terça-feira, 30 de setembro de 2014

Aquisições Mês de Setembro


O Amigo Andaluz - Alexander Soderberg (Opinião)
A Incrível Viagem do Faquir que Ficou Fechado num Armário IKEA - Romain Puértolas (Opinião em breve)
O Vestido Cor de Pêssego - R. A. Stival
Um Rumor Muito Inconveniente - Emma Wildes 
Um Caso Perdido - Colleen Hoover (Opinião)
O Estranho Ano de Vanessa M - Filipa Fonseca Silva (Opinião)
Aqui e Agora - Ann Brashares (Opinião em breve)
Revista Gerador 

Estas foram as minhas aquisições do mês de Setembro. Menos livros adquiridos mas foram excelentes leituras. Obrigada à Porto Editora, à Planeta, à Topseller, à Bertrand e à Editorial Presença pelos livros e pelas fantásticas leituras que fiz. Quanto à revista Gerador foi uma oferta que me calhou em passatempo no Morrighan. Se não conhecem este projecto que é uma declaração de amor à cultura portuguesa já estão em falta. 
São poucos mas bons livros! Já algum deles figura nas vossas bibliotecas pessoais? 
Boas leituras!

A Tribo da Pontuação A Vida Sentimental dos Sinais de Pontuação de Rui Carreto - Novidade Coisas de Ler


Edição: 2014
Editor: Coisas de Ler 
Páginas: 164
Preço: 16.00€ 
EAN: 978-989-8659-15-6
Disponível a partir de 23-10-2014

Sinopse
Ao fim de alguns meses, nasce um filho, Virgulão, um pequeno Ponto e Vírgula. Agora, já mais crescido, este jovem de rosto redondo e corpo curvilíneo, tudo vai fazer para evitar que se instale na floresta algo de muito sombrio que parece ter chegado para ficar...
Resolve pedir ajuda à mais poderosa e temida das criaturas da floresta, Tribolinhas, uma velha e insinuosa Reticência que habita num castelo recôndito, onde vive uma vida solitária e cheia de dilemas interiores por resolver... Virgulão acredita que só ela o poderá ajudar...
Um romance inédito, repleto de profundas e inesquecíveis personagens pontuais” (compostas a partir de regras gerais da pontuação, instrumentos musicais e seres mitológicos). Oscilando entre uma fábula negra e um luminoso conto de sabedoria antiga, A Tribo da Pontuação promete inspirar, questionar e surpreender leitores de todas as idades.

Sobre o autor
Depois de ter estudado teatro durante um ano no Instituto de Artes e Espectáculos, optou por seguir filosofia e licenciou-se pela Universidade Nova de Lisboa. Desde então tem realizado alguns projectos, alguns deles culturais, e também aprofundado estudos sobre pensamento oriental, também sobre mitologia a partir do trabalho do americano Joseph Campbell — provavelmente o maior estudioso de mitos que viveu no século XX. A Tribo Da Pontuação é o seu segundo livro, um que o autor considera ter uma abordagem mitodológica (tendo mitos como método como afirma o estudioso do imaginário Gilbert Durand). Este seu segundo trabalho — uma obra que nos leva a entrar dentro da geografia interior de um livro e a conhecer uma civilização de seres pontuais — prima pela originalidade, criatividade, imaginação e profundidade, algo com que este autor começa a habituar os seus leitores.

Passatempo Planeta - O Vestido Cor de Pêssego


Com o precioso apoio da Planeta, temos para oferecer um exemplar do livro O Vestido Cor de PêssegoPara se habilitar a ganhar este exemplar, só tem de deixar o seu nome (Primeiro e último basta) nos comentários desta publicação. 

Regras do passatempo:

O passatempo é válido de 30 de Setembro até às 23h59m de 13 de Outubro. 
Só é válida uma participação por pessoa e residência, de residentes em Portugal Continental e Ilhas.
Ser seguidor do blogue Manta de Histórias: www.mantadehistorias.blogspot.pt
(Para ser seguidor, basta clicar em "aderir a este site" na barra lateral direita do blogue.)
Múltiplas participações serão automaticamente anuladas.
O vencedor será sorteado aleatoriamente pela administração do blogue e o resultado será anunciado no blogue. Será pedido depois ao vencedor que nos envie um e-mail com a sua morada.
O blogue e a editora não se responsabilizam por eventuais extravios no envio do livro por correio.
Boa sorte!

Saiba mais sobre o livro aqui.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

O Estranho Ano de Vanessa M [A minha Opinião]


Muito se fala de Filipa Fonseca Silva depois da entrada da autora para o Top 100 da Amazon. É um feito incrível pois é a primeira autora portuguesa a consegui-lo. 

Depois de ver tanta divulgação dos seus livros e ter lido algumas opiniões, a curiosidade foi crescendo e a vontade de ler uma obra de autora ganhou ainda mais força. "Os 30 Nada é Como Sonhamos" está na lista de livros a comprar. Depois de ler "O Estranho Ano de Vanessa M", quero ler o primeiro livro da escritora. 

Mas falando deste segundo livro da Filipa Fonseca Silva, foi uma leitura agradável. É um livro que se lê num instante. A escrita da autora é cuidada e acessível, tornando assim a leitura leve e descomplicada. O tema escolhido, uma crise de meia-idade. Vanessa uma mulher com uma vida estável, um trabalho seguro, com uma família constituída mas que não se sente feliz nem realizada. 

Reconheci e identifiquei-me com algum do desespero desta mulher. Uma mulher que questiona a sua vida, as suas escolhas, a sua felicidade, a sua existência e que resolve largar tudo, num acto de desespero, para encontrar a felicidade. Largar tudo, marido, filha, trabalho, é um acto de coragem ou de loucura? Cada leitor decidirá por si.

Vanessa, personagem principal deste romance e desta viagem atribulada, é uma mulher angustiada, que se deixou enredar na rotina, que esqueceu o que é a felicidade, que olha para o seu marido e filha como um peso que não consegue suportar, com um trabalho que não lhe traz nenhuma satisfação pessoal. Vanessa é uma bomba prestes a explodir e há um acontecimento que irá acender o rastilho dessa bomba. A partir desse acontecimento tudo o que se segue é uma imensa bola de neve. As mil e uma peripécias na vida desta personagem irão trazer sorrisos ao leitor. Vanessa perderá tudo mas ganhará e encontrará a sua felicidade. 

Gostei da leitura, da forma como a autora construiu e apresentou a história, do tema abordado mas, para mim, ficou a faltar qualquer coisa. Talvez tenha partido para esta leitura com as expectativas demasiado altas. Não quero com isto dizer que não vale a pena lerem o livro, pelo contrário. Continuo a querer ler "Os 30 Nada é Como Sonhamos". Talvez o momento não tenha sido o ideal para fazer esta leitura.  

Boas leituras!      

Serpentina de Mário Zambujal - Novidade Clube do Autor


Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 160
Editor: Clube do Autor
ISBN: 9789897241765
PVP: 14,00€
Disponível a partir de 08-10-2014

Sinopse
A poucos dias de soprar as sete velas, o seu destino sofreu um entorse. A família partiu para o Canadá e ele, criança enfermiça, ficou a cargo dos desvelos da madrinha Henriqueta. Chegado à idade adulta, solteiro e bom rapaz, passa as noites no terraço da sua casa, saudando a lua e adivinhando ao longe, noutro terraço, os contornos de uma esguia figura de mulher, enquanto persegue durante anos a fio uma obsessão: a demanda do rosto feminino insuperável. Mas não há bela sem senão. E o destino prega-lhe outra partida. O que parecia ser um mero encontro profissional acaba por se transformar num estranho caso. Uma avaria no seu mini e uma pancada de um jipe com uma mulher enigmática é o princípio de uma trama que o levará a situações nunca imaginadas.
E tudo o que parecia previsível, exato, perfeito, como um relógio suíço, acaba por se transformar num enredo de acasos em que a realidade ultrapassa a ficção a provar que nada é mais imprevisível do que o passado.

Sobre o autor
Jornalista e escritor português, nascido em 1936, trabalhou na televisão e em jornais como A Bola, Diário de Lisboa e Diário de Notícias, em especial na área do desporto. Publicou três livros de ficção: "Crónica dos Bons Malandros", em 1980, que teve grande sucesso e deu origem a uma longa-metragem de Fernando Lopes; "Histórias do Fim da Rua", em 1983; e "À Noite Logo se Vê", em 1986. 

Resultado Passatempo - O Velho Monge do Castelo


Obrigada a todos os que participaram neste passatempo.
Um enorme agradecimento à Dinalivro pela oferta de um exemplar de O Velho Monge do Castelo
Tivemos 118 participações válidas. 
O número sorteado foi o 45.
O grande vencedor foi:

Albino Silva - Lavra MTS

Parabéns!

Se ainda não foi desta que foi o grande vencedor não desista. Há sempre boas oportunidades aqui no blogue. 

Até breve!

Mais informações sobre o livro O Velho Monge do Castelo aqui.

Resultado Passatempo - Um Rumor Muito Inconveniente


Obrigada a todos os que participaram neste passatempo.
Um enorme agradecimento à Planeta pela oferta de um exemplar de Um Rumor Muito Inconveniente
Tivemos 171 participações válidas. 
O número sorteado foi o 13.
A grande vencedora foi:

Carla Inácio - Lagoa

Parabéns!

Se ainda não foi desta que foi o grande vencedor não desista. Há sempre boas oportunidades aqui no blogue. 

Até breve!

Para saber mais sobre o livro Um Rumor Muito Inconveniente consulte o site da Planeta aqui.

Resultado Passatempo - Aqui e Agora


Obrigada a todos os que participaram neste passatempo.
Um enorme agradecimento à Editorial Presença pela oferta de um exemplar de Aqui e Agora
Tivemos 190 participações válidas. 
O número sorteado foi o 41.
A grande vencedora foi:

Carla Ramos - Caneças

Parabéns!

Se ainda não foi desta que foi o grande vencedor não desista. Há sempre boas oportunidades aqui no blogue. 

Até breve!

Para saber mais sobre o livro Aqui e Agora consulte o site da Editorial Presença aqui.

domingo, 28 de setembro de 2014

Escolha dos Leitores - Melhor Leitura do Mês Agosto (respostas)


Aqui ficam as escolhas dos leitores do Manta de Histórias, em relação à melhor leitura do mês de agosto. Como não houve um livro que se tenha destacado muito, apresento-vos as 26 escolhas. Muito obrigada por participarem no desafio que vos lancei. 

As escolhas dos leitores:
A rapariga que roubava livros - Markus Zusak
Para Onde Vão os Guarda-Chuvas, de Afonso Cruz ... não só o melhor de Agosto como o melhor do ano até agora!
Sonhos Proibidos de Lesley Pearse
Hex Hall - Rachel Hawkins
A Voz - Juliet Marillier
Divergente - Veronica Roth
Sonhos de Papel - Ruta Sepetys
Convergente-Veronica Roth
A Rapariga de Auschwitz - Eva schools
Nunca Te Perdi de Linda Howard
O diário da nossa paixão - Nicholas Sparks
Perto de Ti, Longe de Nada -  Sílvia Soares
Enquanto houver estrelas no céu
Se Eu Ficar, Gayle Forman
Um Caso Perdido - Colleen Hoover
Gritos do Passado - Camila Lackberg
A caminhar para o desastre- Jamie Mcguire
Sempre o Diabo, de Donald Ray Pollock
Elizabeth Adler - Férias em St Tropez
A culpa é das estrelas - John Green
"Um Dia", David Nicholls
Cinquenta Tons de Cinza - E L James
Lotaria - Patricia Wood
Se isto é um Homem
Divergente - Verónica Roth
Sem dúvida nenhuma "Um homem com sorte", de Nicholas Sparks.

sábado, 27 de setembro de 2014

Na Montanha de Hitler Superar a herança de uma infância nazi de Irmgard A. Hunt - Novidade Bizâncio


Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 320
Editor: Bizâncio
ISBN: 9789725305485
PVP: 16,00€

Sinopse
Tendo crescido nas imponentes montanhas de Berchtesgaden, a poucos passos de distância do retiro alpino de Hitler, Irmgard Hunt teve uma infância aparentemente feliz e simples. Nas suas memórias poderosas, esclarecedoras e por vezes assustadoras, relata uma infância vivida sob um dirigente diabólico mas persuasivo.
Este não é um livro apenas de memórias, é o retrato de uma nação que perdeu a sua bússola moral. É a história perturbadora de uma família e de uma comunidade num período histórico e numa localização que, embora se estejam a tornar rapidamente remotos para nós, assumem, mais do que nunca, uma enorme relevância para a nossa época.

Sobre a autora
Nasceu em Berchtesgaden, Alemanha, em 1934.
Frequentou a escola primária, com professores nazis fanáticos, durante a Segunda Guerra Mundial e o liceu (Gymnasium) nos anos caóticos do pós-guerra. Frequentou a universidade, obteve um diploma técnico em farmácia e teve a sorte de encontrar trabalho na farmácia local enquanto continuava a estudar inglês. Passou um ano em Inglaterra e, em 1958, emigrou para os Estados Unidos a fim de se casar com um jovem médico americano.
Instalaram-se em Nova Iorque e Irmgard tornou-se cidadã americana em 1968.

Críticas 
«Extremamente honesto... Imprescindível para compreender o que se passou.» – The Independent

Just leave me here...


A maior flor do mundo de José Saramago - Nova Edição Porto Editora



Edição/reimpressão: setembro de 2014
Páginas: 32
Editor: Porto Editora
Ilustração: João Caetano 
ISBN: 978-972-0-72822-7
PVP: 13,30€

Sinopse
Se 
as histórias para crianças fossem de leitura obrigatória para os 
adultos, seriam eles capazes de aprender realmente o que há 
tanto tempo têm andado a ensinar?

«As histórias para crianças devem ser escritas com palavras muito simples, porque as crianças sendo pequenas, sabem poucas palavras e não gostam de usá-las complicadas. Quem me dera saber escrever essas histórias, mas nunca fui capaz de aprender, e tenho pena.»

Sobre o autor
Autor de mais de 40 títulos, José Saramago nasceu em 1922, na aldeia de Azinhaga. Até 2010, ano da sua morte, a 18 de junho, em Lanzarote, José Saramago construiu uma obra incontornável na literatura portuguesa e universal, com títulos que vão de Memorial do Convento a Caim, passando por O Ano da Morte de Ricardo Reis, O Evangelho segundo Jesus Cristo, Ensaio sobre a Cegueira, Todos os Nomes ou A Viagem do Elefante, obras traduzidas em todo o mundo. José Saramago recebeu o Prémio Camões em 1995 e o Prémio Nobel da Literatura em 1998.

Saiba mais sobre o livro no site da Porto Editora aqui.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Hortas e Jardins Medicinais Agenda 2015 - Novidade Dinalivro


Páginas: 160
Formato: 145x215 mm
ISBN: 978-972-576-636-1
Público-alvo: público em geral

Sinopse
O verde apazigua-nos a alma. Os jardins convidam à quietude e à contemplação. Talvez seja por isso que cada vez mais pessoas procurem refúgio entre as plantas. Cultivar uma horta, quer seja numa varanda, num terraço, num canteiro público ou num quintal, tornou-se uma atividade com um número crescente de adeptos. Foi por esse motivo que Fernanda Botelho dedicou a sua agenda de 2015 às hortas e aos jardins medicinais. Nesse sentido, escolheu 53 plantas, algumas delas pelo seu perfume e beleza, como a brugmansia, outras pelo facto de atraírem borboletas e abelhas, por exemplo, a budleia. Ao seu lado, há ervas aromáticas, especiarias e inúmeras hortícolas, como a couve ou a fava, sobre as quais a autora partilha não só conselhos de cultivo e consociações, mas também aplicações terapêuticas e culinárias. Como em anos anteriores, todas as plantas são identificadas através de fotografias a cores e, nas páginas finais,reúne-se uma mão-cheia de receitas suculentas. Com utilizações tão diversas, esta agenda constitui uma ferramenta proveitosa e um convite a uma comunhão mais profunda com a natureza.

Sobre a autora
Durante dezassete anos, Fernanda Botelho viveu, estudou e trabalhou em Londres, sempre na área das plantas medicinais e da pedagogia Montessori e Waldorf. Em Portugal, desde 1998, tem participado em diversos projetos de educação ambiental, tanto em escolas como em associações. Concluiu o curso de botânica e de guia de jardim botânico na Faculdade de Ciências de Lisboa. Membro da «Colher para Semear», da Sociedade Portuguesa de Botânica e da Herb Society, colabora no sítio francês «Herbalistes sans Frontières» e no «Portal do Jardim». Escreve regularmente para a revista Jardins e, além de As Plantas e a Saúde: Guia Prático de Remédios Caseiros, publicou vários livros infantis: Salada de Flores, Sementes à Solta e Hortas Aromáticas, todos eles recomendados pelo Plano Nacional de Leitura.

Pode folhear parcialmente a agenda através da seguinte hiperligação:

Uma Escolha Imperfeita de Louise Doughty - Novidade Porto Editora


Páginas: 376
Editor: Porto Editora
Tradução: Cláudia Ramos
ISBN: 978-972-0-04702-1
PVP: 16,60€
Disponível a partir de 03-10-2014

Sinopse
Yvonne Carmichael trabalhou arduamente para conquistar o que sempre quis: uma invejável carreira na área da genética, uma casa fantástica, uma boa relação com o marido e dois filhos.
Um dia, cruza-se com um desconhecido e, num impulso, começa uma tórrida aventura amorosa - uma decisão que acaba por colocar em causa tudo o que sempre valorizou.
Yvonne acredita que conseguirá manter a relação extramatrimonial sem que tal venha a interferir na sua vida, tal como ela é. Só que, na verdade, ninguém consegue controlar o que acontecerá a seguir.
De conceituada e respeitada cientista a adúltera acusada dos mais variados crimes, Yvonne vê todos os seus planos desmoronarem-se numa espiral de desilusões e violência.

Louise Doughty foi nomeada para prémios importantes, como o Costa Novel Award e o Orange Prize for Fiction. É uma autora respeitada e em ascensão. Confirma-o, por exemplo, Hilary Mantel: «Louise Doughty, cada vez mais segura na sua escrita, leva o inquieto leitor a um território sombrio. Um livro irresistível e cheio de coragem». Também o The Guardian afirmou que a autora possui um «talento especial para histórias inquietantes».

Os Luminares de Eleanor Catton - Novidade Bertrand


Man Booker Prize 2013
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 888
Editor: Bertrand Editora
ISBN: 9789722528948
PVP: 22,20€

Sinopse
Este é um livro novo e inovador: novo pelo tema - um mistério por resolver no século XIX na cidade de Hokitika, Nova Zelândia, que reagrupa o destino de doze personagens - e inovador pela estrutura reinventada dos romances vitorianos.
A corrida ao ouro, o tráfico de ópio, a prostituição e a expiação do passado de cada uma das personagens, além de um grandioso mistério por resolver, relevam a singularidade desta obra: é um thriller e um romance histórico, iluminado por referências astrológicas e chaves simbólicas orientadoras do destino das personagens. Surpreendente e viciante, eis ficção ao mais alto nível literário. Este romance de Eleanor Catton é incontornável, tendo sido reconhecido com o Man Booker Prize 2013.

Eleanor Catton nasceu em 1985 no Canadá e cresceu na Nova Zelândia. O Ensaio, o seu romance de estreia, contou-se entre os finalistas do First Book Award do Guadian e do Dylan Thomas Prize e foi nomeado para o Orange Prize. O romance foi aclamado e acumulou prémios em todo o mundo, entre os quais o Betty Trask Award de 2009. Desde então, foi publicado em 17 países e em 12 línguas.
Eleanor Catton tem um MFA do Iowa Writer’s Woorkshop, em que também leciona como professora adjunta, e um MA em escrita ficcional do International Institute of Modern Letters. Em 2013, além do Man Booker Prize, foi galardoada com o Canadian Governor General’s Literary Award por Os Luminares e foi proclamada membro da Ordem de Mérito da Nova Zelândia pelos serviços prestados à cultura e arte literária. Vive em Auckland, Nova Zelândia. Foi, até à data, a mais jovem autora a receber o Man Booker Prize, e com o romance mais longo. 

Críticas de imprensa
«Este romance épico de luz e sombra, situado na Nova Zelândia, atesta o talento radioso da sua autora [...] Com menos de 30 anos, o seu domínio da forma ficcional é já uma realidade.» Brian Morton, Independent

«Os Luminares é um romance impressionante, cativante, intenso e cheio de surpresas.» Kate Webb, TLS

«Esta obra de ficção extraordinária e diabolicamente inteligente confirmará Catton como uma das estrelas mais brilhantes no firmamento da literatura internacional.»  Bookseller

Perfect Library!


quinta-feira, 25 de setembro de 2014

A Mulher Má de Marc Pastor - Novidade Topseller


Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 256
Editor: TopSeller
ISBN: 9789898626561
PVP: 15,98€

Sinopse
Barcelona, 1912. Há crianças a desaparecer. Quando um cadáver é encontrado numa viela estreita, dilacerado e sem um pingo de sangue, surgem rumores bizarros sobre um «vampiro» que se move pelas sombras da cidade e que anda a roubar as almas dos inocentes.
Para a polícia trata-se apenas de mais um cadáver, num lugar onde a morte e o crime são tão frequentes que se tornaram banais. E quanto às crianças desaparecidas, ninguém quer saber dos filhos das prostitutas que povoam Barcelona.
Mas para o inspetor Moisès Corvo — um polícia rude e dissoluto, mas com um sexto sentido peculiar — este é um mistério que tem de ser resolvido, com um criminoso que afinal é uma mulher.
Gótico e chocante, A Mulher Má revela um mundo macabro, uma história verídica que nos faz duvidar de um dia ter realmente existido uma mulher tão pérfida, capaz de crimes tão monstruosos.
Um livro assombroso que agarrará o leitor da primeira à última página.

Marc Pastor nasceu em Barcelona, em 1977. Estudou criminologia e política criminal, e trabalha atualmente como investigador criminal na sua cidade natal. Autor de vários romances, o livro A Mulher Má valeu-lhe, em 2008, o prémio Crims de Tinta, atribuído ao melhor policial «negro» escrito em língua catalã.
Baseado na história verídica de Enriqueta Martí, uma mulher misteriosa que aterrorizou a cidade de Barcelona no início do século XX, este livro intrigante proporcionou a Marc Pastor projeção internacional ao ser traduzido e publicado em variadíssimas línguas por todo o mundo. As recentes viagens por diversas cidades de Inglaterra e Estados Unidos granjearam-lhe enormes elogios por parte da crítica.

Críticas
«Tem um toque de Poe e de Bram Stoker, mas também de Sherlock Holmes e de Raymond Chandler. Este romance catalão, desenhado sordidamente, é a mistura do terror gótico com o crime realista. É horrífico, assustador e incrivelmente apaixonante.» - The Times

«Um enredo frenético e uma escrita extraordinariamente vívida. Altamente recomendado!» - The Independent

Ao Encontro do Destino de Amy Hatvany - Novidade Topseller


Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 368
Editor: TopSeller
ISBN: 9789898626653
PVP; 18,79€

Um extraordinário olhar sobre a dor de três mulheres e a esperança que persiste quando se sobrevive ao inimaginável. 

Sinopse
Hannah perde a filha de 12 anos num acidente. Através da doação do fígado da filha, Hannah consegue salvar a vida de uma adolescente um pouco mais velha, Maddie.
Saída da redoma de proteção em que vivia por causa da doença, Maddie ganha uma nova esperança de vida para enfrentar, por fim, o desafio do mundo real.
Olivia, a sua mãe, é vítima da violência do marido, mas planeia um dia fugir de casa com Maddie sem que isso implique perder a custódia da filha.
Numa história arrebatadora e profundamente comovente, os caminhos destas três mulheres vão cruzar-se e as suas vidas irão alterar-se para sempre.

Sobre a autora
Escritora norte-americana formada em Sociologia, a experiência académica e pessoal de Amy Hatvany possibilitou-lhe um grande conhecimento da natureza humana. Nos seus livros aborda diversos temas controversos, incluindo doenças mentais, violência doméstica e alcoolismo. É autora de livros muito elogiados pela crítica, como The Language of Sisters, Best Kept Secret, Heart Like Mine e O Jardim das Memórias, também publicado pela Topseller. Ao Encontro do Destino é o seu título mais recente. Conheça melhor a autora em: www.amyhatvany.com


Criticas 
«Amy Hatvany leva o leitor a refletir sobre uma multiplicidade de assuntos — a morte, a doação de órgãos, as famílias monoparentais, os maus tratos e o amor-próprio —, trabalhando cada tema com sensibilidade e compaixão.» - Kirkus Reviews

«À semelhança de Jodi Picoult, Amy Hatvany retrata com sensibilidade momentos da vida real, mantendo o leitor fascinado até à última página. Um livro que permanecerá consigo.» - Allison Winn Scotch, autora bestseller internacional

A TOPSELLER disponibiliza os primeiros capítulos para leitura imediata, aqui.

Convite | Porto de Encontro com Manuel Jorge Marmelo


O "Porto de Encontro" regressa ao convívio com os leitores com um dos maiores talentos da literatura portuguesa contemporânea, Manuel Jorge Marmelo. O vencedor do Prémio Literário Casino da Póvoa 2014 é o convidado de Sérgio Almeida para a sessão agendada para o próximo dia 28 de setembro, às 17:00, na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, no Porto (entrada livre), que conta ainda com a participação de Manuela Ribeiro (Correntes D’Escritas) e de Flávio Hamilton (Leituras).

Esta XXIX edição do "Porto de Encontro" tem o apoio da Câmara Municipal do Porto, Livrarias Bertrand, Jornal de Notícias, Porto Canal, Antena 1, Sociedade Portuguesa de Autores, Porto Barros e Arcádia.

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

O Vestido Côr de Pêssego de R. A. Stival - Novidade Planeta


Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 320
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896575328
PVP: 17,76€

Ritmo, emoção e uma escrita erótica verdadeiramente empolgante e romântica, neste romance de estreia de Rosania Stival, uma autora brasileira apaixonada pelas suas personagens e pela vertigem que as atrai.

Sinopse

O general Amadeus Barnard, da Cavalaria Ligeira da Grande Armée de Napoleão, tinha um título de nascimento. Propriedades. Uma biblioteca preciosa. Era um herói nacional. Bonito como o diabo.
Adeline Boissinot só tinha dois vestidos. Não: apenas um vestido - o que trouxera no corpo quando rumara até Paris, atrás de um sonho que nunca se realizaria... O outro, o vestido castanho que usava durante o dia e fora adaptado ao seu corpo delicado, era o vestido da criadagem. E ele era o seu patrão.

«O toque dela era inebriante e Amadeus sentia-se a resvalar para a inconsciência de quem era, do lugar onde estava, de qual era a sua situação... Sentia que a cabeça repousava na maciez dos seios dela, e que os seus dedos suaves lhe mexiam delicadamente, deixando-o em brasa. Mas que importavam agora as coisas do mundo? Posição social? Idade? Instrução? Naquele instante, nada importava a não ser aquele toque, aquela suavidade na sua pele que lhe acelerava o sangue e provocava um desejo galopante a apoderar-se de cada fibra do corpo. Tinha ímpetos de apertar cada vez mais os dedos no tecido da camisa que tinha entre as pernas, em desespero, pois não queria que ela visse até que ponto estava a mexer com os seus sentidos...» Excerto do livro

Rosania Stival divide o seu coração entre o Brasil, país em que nasceu e cresceu, e Portugal, onde vive há 8 anos. É formada em Letras e Psicologia, e é professora de Língua Portuguesa. O seu romance de estreia, O Vestido Cor de Pêssego, teve a sua primeira versão em 1997, como um conto de 16 páginas. Em 2013, as personagens ganham nova vida e a história recebe mais cor, acção, romance, e maior dimensão humana, mostrando dramas pessoais e colectivos, num período marcado por grande efervescência política e social. Em 2014, a saga dos Hussardos e Dragões, aqui iniciada, já promete mais paixões e aventuras que fervilham na cabeça e na ponta dos dedos de Rosania Stival, noite fora... Uma autora forte e apaixonada por histórias e pelas suas personagens, que arrasta consigo qualquer leitor que goste de vibrar, ver e sentir aquilo que lê. Afinal, é o amor que move a Lua e as estrelas, é o amor que nos faz leitores e amantes.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Amor Entre Guerras de Sofia Ferros - Novidade Casa das Letras


Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 336
Editor: Casa das Letras
ISBN: 9789724622729
PVP: 15,90€

Sinopse
Quando a Alemanha declara guerra a Portugal em 1916, Miguel Vieira, um jovem médico do Porto, voluntaria-se para integrar o Corpo Expedicionário Português e parte para a frente de combate, na Flandres. Encontra-se nas trincheiras aquando do ataque devastador dos alemães às tropas portuguesas, naquela que ficará conhecida como a Batalha de La Lys. Como responsável pelo Posto de Socorro Avançado, é chamado a tomar decisões dramáticas, uma das quais envolve o seu melhor amigo. Será, de resto, por causa dele que, num castelo transformado em hospital de guerra, conhece e se apaixona por Alexandrine Roussel, uma francesa de espírito indomável que tem a ambição de se tornar médica e trava uma luta sem tréguas pela emancipação das mulheres e pela liberdade.
Terminado o conflito, Miguel e Alexandrine casam-se e vivem, em Paris, um ambiente de euforia e contestação. Mas eis que chega o momento de o médico aceitar um desafio profissional na exótica Lourenço Marques, onde a família se estabelecerá durante longos anos. À passagem por Lisboa, Alexandrine sofrerá, porém, um acidente que mudará as suas vidas para sempre.
Amor entre Guerras, que se baseia na história dos bisavós maternos da autora, é um romance fascinante sobre uma família entre 1916 e as vésperas da Segunda Guerra Mundial, oferecendo-se ainda como relato das convulsões que o mundo atravessou na época e como testemunho da vida quotidiana em Moçambique.

Sofia Ferros nasceu em Luanda em 1973 e passou os primeiros anos de vida em Angola, Moçambique e África do Sul, até a família se radicar em Lisboa. Estudou durante doze anos na secção inglesa do St. Julian’s School e em 1997 licenciou-se em Gestão de Empresas pela Universidade Católica Portuguesa. Em 2011, concluiu um Executive Master em Marketing Digital, no Instituto Português de Administração de Marketing. Trabalhou em empresas de tecnologia, marketing e publicidade, tendo adquirido experiência em gestão de projetos e equipas, bem como na direção comercial e de marketing, em ambiente nacional e multinacional. Em 2012 fundou a Start Fast Online, empresa que presta serviços de web-marketing. Atualmente vive na Cidade do Cabo, na África do Sul, com o marido e filho. Uma das suas grandes paixões é viajar e já visitou trinta e seis países em quatro continentes.  

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

A Mulher Louca de Juan José Millás - Novidade Planeta


Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 192
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896575380
PVP: 16,95€
Disponível a partir de 24-09-2014

Sinopse
Julia trabalha numa peixaria e à noite estuda gramática, porque está apaixonada pelo chefe, que na verdade é filólogo.
Nos tempos livres, a jovem ajuda a cuidar de uma doente terminal, Emérita, e encontra-se com Millás, que está a fazer uma reportagem sobre a eutanásia. Durante as visitas, o escritor sente-se atraído pela ideia de romancear a vida de Julia, embora para o fazer enfrente o seu bloqueio criativo com a ajuda da psicoterapeuta. A realidade transtorna os planos do escritor, quando Emérita revela um segredo que guardou zelosamente toda a vida. O que começara como uma crónica para o jornal converte-se então numa espécie de novela, onde se verá apanhado como personagem.

«Pobrema, por exemplo, jamais havia sido escrita ou pronunciada, não estava em nenhum livro nem em nenhum periódico, não fazia parte de nenhuma canção, de nenhum verso, de manual de instruções algum. Ninguém a adicionaria à lista de compras. Pobrema estava excluída do mundo das palavras, que não toleravam a sua presença. Se se acercava de um livro tolhiam-lhe o passo antes de transpor a capa; se de um diálogo, era rechaçada pelos que participavam nele; se de uma empresa de etiquetas ou rótulos, terminava no caixote do lixo, junto dos desperdícios da jornada.» Excerto do livro

Juan José Millás (Valência, 1946)
Cedo muda para Madrid onde passará a maior parte da sua vida. Frequentou o curso de Filosofia e Letras, que veio a abandonar, desiludido com as limitações franquistas, dedicando- se a uma carreira administrativa que lhe proporcionasse tempo para escrever. É autor de romances como A Desordem do teu Nome, Assim Era a Solidão, Duas Mulheres em Praga e Laura e Júlio, entre outras, que o consagraram como um dos grandes escritores da actualidade.
Desde as suas primeiras publicações, foi reconhecido pelo público e pela crítica, destacando-se os prémios Sésamo, Nadal e Primavera. A sua obra narrativa está traduzida em vinte e três línguas.
É já na maturidade que Juan José Millás se dedica ao jornalismo. Cronista regular do diário El País, autor de reportagens e artigos em vários jornais, a sua prosa jornalística, várias vezes premiada, criou tantos apaixonados como a sua literatura. Numa escrita sempre psicanalítica e profunda, mas também viva na criação de ambientes, o autor criou uma obra ímpar, galardoada com o Prémio Planeta 2007 e o Prémio Nacional da Narrativa 2008.

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Um Avião sem Ela de Michel Bussi - Novidade Bertrand


Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 432
Editor: Bertrand Editora
Tradução: Patrícia Xavier
ISBN: 9789722528368
PVP: 18,80€

Sinopse
1980. Na sequência de um trágico acidente de avião nas montanhas, as equipas de salvamento encontram apenas um sobrevivente: um bebé de três meses. Mas iam dois bebés de três meses no avião, duas meninas, ambas louras, de olhos azuis. Qual delas é a sobrevivente?
As duas famílias, de meios completamente distintos, disputam violentamente a custódia da menina e cabe a um juiz determinar se ela é Emilie ou Lyse-Rose. Para que se declare uma das meninas viva, a outra tem de ser declarada morta. Numa época anterior aos testes de ADN, ninguém sabe se a decisão tomada está correta.
Dezoito anos mais tarde, um detetive privado alega ter chegado ao fundo da questão, mas depois é assassinado. Toda a sua pesquisa está registada num caderno que deixa. Um Avião sem Ela é a história de uma investigação para descobrir a verdadeira identidade do bebé sobrevivente e o efeito que esta história trágica teve nos membros da família que continuam a disputá-lo.

Michel Bussi nasceu em 1965 e é professor de Geografia na Universidade de Rouen. É autor de sete policiais publicados em mais de vinte línguas e vencedor de vários prémios literários. 

Críticas de imprensa
«Um romance de alto voo em que o desenlace é simultaneamente surpreendente e inatacável.» L’Express

«Uma maravilha das maravilhas. Sinceramente. É fantástico!»  La Griffe Noire

«Só se consegue pousar uma vez lido por inteiro.» A Livre Ouvert

Perfect Library!


quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Livros que dão Filmes

Estreia hoje nas salas de cinema, um filme muito aguardado, por fãs do género fantástico ou de distopias apocalípticas, Maze Runner - Correr ou Morrer. 
Realizado por Wes Ball, a sua primeira longa-metragem, este filme é a adaptação do primeiro livro da trilogia escrita pelo autor americano James Dashner. Conta nos principais papéis com actores/actrizes como Dylan O'Brien, Kaya Scodelario, Will Poulter. 
Para fãs e curiosos, este é um filme a não perder.
Bom filme!   

O Livro: 


Thomas percebe então que se encontra num elevador e que chegou a um lugar estranho, um espaço que se abre entre muros altíssimos e que o enche de pânico. Lá fora, como se estivessem à sua espera, uma pequena multidão de rapazes adolescentes como ele. As suas vozes saúdam-no com piadas juvenis, proferidas numa linguagem que lhe parece estranha. Dizem-lhe que aquele lugar se chama a Clareira e ensinam-lhe o que sabem a respeito daquele mundo. Tal como acontece com Thomas, não se lembram da sua vida anterior, mas ali estão perfeitamente organizados, cumprindo preceitos que ninguém deve quebrar. No fim desse primeiro dia de Thomas naquele lugar, acontece algo inesperado — a chegada da primeira e única rapariga, que traz uma mensagem que mudará todas as regras do jogo. Uma série de grande sucesso, que agradará tanto aos fãs de Os Jogos da Fome como a todos os apreciadores do género fantástico ou de distopias apocalípticas.

O Filme: 





quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Resultado Passatempo - Quero-te


Obrigada a todos os que participaram neste passatempo.
Um enorme agradecimento à Suma de Letras pela oferta de três exemplares de Quero-te de Irene Cao.
Tivemos 180 participações válidas. Obrigada! 
Os números sorteados foram o 22, 53 e o 179.
As grandes vencedoras são:

Daniela Oliveira - Foz do Sousa
Sandra Soares - Almada
Daniela Amaral - Viseu

Parabéns!

Se ainda não foi desta que foi o grande vencedor não desista. Há sempre boas oportunidades aqui no blogue. 

Até breve!

Para saber mais sobre o livro Quero-te veja aqui.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Resultado Passatempo - Uma Casa no Campo


Obrigada a todos os que participaram neste passatempo.
Um enorme agradecimento à Quinta Essência pela oferta de um exemplar de Uma Casa no Campo.
Tivemos 243 participações válidas. Um recorde de participações nunca antes atingido! 
O número sorteado foi o 141.
A grande vencedora foi:

Sónia Teixeira - Carregado

Parabéns!

Se ainda não foi desta que foi o grande vencedor não desista. Há sempre boas oportunidades aqui no blogue. 

Até breve!

Para saber mais sobre o livro Uma Casa no Campo consulte o site da Quinta Essência aqui.

O Amigo Andaluz [A minha Opinião]



Alexander Soderberg, a nova voz do policial nórdico. Com esta referência, uma capa apelativa e uma sinopse intrigante, foi impossível resistir a esta leitura. O policial nórdico atrai cada vez mais leitores e, tenho quase a certeza que, este autor irá ganhar imensos fãs em Portugal.

O Amigo Andaluz é o primeiro volume da trilogia Brinkmann, e pelo que li neste primeiro livro, os seguintes prometem.  

Neste primeiro volume foi levada aos meandros do crime organizado, o mundo do tráfico de armas e droga, guerras entre gangues, policias corruptos, violência extrema e dramas familiares. 

Os primeiros capítulos, para mim, foram de leitura complicada. Vão sendo introduzidas na história imensas personagens (suecos, russos, espanhóis e alemães), com nomes complicados. A atenção tem de ser redobrada para entender as ligações e rivalidades entre as personagens, os locais onde decorre a acção, para encontrar um fio condutor. Depois de ler as primeiras cem páginas, a leitura torna-se mais fácil, os personagens mais familiares e a história mais clara.

As personagens construídas para este policial são diversas. Umas conquistam pela sua fragilidade, verdade e valores. Outras aterrorizam e arrepiam pela sua frieza e maldade. E ainda temos aquelas que são a junção das duas anteriores e não sei como me sentir em relação a elas.

Gostei muito da personagem principal, Sophie Brinkmann, mãe, viúva, enfermeira, com valores e princípios, corajosa. Apesar da sua experiência de vida, há algo que ainda procura, há algo que ainda não descobriu em si. Neste primeiro livro há algo que a faz despertar, há alguma coisa que a muda e estou desejosa de ver a evolução desta personagem nos próximos livros.

Hector Guzman é o cabecilha de um importante gangue de tráfico de droga. Um homem misterioso, poderoso, seguro de si, implacável com os seus inimigos e amigo do seu amigo. Durante toda a narrativa mantém uma espécie de relação com Sophie. Uma relação com muitas incertezas, dúvidas, esperanças. O destino deste personagem é incerto e por isso estou bastante curiosa em relação ao próximo livro.

Quanto à escrita do autor, achei simples mas ao mesmo tempo envolvente. Notei um crescendo de intensidade com o desenrolar da acção. Se ao inicio estava meio perdida na história, a meio da leitura estava viciada. A cada página vou notando a tensão, a expectativa. Foi construída uma bela teia, onde aos poucos vou tendo a noção do todo. Um todo onde a ambição, a corrupção e a malvadez são quem mais ordena. Um todo onde pessoas inocentes são usadas e sacrificadas a favor da criminalidade.

Não deixem de ler este policial. É um excelente retrato do mundo do tráfico de armas e droga. Um retrato credível de um mundo perigoso, violento, desumano. Durante a leitura irão sentir-se assustados com o poder da história, chocados com algumas cenas macabras (o que o meu estômago sofreu), e pensativos por todas as questões morais que este policial levanta.

Foi uma excelente estreia do autor e um bom presságio para os próximos livros desta trilogia Brinkmann.

Boas leituras!  

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Passatempo Editorial Presença - Aqui e Agora


Para celebrar a meta das 100.000 mil visitas ao blogue, o Manta de Histórias em conjunto com algumas editoras parceiras, lançará uma série de passatempos. 

Com o precioso apoio da Editorial Presença, temos para oferecer um exemplar do livro Aqui e Agora. Para se habilitar a ganhar este exemplar, só tem de responder correctamente às questões que se encontram no formulário e ler com atenção as regras do passatempo. 


Regras do passatempo:

O passatempo é válido de 15 de Setembro até às 23h59m de 27 de Setembro. 
Só é válida uma participação por pessoa e residência, de residentes em Portugal Continental e Ilhas.
Ser seguidor do blogue Manta de Histórias: www.mantadehistorias.blogspot.pt
(Para ser seguidor, basta clicar em "aderir a este site" na barra lateral direita do blogue.)
Múltiplas participações serão automaticamente anuladas.
O vencedor será sorteado aleatoriamente pela administração do blogue, contactado por e-mail e o resultado será anunciado no blogue.
O blogue e a editora não se responsabilizam por eventuais extravios no envio do livro por correio.
Boa sorte!



Para mais informações consulte o site da Editorial Presença aqui.

Lusitano Fado de Luís Corredoura - Novidade Marcador


Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 392
Editor: Marcador
ISBN: 9789897540196
PVP: 18,95€
Disponível a partir de 16-09-2014

Sinopse
Uma história surpreendente de coragem e determinação, de mistério e revelação, de vingança e corrupção, mas também de paixão, companheirismo e amizade, que vai empolgar os leitores mais exigentes e que não deixará ninguém indiferente.

Luís Corredoura nasceu em 1975, em Pêro Pinheiro, concelho de Sintra. É arquiteto e mestre em Recuperação de Património Arquitetónico e Paisagístico. Além dos projetos de Arquitetura, desenvolve, desde muito novo, projetos literários, «manuscritos» que vai guardando na penumbra da gaveta e no íntimo dos seus pensamentos. Nome de Código Portograal foi o primeiro a ver a luz do dia e a adquirir a forma de livro. 

domingo, 14 de setembro de 2014

Passatempo Dinalivro - O Velho Monge do Castelo


Para celebrar a meta das 100.000 mil visitas ao blogue, o Manta de Histórias em conjunto com algumas editoras parceiras, lançará uma série de passatempos. 

Com o precioso apoio da Dinalivro, temos para oferecer um exemplar do livro O Velho Monge do Castelo. Para se habilitar a ganhar este exemplar, só tem de responder correctamente às questões que se encontram no formulário e ler com atenção as regras do passatempo. 


Regras do passatempo:

O passatempo é válido de 14 de Setembro até às 23h59m de 25 de Setembro. 
Só é válida uma participação por pessoa e residência, de residentes em Portugal Continental e Ilhas.
Ser seguidor do blogue Manta de Histórias: www.mantadehistorias.blogspot.pt
(Para ser seguidor, basta clicar em "aderir a este site" na barra lateral direita do blogue.)
Múltiplas participações serão automaticamente anuladas.
O vencedor será sorteado aleatoriamente pela administração do blogue, contactado por e-mail e o resultado será anunciado no blogue.
O blogue e a editora não se responsabilizam por eventuais extravios no envio do livro por correio.
Boa sorte!

Hoje começo esta viagem incrível


Obrigada à Porto Editora por esta leitura!

Saiba mais sobre o livro aqui.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

O Segredo dos Tudor de C. W. Gortner - Novidade Topseller


Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 352
Editor: TopSeller
ISBN: 9789898626431
PVP: 20,99€

Sinopse
No verão de 1553, Brendan Prescott é chamado à corte inglesa dos Tudor para se tornar escudeiro de Robert Dudley. Na mesma noite em que chega à corte, Lorde Robert encarrega-o de entregar secretamente um anel à princesa Isabel.
Frente a frente com a emblemática princesa, e depois de ela se recusar a aceitar a joia, o jovem escudeiro percebe que se encontra no meio de uma trama de conspirações e mentiras. Os Dudley planeiam uma traição mortal contra o rei Eduardo VI e as suas duas irmãs Maria e Isabel com um único fim: chegar ao trono.
Destemido e convicto de que o que vai fazer é o melhor para Inglaterra, Brendan Prescott alia-se a Isabel e aos seus protetores. Torna-se assim um agente duplo em defesa da coroa, contra a ambição desmedida dos Dudley. Num enredo misterioso envolto em intrigas, perseguições, assassínios e corrupção, Prescott acaba por descobrir também as suas verdadeiras origens e a sua própria história. Uma história que esconde um segredo muito mais perigoso e mortal do que ele alguma vez poderia imaginar.

C. W. Gortner possui um mestrado em Escrita na especialidade de estudos renascentistas, do New College of California.
Os seus romances históricos são sempre fruto de intenso trabalho de pesquisa, e têm-lhe granjeado elogios por toda a crítica internacional. Já foram traduzidos para 14 línguas. 

Críticas de imprensa
«Uma trama executada de forma brilhante ficção histórica de qualidade, muito bem construída. Altamente recomendado.» Historical Review Romances, Editor's Choice

Perfect Library!


quinta-feira, 11 de setembro de 2014

O meu exemplar de "Os Maias" de Eça de Queirós


Porque hoje já vos falei do livro "Os Maias" de Eça de Queirós, aqui fica a foto do meu livro. 
Na altura que o comprei custou-me 1080 escudos. (Sim, os escudos ainda existiam)
Também tem este livro com esta capa?
Boas leituras!

Livros que dão Filmes


Hoje temos duas estreias, cujos filmes são baseados em grandes obras. Os Maias, adaptado da grande obra homónima de Eça de Queirós, considerada uma das grandes obras da literatura portuguesa.  Esta é a primeira vez que a obra é adaptada ao cinema. A realização e argumento do filme está a cargo de João Botelho. O elenco conta com inúmeras caras conhecidas do publico português, Graciano Dias, Maria Flor, João Perry, Pedro Inês, Adriano Luz, Rita Blanco, Filipe Vargas, Ana Moreira, Rui Morrison, Catarina Wallenstein. O Físico (Der Medicus), chega à grande tela pela mão de Philipp Stölzl. O filme é baseado no "best-seller" de Noah Gordon e conta com actores como Tom Payne, Stellan Skarsgård, Olivier Martinez. 
Bons filmes!

Trailer Os Maias

  

Trailer O Físico