira e cada vez mais promissora distopia noir deste século.» El Cultural

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Os Últimos Sete Meses de Anne Frank de Willy Lindwer - Novidade Vogais


Vogais / 272 pp, / 16 pp com fotografias / 16,99€

Sinopse
O extraordinário diário de Anne Frank tem vindo a comover milhares de leitores em todo o mundo, sendo um testemunho pungente e humano da perseguição aos judeus durante a Segunda Guerra Mundial. No entanto, sabe-se muito pouco da vida desta jovem após a sua captura, a 4 de agosto de 1944, e posterior envio para os campos de concentração. Como suportou ela a brutalidade do regime nazi? As respostas são-nos dadas, neste livro, pelas mulheres cujas vidas se cruzaram com Anne Frank em Westerbork, Auschwitz e Bergen-Belsen.

Ao realizar o documentário Os Últimos Sete Meses de Anne Frank, Willy Lindwer ficou impressionado com as entrevistas que realizou a seis mulheres que viveram e partilharam com Anne Frank os dias de horror nos campos de concentração nazis. Lindwer decidiu publicá-las integralmente, dando origem ao livro Os Últimos Sete Meses de Anne Frank.

Cada uma das seis entrevistadas tem uma história extraordinária para contar - exemplos de um terror inimaginável, mas, simultaneamente, histórias de coragem e compaixão. Ao relatarem as suas memórias, as mulheres sujeitaram‑se a um enorme stress emocional e psicológico. A vida de Anne Frank terminou pouco antes do seu décimo sexto aniversário. Estas mulheres tiveram mais sorte. Sobreviveram.

Willy Lindwer, cineasta, produtor e escritor holandês, é filho de pais judeus que passaram à clandestinidade durante o regime nazi. Realizador de inúmeros documentários, o seu trabalho mais célebre foca-se em questões relacionadas com o Holocausto e a Segunda Guerra Mundial, tendo sido premiado com um Emmy pelo seu documentário Os Últimos Sete Meses de Anne Frank, que deu origem ao presente livro.

A Vogais disponibiliza os primeiros capítulos para leitura imediata, aqui.


Anne Frank tornou‑se um dos símbolos mais conhecidos dos judeus assassinados na Segunda Guerra Mundial. O seu diário, escrito entre 12 de junho de 1942 e 1 de agosto de 1944, enquanto estava escondida no «Anexo», foi publicado em mais de 50 países. Inspirou inúmeras adaptações para teatro, cinema e televisão. O Anexo, ele próprio, é agora um museu, atraindo centenas de milhares de visitantes de todo o mundo.

Era inevitável que a imagem que emergiu do diário fosse romantizada por um vasto público, especialmente pela geração nascida depois da guerra. Muitas dessas pessoas leram as histórias que Anne escreveu durante um dos períodos mais trágicos da nossa história. Anne tinha 13 anos nessa altura e 15 quando morreu.

A 1 de agosto de 1944, terca‑feira, Anne Frank escreveu a última carta no seu diário. A 4 de agosto, o SD (Sicherheitsdienst, Serviço de Inteligência Alemão] invadiu o Anexo, no n.º 263 da Prinsengracht. Todos os que lá estavam escondidos foram presos. Os escritos terminaram aqui. Ao longo dos anos, pouca atenção foi dada à vida de Anne depois de ser presa e deportada. Não se fez uma pesquisa detalhada e, nalguns casos, as escassas fontes existentes contradiziam‑se umas às outras. Assim, pouco se sabia sobre os sete últimos e fatais meses da sua vida, ou sobre como ela suportou o amargo sofrimento de Westerbork e Auschwitz‑Birkenau. Anne morreu de doença, fome e exaustão em Bergen‑Belsen, em março de 1945 — poucas semanas antes da libertação.

Estes relatos são necessários. O fascismo, o nazismo, a discriminação racial e o antissemitismo ainda existem — até a autenticidade do diário chegou a ser questionada. Por estas razões, muitas das testemunhas dispuseram‑ se a contar as suas histórias. Quiseram expor as feridas causadas pelos nazis e, talvez com isso, combater a injustiça onde quer que ela exista.

Leia grátis a história que antecede o arrebatador romance «Dominus», que a Topseller publicará a 09 de maio


Há uma conspiração mortal que está a ser levada a cabo no coração de Roma. Apenas um homem poderá evitar que o pior aconteça.

Em Roma, no interior da Basílica de Santa Maria, um padre dispara uma arma, provocando um grande estrondo.
O disparo falha o seu alvo, a agente policial Gabriella Fierro, que anda a investigar desvios de fundos numa igreja. Ela está prestes a descobrir a verdade, mas há quem esteja disposto a tudo para que a verdade permaneça escondida.
Agora, o jornalista Alexander Trecchio, destacado pelo jornal La Repubblica para investigar o mesmo caso, terá de agir rapidamente para revelar uma conspiração que ameaça o futuro da Igreja Católica e salvar Gabriella, antes que seja tarde demais.

Génesis: Um Novo Começo é a história que antecede o sensacional romance Dominus, que a Topseller publicará a 09 de maio.

Tom Fox é um conhecedor profundo dos meandros do Cristianismo, resultado de vários anos de estudos académicos nessa área. Sendo uma autoridade respeitada no assunto, dedicou-se recentemente à exploração de novas histórias, que se destacam devido à sua dimensão misteriosa.

Descarregue e leia gratuitamente o E-BOOK de Génesis: Um Novo Começo em www.topseller.pt/livros/genesis-um-novo-comeco

terça-feira, 3 de maio de 2016

Intensidade Máxima Série Hacker Vol 3 de Meredith Wild - Novidade Planeta


288 páginas / PVP: 17,70 € / Nas livrarias a partir de 4 de Maio

Sinopse
Blake Landon, o génio da informática, apaixonou-se por Erica Hathaway. Enquanto a sua natureza controladora e o espírito independente dela continuarem a coexistir, Blake não tem intenção de deixar que ela saia de novo da sua vida.
Erica entregou a Blake a sua confiança e amor, acreditando que ultrapassariam os desafios juntos. Mas quando ele começa a exigir mais e a questionar o compromisso na relação, Erika é obrigada a enfrentar os desejos obscuros que ele escondeu.
Enquanto se envolvem cada vez mais, os inimigos preparam as suas jogadas. E põem Erika em perigo, fazendo com que a frustração de Blake cresça à medida que a tenta proteger de pessoas que a possam magoar para chegar até ele.

Meredith Wild é a autora best-seller do do New York Times e do USA Today. Vive nas em New Hampshire com o marido e três filhos, Meredith define-se como techie, apreciadora de uísque e romântica incurável. Quando não está no mundo de fantasia das suas personagens, 
Meredith pode ser encontrada em: www.facebook.com/meredithwild
Pode saber mais sobre os seus projectos em: www.meredithwild.com

«Se existir um espaço no seu coração para outro bilionário sensual, o hacker Blake Landon vai preencher esse vazio.” Publish News

«Este livro fez-me apaixonar por Meredith Wild. Super sexy e perturbador, assim que se começa a ler o primeiro livro não se consegue parar até se acabar toda a série.» Sexy Book Reviews

segunda-feira, 2 de maio de 2016

O Guardião Invisível de Dolores Redondo - Novidade Planeta



360 páginas / PVP: 17,76€ / Nas livrarias a partir de 4 de Maio

Sinopse
Nas margens do rio Baztán, no vale de Navarra, é encontrado o cadáver nu de uma adolescente em circunstâncias que posteriormente é relacionado com um homicídio ocorrido na região meses antes. 
Amaia Salazar, inspectora de homicídios da Policía Foral, é encarregue de dirigir uma investigação que a levará a Elizondo, uma pequena localidade de onde nasceu e de que tentou fugir toda a vida.
Forçada a enfrentar os desenvolvimentos cada vez mais complicados do caso e com fantasmas familiares que a perseguem, a investigação de Amaia é uma corrida contra o tempo para encontrar um assassino capaz de mostrar a face mais aterradora de uma realidade brutal, evocando ao mesmo tempo as criaturas mais inquietantes das lendas e do esotérico do Norte de Espanha.

Sobre a autora
Nasceu em Donostia-San Sebastián em 1969.
O Guardião Invisível, o primeiro romance da sua Trilogia do Baztán, granjeou-lhe o entusiasmo de editores de inúmeros países e hoje são já 23 as chancelas editoriais que publicaram a obra em todo o mundo.
Para além do respeito dos leitores, foi aclamada pela crítica como uma das propostas mais originais e contundentes do thriller em Espanha, e deste modo está programada a versão cinematográfica pela mão dos produtores da trilogia Millennium, de Stieg Larsson.

«É difícil encontrar outro autor que irrompa no thriller criminal com esta força e originalidade.» Jornal La Razón

«Mito e realidade misturam-se neste sofisticado e acutilante thriller. Todos os esqueletos batem às portas para serem libertados e são-no nesta enérgica, fascinante e cativante história.» Steve Berry, autor best-seller do The New York Times

«O pano de fundo basco dá a este thriller uma força especialmente intrigante de profundidade; as superstições e mitologias desde os dias da Inquisição espanhola penetram no mistério de tal forma que o leitor se sente transportado.» Library Journal