quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Livros que dão Filmes


Estreia hoje nas salas de cinema um grande filme, Lincoln. É baseado na obra de Doris Kearns Goodwin, "Team of Rivals: The Political Genius of Abraham Lincoln". O filme retrata a vida do presidente da república norte-americano, centrando-se nos últimos quatro meses da sua vida, dando o enfoque na abolição da escravatura durante a a Guerra Civil Americana. Realizado por Steven Spielberg e no papel principal Daniel Day-Lewis, este filme conta com 12 nomeações aos Óscares, entre elas a de melhor filme, realizador, actor principal e secundário. Um filme a não perder! Em Portugal já várias editoras publicaram livros sobre esta figura incontornável da república americana. 
Leiam o livro e vejam o filme! 

Trailer do Filme



quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Era Uma Vez Uma Velhinha de Jeremy Holmes - Divulgação Dinalivro


Páginas 16
Formato 130x330 mm
Preço s/IVA 12,00€
Preço c/IVA 12,72€
Referência 01010441
ISBN 978-972-576-567-8
Público-alvo: crianças a partir dos cinco anos, pais, 
avós, professores e educadores.


Sinopse
Livro vencedor do Prémio Bolonha Ragazzi 2010 na categoria Opera Prima, Era uma vez uma velhinha transforma em obra de arte tipográfica uma célebre canção infantil anglo-saxónica, que dá nome ao título original deste livro – There was an old lady. Esta breve narrativa em forma de lengalenga, que concilia referências surreais ao século XIX com o imaginário bem-humorado da melhor tradição literária para a infância, trata com originalidade, inteligência e sentido de humor um tema raramente presente no universo literário infantil: a morte.
A adaptação portuguesa, porém, numa tentativa muito eficaz de manter o jogo de sonoridades marcado por uma métrica muito própria e por uma repetição cumulativa, acaba por tornar mais subtil o fim de vida de uma pobre senhora que, no final do livro, graças a um segredo engenhoso das artes tipográficas, fecha os olhos devagar, depois de ter engolido, imagine-se, um mosquito, uma aranha, uma cegonha, um gato, um cão, uma serpente e até uma vaca e um cavalo.

Jeremy Holmes nasceu em Landsthul, na Alemanha, mas cresceu em Nova Iorque. Gosta especialmente de dar longos passeios a pé pelos mercados da Pensilvânia à procura de velhas preciosidades que lhe possam servir de inspiração. Logo de manhã cedo já está no Mutt Ink, o estúdio de design gráfico que dirige desde 2004. Com There was an old lady este reputado designer  deixa o legado da sua devoção genuína pelo universo dos livros.
O seu trabalho tem sido reconhecido em diversas publicações, nomeadamente, a Print and How. Com The bird, the mouse and the sausage foi recentemente finalista do Flash Forward Film Festival e teve um destaque especial na I.D. Magazine. O seu petisco favorito é mozarella frita com ketchup, para o caso de alguém querer convidá-lo para jantar.

Imagens do livro



O Desejo [A minha Opinião]



Diz a Quinta Essência e muito bem, este é um livro quente para o tempo frio. 

A capa deste romance é deslumbrante e cativa logo o leitor. Chamou-me logo a atenção, assim que olhei para ela. A escolha da cor vermelha adequa-se muito bem ao título do livro, "O Desejo". Este foi o primeiro livro que li da Nicole Jordan e posso dizer que foi uma leitura apaixonante. 

Nicole Jordin presenteia o leitor com duas grandes personagens. Brynn uma mulher corajosa, protectora, inocente e Lucian um homem libertino, sensual e poderoso. Estes dois personagens parecem não ter muito em comum, mas como se costuma dizer, os opostos atraem-se. É de facto o que acontece nesta história. Lucian e Brynn sentem uma atracção mútua que vai muito para além da pele. Para tornar a história mais apelativa, há também uma maldição com séculos que atormenta Brynn. "As mulheres da tua casa serão para sempre amaldiçoadas pela sua beleza. Qualquer homem que amem morrerá."

Os acontecimentos da narrativa passam-se em pleno século XIX, em Inglaterra. Não há melhor cenário para uma história apaixonante e sensual. Mas desengane-se o leitor que pensa que esta história centra-se só na paixão. Há também, paralelamente,  muito mistério e espionagem que vão aguçar a curiosidade do leitor. 

A linguagem utilizada pela autora é acessível e nas passagens mais intimas e sensuais há um cuidado e elegância nas palavras e expressões usadas. Nicole Jordan prova assim que se pode escrever passagens sensuais sem se ser grosseiro. Dou os parabéns à tradutora Sónia Mota Maia pelo excelente trabalho de tradução.

É importante referir o crescimento das personagens principais ao longo da narrativa. As experiências pelas quais vão passando, transformam-nas e fazem-nas amadurecer. É um dos aspectos positivos neste romance e tornam as personagem credíveis e humanas.

A relação amor/ódio entre Lucian e Brynn é o motor que faz andar esta história. Tão depressa se amam loucamente como se ignoram. Esta relação tumultuosa proporciona ao leitor bons momentos de humor, de paixão, de tensão.

É fácil agarrar neste livro e ler cem páginas sem darmos pelo tempo a passar. É a beleza da leitura quando nos sentimos arrebatados. É viciante!

Não deixarei de ler os outros dois livros, "A Sedução" e "A Paixão", já editados em Portugal. Sem dúvida, esta é uma excelente aposta da Quinta Essência. Espero ver publicado em breve, um novo livro da escritora.

Uma leitura que aconselho a quem não conhece a escritora e a quem já é fã. Adorei!

Boas leituras!

    

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Resultado 5º Passatempo




Boa tarde a todos!
Aqui fica o resultado do 5º Passatempo realizado pelo blogue Manta de Histórias com o apoio da Editorial Presença.
O sorteio foi realizado através do programa random.org.
Tivemos no total 78 participações. Obrigada a todos!
O número sorteado foi o nº 43!


Muitos parabéns à Ana Cruz - Leça da Palmeira  

Agradeço a todos os participantes pela participação no passatempo e à Editorial Presença pelo apoio dado.
Continuem a visitar e a participar activamente no blogue.
Boas leituras!

Resultado 4º Passatempo




Boa tarde a todos!
Aqui fica o resultado do 4º Passatempo realizado pelo blogue Manta de Histórias com o apoio da Dinalivro
O sorteio foi realizado através do programa random.org.
Tivemos no total 36 participações. Obrigada a todos!
O número sorteado foi o nº 32!


Muitos parabéns à Carla Cruz - Linda-a-Velha  
Acaba de ganhar o livro Por  que é que as crianças fazem tantas perguntas?.

Agradeço a todos os participantes pela participação no passatempo e à Dinalivro pelo apoio dado.
Continuem a visitar e a participar activamente no blogue.
Boas leituras!

Desafio 310 Seguidores Facebook

Quando chegarmos aos 310 SEGUIDORES na página do facebook, lanço um passatempo com oferta do livro e marcador À Procura de Um Lugar. Posso contar convosco para mais este novo desafio?


Vamos trazer mais amigos à página e ao blogue. 
Façam o like na página do Blogue Manta de Histórias
Obrigada!

Uma Promessa de Felicidade de Anita Shreve - Novidade Porto Editora


Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 272
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04551-5
PVP: 16,60€
Disponível a partir de 05-02-2013   

Sinopse    
Margaret e Patrick estão casados há apenas alguns meses quando decidem partir para o Quénia, convencidos de que irão viver uma grande aventura em África. No entanto, Margaret depressa se apercebe de que não conhece os costumes complexos do seu novo lar e tão-pouco o homem que tem ao seu lado.
Quando, certo dia, um casal inglês os convida para escalar o monte Quénia, eles aceitam, entusiasmados, o desafio. Porém, durante a árdua subida, ocorre um terrível acidente e, no rescaldo da tragédia, Margaret ver-se-á enredada numa teia de dúvidas sobre o que se passou realmente na montanha. Estes acontecimentos, que a irão afetar profundamente, terão consequências indeléveis no seu casamento.
Primeiras páginas disponíveis aqui.

Sobre a autora
Natural do Massachusetts, onde ainda hoje reside, Anita Shreve formou-se na Tufts University, foi professora e acabou por enveredar pelo jornalismo após uma das suas histórias ter ganho o O. Henry Prize, em 1975, escrevendo então artigos para revistas como a Quest, Us e Newsweek. Mais tarde, publicou dois livros de não ficção a partir de artigos publicados na The New York Times Magazine. Em 1989 abandonou o jornalismo e dedicou-se apenas à literatura, alcançando um grande sucesso internacional - as suas obras venderam já mais de 7 milhões de exemplares em todo o mundo. Em 1998, recebeu o PEN/L.L. Winship Award e o The New England Book Award para ficção.
No catálogo da Porto Editora figuram já os seus romances Testemunho e A Ilha dos Desencontros.
Mais informações em www.anitashreve.com

Para saber mais informações acerca deste livro, consulte o site da Porto Editora.

                           


O Poder dos Livros


segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Nada a Dizer de Elvira Vigna - Novidade Quetzal


Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 176
Editor: Quetzal
ISBN: 9789897220746
PVP: 14,40€
Disponível a partir de 01-02-2013



Prémio de Ficção da Academia Brasileira de Letras e finalista do 
Prémio Portugal Telecom

Sinopse
Neste livro, o leitor é convidado a seguir a história do triângulo amoroso –formado por Paulo, a sua amante N. e a narradora – em que um casal de meia-idade (com experiência nas revoluções políticas e sexuais dos anos sessenta) é abalado pela entrada em cena de uma mulher mais nova e com um perfil que ambos teriam, algumas décadas atrás,  considerado «burguês».
Narrado na primeira pessoa e atravessado por um humor cáustico, Nada a Dizer fotografa esse mundo transitório: no amor, na linguagem, na zona flutuante da comunicação entre as pessoas (nos chats, e-mails e SMS), nas viagens, nas memórias. Além do tradicional inventário de perdas e danos que resulta de uma história de adultério, o livro é também uma discussão sobre as muitas possibilidades de entendimento amoroso no mundo contemporâneo.

Sobre a autora
Nascida no Rio de Janeiro, Elvira Vigna é diplomada em Literatura pela Universidade de Nancy e mestre em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Escreve sobre arte contemporânea no site 
Aguarrás e é autora de vários romances, entre os quais O Assassinato de Bebê Martê, Coisas que os Homens não Entendem e Deixei ele lá e Vim ou O que deu para Fazer em Matéria de História de Amor.
Nada a Dizer é o seu primeiro livro publicado em Portugal.

http://www.quetzaleditores.pt/

Orgulho e Preconceito faz hoje 200 anos!

Orgulho e Preconceito, um dos grandes clássicos da literatura, foi publicado, a primeira vez, há exatamente 200 anos (a 28 de janeiro).



Sinopse
Uma clássica história de amor e mal-entendidos que se desenrola em finais do século XVIII e retrata de forma acutilante o mundo da pequena burguesia inglesa desse  tempo. Um mundo espartilhado por preconceitos de classe, interesses mesquinhos e vaidades sociais, mas que, no romance, acabam por ceder lugar a valores mais nobres: o amor.As cinco irmãs Bennet, Elizabeth, Jane, Lydia, Mary e Kitty, foram criadas por uma mãe cujo único objetivo na vida é encontrar maridos que assegurem o futuro das filhas. Mas Elizabeth, inteligente e sagaz, está decidida a ter uma vida diferente da que lhe foi destinada. Quando Mr. Bingley, um jovem solteiro rico, se muda para uma mansão vizinha, as Bennet entram em alvoroço…

Sobre Jane Austen
Nascida em 1775, Jane Austen era a penúltima filha dos oito filhos do Rev.º George Austen, reitor de Steventon, Hampshire, onde a romancista viveu até a família se mudar para Bath em 1801, e para Southampton em 1805. Em 1808, depois da morte do pai, Jane Austen fixou-se perto de Alton, mudandose, depois, em 1817, para Winchester, onde morreu de anemia nesse mesmo ano. 
Começou a compor histórias e vários trechos quando menina. Estas obras juvenis seriam suspeitas se os manuscritos não existissem, pois mostram um dom satírico que é raro mesmo na maturidade intelectual. 
No entanto, o seu sucesso enquanto escritora foi conseguido sobretudo entre 1811 e 1816,  com a publicação de  Sensibilidade e Bom Senso,  Orgulho e Preconceito, Mansfield Park  e  Emma. Teve ainda outros dois romances póstumos, Northanger Abbey e Persuasão, e deixou um último inacabado, Sanditon.

Rifão, Anexim, Provérbio



"Com trabalho e perseverança, tudo se alcança." 

sábado, 26 de janeiro de 2013

Vencedor Passatempo 200 Seguidores Facebook


PARABÉNS IRENE CORREIA!
Foi a grande vencedora do Passatempo 200 Seguidores. Receberá em sua casa um fabuloso marcador de livros da Artanocas. Peço que envie um email com a sua morada para o seguinte endereço: mantadehistorias@gmail.com
Agradeço a todos pelas participações. Quem não teve sorte desta vez, não desanime. Haverão mais oportunidades.


sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Metamorfose à Beira do Céu de Mathias Malzieu - Novidade Bertrand


Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 128
Editor: Bertrand Editora
ISBN: 9789722525862
PVP: 14,40€

Sinopse
Todos nós temos sonhos; o do jovem Tom «Hematoma» é voar. Por isso fez carreira como acrobata - segundo alguns, é o pior acrobata do mundo - e especializou-se em números de alto risco, pois assim sente-se mais próximo do céu. Entre saltos e piruetas, sempre sem rede, o seu corpo vai-se desgastando, até que um dia lhe é diagnosticada uma doença incurável destino de Tom, contudo, não é viver de asas cortadas. Um dia, num dos seus passeios noturnos pelo hospital, conhece uma fascinante criatura, metade mulher e metade ave, que lhe propõe um estranho pacto: «Posso transformar-te em pássaro e curar-te da tua doença, mas terás de assumir as consequências desta metamorfose.» Estará Tom, o homem que sempre quis voar, pronto para dar um passo irreversível em direção ao desconhecido, abandonando a vida humana por uma nova aventura?
Na tradição das melhores fábulas literárias, Mathias conta-nos a história maravilhosa de um homem que quis ousar matar a morte e beijar os céus. Uma reflexão única sobre o poder da vida e do amor.

Mathias Malzieu é vocalista de uma das mais conhecidas bandas de rock francesas, Dionysos. É autor dos contos 38 Mini Westerns e do romance Maintenant qu’Il Fait Tout le Temps Nuit Sur Toi, que conheceu um tremendo sucesso junto do público e da crítica. A Mecânica do Coração é também o nome do mais recente álbum da banda de Malzieu, que foi Disco de Ouro em 2008.  

Do mesmo escritor






Obrigada, atingimos hoje as 25000 visualizações!


Obrigada por estarem desse lado!

Perfect Library!



quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

A Fórmula do Amor de Francesc Miralles, Alex Rovira - Novidade ASA


Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 326
Editor: Edições Asa
ISBN: 9789892317236
PVP: 15,90€
Disponível a partir de 29-01-2013

Sinopse
"Poucos se atrevem a ver com os seus próprios olhos e a sentir com o seu próprio coração." Albert Einstein

Existe uma força poderosa que pode mudar a nossa conceção do universo e da própria vida. Albert Einstein descobriu-a através de uma equação matemática. Estranhamente, decidiu mantê-la secreta. Mas a bela e enigmática Sarah e o desencantado Javier estão decididos a desvendar o último enigma de Einstein. A sua única pista: a filha secreta do génio alemão, que pode possuir a chave do mistério. De Zurique a Belgrado e Nova Iorque, Sarah e Javier seguem os passos do cientista mais famoso de todos os tempos, numa missão perigosa e surpreendente. O que ignoram é que a sua aventura em busca da Grande Revelação será acima de tudo uma viagem à descoberta das profundezas de si próprios…
Uma experiência metafísica e iluminadora, um romance que nos abre as portas de um mundo invisível e transformador: o nosso coração.

Álex Rovira nasceu em Barcelona em 1969 e é escritor, economista, conferencista e consultor. É um dos escritores espanhóis de maior prestígio internacional, tendo já vendido mais de 5 milhões de exemplares em todo o mundo.

Francesc Miralles nasceu em Barcelona em 1968. É licenciado em Filologia Alemã e jornalista especializado em psicologia e espiritualidade. É autor de uma obra multifacetada. Na ASA, está já publicado o seu thriller de inspiração histórica O Quarto Reich.





Sentir Profundo


Bonitos pensamentos que encontrei ao ler o livro Coração em Segunda Mão de Catherine Ryan Hyde.


"Não damos de caras com o amor, temos de lutar para lhe ver a cara. Implica esforço. Por isso é que acredito que não podemos amar alguém que não conhecemos. Porque amar é conhecer alguém."

"Quando se gasta toda a energia a ter medo de algo, pode-se acordar um dia e descobrir que não se sabe como parar."

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Coração em Segunda Mão [A Minha Opinião]


Este é o primeiro livro que leio de Catherine Ryan Hyde e tenho já vontade de conhecer os restantes livros da escritora.

Os temas abordados neste livro são delicados. Fala-se sobre morte, transplantes e memória celular. Confesso que sobre memória celular não sabia muito mas achei o tema interessante. Aprendi então que as células do nosso corpo têm consciência de si próprias e de pertencerem a um todo. Esta teoria deita por terra a ideia de que o cérebro é o único órgão pensante. 

Neste livro é contada a história da jovem Vida que desde o seu nascimento necessita de um transplante de coração. Vive todos os dias com a ideia de que pode morrer a qualquer momento. Eis que surge um coração novo e a sua vida muda radicalmente.

Ao inicio da história o leitor conhece e lê o diário da jovem Vida e fica a par de todas as suas inquietações, da sua vida familiar e como a própria lida com a sua morte iminente. Noto que a linguagem usada ao inicio do livro é mais simples, visto ser uma jovem inexperiente a contar a sua vida de clausura. Com o avançar da história noto que a linguagem é mais cuidada e reflecte bem os acontecimentos que vão sucedendo.

Houve um amadurecimento da personagem principal, Vida, que deixou de ser a menina ingénua, que necessitava da mãe para tudo. Depois do transplante de coração, Vida vai ganhar coragem e arriscar viver. Torna-se mais madura e consciente de que tem uma nova vida para ser vivida. 

Guardará o nosso coração as nossas memórias? Se o nosso coração fosse transplantado, teria o receptor memórias e sentimentos vividos por nós? Confesso que este tema me levantou muitas questões. Há relatos reais de pessoas transplantadas que ganham os gostos dos dadores. No caso desta história ficcional, Vida lembra-se de momentos vividos pela dadora e ama um homem que nunca antes conheceu. É sem dúvida um tema interessante.

Depois desta leitura terei certamente de ler o seu último livro, Não Deixes que me Levem e o já conhecido Favores em Cadeia, que conta já com uma adaptação cinematográfica. Um filme que vi e adorei.

É sem dúvida uma leitura que recomendo.

Boas leituras!

Para mais informações acerca do livro visitem o site das Publicações Europa-América.




Irmã [A Minha Opinião]


Finalmente tive a oportunidade de ler o primeiro romance da Rosamund Lupton. Li tantas e tão boas opiniões que este livro passou a ser uma prioridade.

A história deste livro é comovente. Acompanhamos o evoluir do sofrimento causado por uma grande perda. Identifiquei-me muito com Beatrice, personagem principal deste enredo. Eu própria sou irmã mais velha e consegui colocar-me no lugar de Beatrice que sofre com o desaparecimento da sua irmã mais nova. O instinto de protecção que temos para com os irmãos mais novos é tão bem descrito pela autora. A relação de cumplicidade entre estas duas irmãs é tocante.

Desde a primeira página que o leitor acompanha uma longa carta de despedida de Beatrice para Tess. "Minha querida Tes, faria qualquer coisa para estar contigo agora, neste preciso momento, para te segurar a mão, olhar o teu rosto, ouvir a tua voz. Como pode uma carta substituir o toque, a visão, a audição, todos esses recetores sensoriais, nervos óticos e tímpanos vibrantes?" Achei que esta forma de contar a história trouxe mais riqueza à narrativa e pormenores que de outra forma não conheceríamos. Esta carta descreve o quanto Beatrice conhece a sua irmã Tess e o quanto a ama. 

Beatrice enfrenta tudo e todos para descobrir o que realmente aconteceu à sua irmã. Nesta busca pela verdade o leitor é sempre surpreendido. Quando penso que já tenho uma pista sobre o que aconteceu, Rosamund Lupton desorienta-me novamente. São estas constantes reviravoltas que me prendem à história e me fazem virar uma página após outra à procura do grande final.

Esta é uma história que podia ser real, com personagens que nos tocam e que evoluem ao longo da narrativa. A linguagem é acessível e conta com uma grande presença de diálogos. O ritmo da narrativa é constante e mantém o leitor atento. O final é surpreendente e original. Todos estes factores fazem deste livro uma leitura obrigatória. 

Quanto ao final desta história, cabe ao leitor decidir o que realmente quer que aconteça. Não vos vou contar que final escolhi mas que a autora me surpreendeu, isso não há dúvida nenhuma.

Aguardo ansiosamente pelo segundo livro da escritora Afterwards, que será publicado brevemente pela Civilização Editora. 

Uma leitura que recomendo!
Boas leituras!

Mais informações sobre o livro no site da Civilização Editora
  




5º Passatempo - Lady Almina e a Verdadeira Downton Abbey


Com o apoio da Editorial Presença, temos para oferecer um exemplar do livro Lady Almina e a Verdadeira Downton Abbey. Para participar basta responder às questões que se encontram no formulário.

Regras do passatempo:
O passatempo é válido de 22 de Janeiro até às 23h59m do dia 28 de Janeiro.
Só é válida uma participação por pessoa e residência, de residentes em Portugal Continental e Ilhas.
Ser seguidor do blogue Manta de Histórias e da página do blogue no Facebook.
Participações com respostas erradas e/ou dados incompletos serão automaticamente anuladas.
O vencedor será sorteado aleatoriamente (random.org) pela administração do blogue, contactado por email, o resultado será anunciado no blogue. 
Os dados do vencedor serão enviados à editora que se encarregará do envio do livro.
O blogue não se responsabiliza por eventuais extravios no envio do livro por correio.

Boa sorte!

4º Passatempo - Por que é que as crianças fazem tantas perguntas?


Com o apoio da Dinalivro, temos para oferecer um exemplar do livro Por que é que as crianças fazem tantas perguntas?. Para participar basta responder às questões que se encontram no formulário.

Regras do passatempo:
O passatempo é válido de 22 de Janeiro até às 23h59m do dia 28 de Janeiro.
Só é válida uma participação por pessoa e residência, de residentes em Portugal Continental e Ilhas.
Ser seguidor do blogue Manta de Histórias e da página do blogue no Facebook.
Participações com respostas erradas e/ou dados incompletos serão automaticamente anuladas.
O vencedor será sorteado aleatoriamente (random.org) pela administração do blogue, contactado por email, o resultado será anunciado no blogue. 
Os dados do vencedor serão enviados à editora que se encarregará do envio do livro.
O blogue não se responsabiliza por eventuais extravios no envio do livro por correio.

Boa sorte!





O Poder dos Livros


segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Lady Almina e a Verdadeira Downton Abbey de Condessa de Carnarvon - Novidade Editorial Presença


Título: Lady Almina e a Verdadeira Downton Abbey
Título Original: Lady Almina And The Real Downton Abbey
Tradução: Marta Mendonça
Páginas: 264
Coleção: Grandes Narrativas Nº 539
PREÇO SEM IVA: 16,51€ / PREÇO COM IVA: 17,50€
ISBN: 978-972-23-4918-5
Código de Barras: 9789722349185

Sinopse
A verdadeira história do magnífico Castelo Highclere, que inspirou e onde tem sido filmada, a série de televisão de êxito mundial Downton Abbey. A quinta condessa de Carnarvon aqui retratada, Lady Almina, deu vida à ficcional Lady Cora Crawley e existem vários pontos de contacto entre personagens da série e pessoas reais que viveram no Castelo. A atual condessa, fascinada com o que foi descobrindo acerca do riquíssimo legado histórico de Highclere, decidiu escrever este livro extraordinário que resultou numa história empolgante que começa em 1895 e retrata tempos de mudança até à Primeira Guerra Mundial. Uma obra onde o biográfico e o histórico se mesclam num registo a que não faltam acontecimentos, proporcionando entretenimento e uma leitura aliciante.

Sobre a autora
A condessa de Carnarvon, Lady Fiona, casou com o atual Conde de Carnarvon em 1999. Presentemente é ela a castelã do ancestral Castelo Highclere, onde reside com o marido e o filho.

Para mais informações consultar o site da Editorial Presença.




Rifão, Anexim, Provérbio


"Não há livro tão ruim que não tenha alguma coisa boa"

Passatempo 200 Seguidores no Facebook

Para celebrar a meta dos 200 seguidores na página do blogue no Facebook, lancei um passatempo. Para poderem participar basta colocar um Like na página do blogue. Lá terão todas as indicações de como participar no passatempo. 
Agradeço o apoio da Artanocas. (http//artanocas.blogspot.pt)
É só clicar na imagem e serão direccionados ao passatempo.
Boa sorte a todos! 


sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Um Verão Caprichoso de Vladislav Vancura - Novidade QuidNovi


Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 120
Editor: Quidnovi
ISBN: 9789895549504
PVP: 13,99€
Disponível a partir de 25-01-2013

Sinopse
Num verão com pouco sol e muita chuva a amizade entre o mestre banheiro Antonín Dura, o abade Roch e o major Hugo vai ser inquietada pela chegada, à pacata vila balneária de Krokovy Vary, do mágico e acrobata Arnoštek e da sua bela assistente, Anna. Movidos pelos caprichos do corpo, os três cinquentões envolvem-se em constantes trapalhadas e equívocos enquanto tentam, sem grande sucesso, conquistar a jovem rapariga. Um Verão Caprichoso, segundo romance do autor checo publicado pela QuidNovi, é mais do que uma comédia de costumes: é uma divertida narrativa cheia de múltiplos sentidos.

VLADISLAV VANCURA (1891-1942) foi médico, novelista, contista, cronista, dramaturgo, guionista e ensaísta. O «poeta da ficção» – como era apelidado – lutou incansavelmente contra o nazismo, tendo morrido às mãos da Gestapo durante a ocupação nazi da República Checa. Tido como um dos grandes artífices da literatura checa moderna e um dos maiores escritores europeus da sua época, tornou-se conhecido com Marketá Lazarová, uma novela histórica inspirada nos seus antepassados, cavaleiros da nobreza rural checa, publicada pela primeira vez em 1931 e que depressa se transformou num bestseller.

Críticas de imprensa
«Vladislav Vancura, o meu primeiro amor literário.» Milan Kundera, in A Cortina

«Um estilista altamente sofisticado.» Josef Škvorecký, autor checo, in The Paris Review

«[Vancura] não descreve a realidade, cria uma nova. E o que mais cativa os leitores é a sua inconfundível linguagem.» Jirí Brabec, professor associado no Masaryk Institute

Outro livro do escritor



  


Perfect Library!





quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Por que é que as crianças fazem tantas perguntas? de Paola Santagostino - Divulgação Dinalivro



Páginas: 194
Formato: 150x210 mm
Preço s/IVA: 15,56 €
Preço c/IVA: 16,50 €
Referência: 01010484
ISBN: 978-972-576-617-0
Público-alvo: Pais, educadores, pedagogos, psicólogos, 
psicoterapeutas e pedopsiquiatras.



Sinopse
Atualmente, em tempos de grandes correrias e de stresse profundo, parece difícil podermos responder adequadamente às interrogações das crianças. Por que é que as crianças fazem tantas perguntas contraria precisamente esta perspetiva e por isso constitui, segundo a pedopsiquiatra Ana Vasconcelos, autora do prefácio, um livro para o otimismo e um livro contra a crise. Neste texto, Paola Santagostino percorre o terreno insidioso dos «porquês» das crianças e revela com palavras simples a «psicologia» das perguntas, sugerindo a estratégia mais aconselhável para encontrar uma resposta satisfatória. E muitas vezes, a forma como respondemos é mais importante do que aquilo que se responde. «Por que é que chove?», «Por que é que morremos?», «Por que é que vamos trabalhar?» são apenas algumas das muitas interrogações fundamentais que exigem por parte do adulto – esse grande mediador que funciona como bússola empática para a criança – sensibilidade, motivação e uma disponibilidade que pode ser trabalhada diariamente.

Paola Santagostino é psicoterapeuta e especialista em medicina psicossomática. No seu trabalho, ocupa-se em particular da questão da fábula utilizada não só como terapia de distúrbios psíquicos e emotivos, mas também enquanto estrutura de consciência e de evolução pessoal. Leciona vários cursos e seminários em Itália dedicados a esta matéria e, entre outras temáticas, às técnicas de autoterapia, às formas de enfrentar os momentos de crise, ao significado psicológico e simbólico das cores e ao seu uso na decoração, no vestuário e na criação das imagens publicitárias. Faz ainda consultoria empresarial, colabora com revistas especializadas e é autora de diversos livros.
Mais informação em http://www.paolasantagostino.it/.



Livros que dão Filmes


Estreia hoje nas salas de cinema portuguesas o filme 00:30 A Hora Negra da premiada realizadora Katheryn Bigelow. Inspirou-se para realizar este filme no livro mais falado e que maior controvérsia gerou nos últimos tempos nos EUA, Um Dia Difícil (No Easy Day) do escritor Mark Owen.
"Em Um Dia Difícil, de forma absolutamente inédita e contrariando o código de conduta do Pentágono, foram revelados os detalhes de uma missão ultra secreta, na primeira pessoa. Mark Owen descreve no livro os detalhes estratégicos e os planos de contingência que a equipa foi obrigada a seguir — desde a queda do helicóptero que poderia ter determinado um desfecho trágico da missão, até à comunicação via satélite com o Presidente Obama confirmando a morte de Bin Laden"
00.30 A Hora Negra fica para a história do cinema pelas nomeações aos Óscares - 5 no total, incluíndo Melhor Filme e Melhor Actriz. Nos Globos de Ouro, Jessica  Chastain arrecadou o prémio de Melhor Atriz de Drama.
Em Portugal o livro Um Dia Difícil chegou às livrarias no dia 1 de Novembro de 2012, editado pela Vogais. 
Curiosos em relação ao livro e ao filme? Eu estou! 
Boas leituras e bom filme!

Trailer do Filme


O Desejo de Nicole Jordan - Novidade Quinta Essência


Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 399
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789897260360
PVP: 16,60€
Disponível a partir de 21-01-2013

Sinopse
Amante lendário e chefe de espionagem, o sombriamente sensual conde de Wycliff evita o matrimónio até que um encontro próximo com a morte o faz ansiar por um filho que perpetue o seu nome. No momento em que Lucian avista a atraente Brynn Caldwell numa praia da Cornualha, sabe que encontrou a mulher que quer para sua esposa.
Brynn acredita que o fascínio daquele conhecido libertino por ela resulta de uma maldição com séculos que condena as mulheres da sua família a tentarem os homens - apenas para conduzirem aqueles que amam à morte. Obrigada por circunstâncias difíceis a casar com Lucian, Brynn entrega o corpo às suas carícias mas não se atreve a entregar-lhe o coração.
Preso numa batalha de vontades com a sua encantadora mulher, Lucian começa a suspeitar que Brynn é uma traidora. Não tarda a verse atraído para uma teia de perigo e traição, na qual o preço de conquistar o coração esquivo da esposa pode ser a sua própria vida.

Nicole Jordan, autora best seller internacional de inúmeros romances históricos, arquitecta contos de deleite que fazem o leitor ferver de paixão e sensualidade. Nicole cresceu num ambiente militar, o que a levou a sofrer várias deslocações. Frequentou o Ensino Secundário na Alemanha e mais tarde diplomou-se em Engenharia Civil no Georgia Tech. Actualmente, vive nas Montanhas Rochosas do Utah, com o seu marido e os seus cavalos. Autora de mais de duas dezenas de romances históricos e de cinco milhões de livros impressos, com enredos de épocas e locais diversos, Nicole tira agora prazer da escrita nos ambientes excitantes e envolventes de amantes da alta sociedade em jogos de sedução matrimoniais. Um dos seus romances teve a honra de ter despertado a atenção humorística de Jay Leno no The Tonight Show.



quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Os Inocentes de David Baldacci - Novidade Clube do Autor


Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 436
Editor: Clube do Autor
PVP: 17,90€
Disponível a partir de 24-01-2013

Sinopse

Depois de uma missão que o leva da Europa à América, Will Robie regressa ao palco maior da política internacional com o objetivo de eliminar os inimigos suspeitos da paz mundial. Denise Tamaron, funcionária pública e mãe de dois filhos, é o próximo alvo a abater. Mas Robie não é capaz de puxar o gatilho. Denise parece-lhe uma vítima improvável, e por que razão representa ela uma ameaça?
Tendo falhado a missão, Robie põe-se rapidamente em fuga. E não é o único. Ao fugir da cena do crime, Robie cruza-se com uma adolescente em fuga de um lar adotivo. Mas Julie não é uma jovem comum — os pais foram assassinados e a sua vida está em perigo e é por isso que Robie decide ajudá-la a descobrir a   verdade acerca dos pais.
Só que à medida que Robie investiga o passado da jovem, mais convencido fica de que ela é o centro de uma conspiração que atinge as mais altas esferas do poder... E por isso, desta vez, Robie vai ter de trabalhar em equipa para poder salvar a vida de ambos. 
Os Inocentes é um livro viciante  — cenas repletas de ação, personagens dinâmicas e complexas e a dose certa de sedução e mistério — que, no final, vai deixar o leitor a questionar os seus próprios valores. Ora confirme.


David Baldacci nasceu em 1960, na Virgínia, onde reside atualmente. Do seu currículo faz parte um impressionante número de  bestsellers, entrando frequentemente no primeiro lugar da lista dos mais vendidos do New York Times. As suas obras estão traduzidas em mais de 45 idiomas e presentes em cerca de 90 países, sendo Baldacci um dos escritores mais populares em todo o mundo.
Baldacci  é também o cofundador, juntamente com a sua mulher, da Wish You Well Foundation, uma organização não lucrativa dedicada à promoção da literacia nos Estados Unidos.






Sentir Profundo




Depois de ler o livro Nada é por Acaso, estas são algumas das passagens que quero recordar. 

"O mais importante é saber aproveitar as oportunidades. se observarmos a vida de uma pessoa que obteve sucesso em todas as vertentes, perceberemos que ela nunca perdeu uma boa oportunidade, Nunca teve medo de ousar, de mudar e de procurar aprender" 

"Os desafios da vida são preciosas oportunidades de amadurecimento. Lembre-se de que o entendimento eleva, traz discernimento e amadurece, enquanto o julgamento limita, dificulta e atrai o sofrimento." 

Os Ingredientes Secretos da Felicidade - Novidade Clube do Autor



Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 224
Editor: Clube do Autor
PVP: 12,90€
Disponível a partir de 24-01-2013


Os Ingredientes Secretos da Felicidade é um desses livros que têm a cozinha como palco e a vida como inspiração. Quem chega de coração vazio parte dele com a alma (e o estômago) repleto de coisas boas e doces recordações.

Sinopse
Holly é a protagonista da história, uma história que sabe a tiramisu, esparguete à bolonhesa e lasanha e queijo ricota. E não, não se passa em Itália. É em Blue Crab Island, terra onde Camilla tem um afamado restaurante e dá aulas de culinária, que tudo acontece.
Pouco depois de chegar a esse lugar especial da sua infância, Holly perde a avó e herda a famosa escola Camilla’s Cuccinota onde acaba por encontrar consolo e descobrir um novo talento. Através das receitas especiais da avó, que incluem sempre a adição de um desejo ou a evocação de uma memória, Holly vai criando a sua própria receita para a felicidade, uma receita temperada com muita esperança, perdão, amizade e, por fim, generosamente polvilhada de amor.
Para ler (ou devorar) longe da cozinha.

Melissa Senate é autora de dez romances, incluindo o sucesso de vendas See Jane Date já adaptado para uma série televisiva. É também autora de contos editados em várias coletâneas.




terça-feira, 15 de janeiro de 2013

O Amor Não Escolhe Idades de Sheila Norton - Novidade Marcador


Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 312
Editor: Marcador
ISBN: 9789898470829
PVP: 15,00€
Disponível a partir de 17-01-2013

Sinopse
O mundo de Rosie acaba de ser seriamente abalado. Tudo por causa de um simples e aparentemente inofensivo comentário que a descreve como agradável e simpática, mas monótona e pouco interessante. Ora, não é bem assim que Rosie gostaria de ser descrita. De facto, as palavras que lhe vêm mais à ideia são dinâmica, criativa e carismática.
A verdade é que Rosie estagnou. Está aborrecida com o seu emprego, tem um marido que se preocupa mais com a carreira do que com manter viva a chama da relação e os filhos não lhe deixam tempo para nada.
Mas como fazer com que a sua imagem exterior comunique a sua vontade interior?
Decide então contrariar o estigma de já não ser uma adolescente e inicia uma história de aventura que lhe devolvem a sensação de estar viva e lhe ensinam a aceitar as surpresas que a vida lhe reserva, descobrindo que a felicidade e o amor nada têm a ver com o passado ou com o futuro mas sim com aproveitar o presente. Um presente que só ela poderá fazer acontecer.

Sheila Norton nasceu e cresceu em Essex, Inglaterra. Adora ler, caminhar, nadar, sair para se divertir e estar com a família e os amigos.
Depois de, ao longo de anos, vários contos publicados, sobretudo em revistas femininas, teve o seu primeiro livro editado em 2002.
Desde então recebeu vários primeiros prémios em concursos literários e os seus romances foram já publicados em várias línguas.
Atualmente vive em Galleywood com o marido, dois gatos e um cão e dedica-se a tempo inteiro à escrita.  


Primeira Aquisição do Ano!


O Espião Português de Nuno Nepomuceno é o primeiro novo livro a chegar à estante. Este livro foi vencedor do Prémio Literário Book.it. Alguém já o leu ou tem para ler? Eu estou curiosa em relação à história.
Boas Leituras! 

O Poder dos Livros!



"Um livro aberto, é um cérebro que fala; 
Fechado, um amigo que espera; 
Esquecido, uma alma que perdoa; 
Destruido, um coração que chora."
(Camilo Castelo Branco)

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Nada é por Acaso [A Minha Opinião]


"A vida tem leis perfeitas que condicionam o equilíbrio do Universo. Ela criou o homem com destino à felicidade, mas determinou que essa conquista fosse feita com esforço próprio, a fim que o homem valorizasse as suas vitórias." Zibia Gasparetto

Este é o primeiro livro que leio desta escritora e não tinha criado qualquer expectativa em relação ao mesmo.

Ao iniciar a leitura tive de me adaptar ao português do Brasil mas passada a fase inicial foi-me habituando. Durante a história vão surgindo expressões brasileiras com as quais não estou familiarizada. Algumas percebo o seu significado pelo contexto da frase enquanto outras fico-me pela incerteza. Excluindo este facto é uma leitura acessível. 

Um dos aspectos que mais gostei no livro foi ser rico em diálogos o que tornou a leitura leve e rápida.
Foi surpreendida pela temática da história, visto esta incidir sobre a espiritualidade e reencarnação, temáticas sobre as quais nunca tinha lido. Confesso que quando me apercebi que a história abordaria estes  temas, fiquei na dúvida se iria gostar da leitura. Acabei por concordar que estas duas temáticas são o fio condutor da história, e que sem elas a essência desta narrativa se perderia. 

Zibia Gasparetto de forma inteligente sensibiliza o leitor para a espiritualidade com uma história sensível e ao mesmo tempo tocante, de uma mãe de aluguer que dá o seu filho a uma mulher estéril. Nada nos ensina tanto como a dádiva da vida e do amor. 

Gostei muito de todas as personagens presentes no enredo mas simpatizei muito com Marina, uma jovem lutadora, confiante, trabalhadora, que ama muito a sua família e que faz de tudo para os ver felizes. Não é uma jovem perfeita, tem também as suas inseguranças, duvidas e que acima de tudo quer ser amada. É uma personagem credível que irá merecer a simpatia dos leitores. Todas as personagens criadas têm o seu lugar na história. A escritora trata de cruzar a vida das personagens de forma surpreendente e convincente.

Zibia Gasparetto é uma excelente contadora de histórias. Nesta, ensina-nos a valorizar as coisas boas que existem na nossa vida e a aceitar as mudanças como uma forma de crescimento pessoal.

No que diz respeito ao desfecho da história foi emocionante. Acabou em ambiente de aceitação e perdão que afinal é a grande mensagem deste livro. Nada é por acaso.

Para quem gosta de livros mais virados para a espiritualidade este é um livro que recomendo. Para os que como eu nunca tenham lido nada sobre o tema, é uma boa forma de se estrearem.

Boas leituras!

Passagens favoritas

"O mais importante é saber aproveitar as oportunidades. se observarmos a vida de uma pessoa que obteve sucesso em todas as vertentes, perceberemos que ela nunca perdeu uma boa oportunidade, Nunca teve medo de ousar, de mudar e de procurar aprender" Pág. 42

"Os desafios da vida são preciosas oportunidades de amadurecimento. Lembre-se de que o entendimento eleva, traz discernimento e amadurece, enquanto o julgamento limita, dificulta e atrai o sofrimento." Pág. 232

Mais informações sobre o livro no site da Nascente



Rifão, Anexim, Provérbio


"Quem parte leva saudades, quem fica saudades tem"

domingo, 13 de janeiro de 2013

A Vida de Pi [A Minha Opinião]



Estou há vários dias para escrever esta opinião sem saber ao certo que palavras usar para descrever este romance.

Este livro foi-me recomendado por várias pessoas que já o tinham lido e adorado a leitura.

Pi Patel é uma personagem imensamente rica. Tem uma forma de olhar a vida bem diferente dos jovens da sua idade. O seu coração é hindu, cristão e muçulmano e segue as três religiões com enorme fé e devoção. O amor que tem a Deus é tão grande que abraça de igual forma as três religiões. Esta singularidade de Pi oferece ao leitor uma melhor compreensão das três religiões e o que, de melhor, cada uma lhe oferece. Tem também um grande conhecimento em zoologia. Confesso que muitos dos animais apresentados e descritos nesta história só os conheço de nome e outros nunca tinha ouvido falar. A religião e a zoologia são sem dúvida a riqueza desta narrativa.  
  
A história contada deixa ao leitor uma bela mensagem de vida e de resistência. Um jovem que depois de sofrer um terrível naufrágio se vê sozinho e sem a sua família. No salva-vidas tem as companhias mais inesperadas, uma hiena, um orangotango, uma zebra ferida e um tigre de Bengala. Companhias que vão exigir ao jovem Pi Patel toda a atenção do mundo, visto ser a sua vida que está em jogo. Sobreviver aquele inferno em que se encontra passa a ser uma prioridade e para tal terá de ser forte e corajoso. Pi procura a força que precisa em Deus e será essa força que o fará lutar pela sua vida durante longos meses no mar.

A viagem descrita ao leitor é a viagem ao imaginário das cores, das formas, dos sabores, dos cheiros, dos sentimentos. Uma viagem onde o real e o imaginário se fundem naturalmente. Muitas vezes enquanto lia me imaginei a naufragar e a sentir o desespero da sobrevivência mas também rodeada de um imenso mar azul, com milhares de peixes coloridos e abraçada por um sol brilhante. 

A escrita de Yann Martel é sem dúvida mágica e oferece ao leitor uma experiência de leitura singular. Não há melhor alimento para a imaginação.

Um livro que recomendo sem reservas.

Depois desta leitura, o meu desejo é assistir agora no grande ecrã à adaptação feita por Ang Lee. Pelo trailer e pelas nomeações ao Óscar, Globo de Ouro e Bafta, o filme promete estar maravilhoso.

Boas leituras!

Passagens marcantes

"Escolher a dúvida como filosofia de vida é como escolher a imobilidade como meio de transporte." Pág. 44

"O principal campo de batalha pelo bem não é o campo aberto da arena pública, mas a pequena clareira de cada coração." Pág. 84

"Perder um irmão é perder alguém com quem podemos partilhar a experiência de crescer, que devia trazer-nos uma cunhada e sobrinhas e sobrinhos, criaturas para povoar a árvore da nossa vida e dar-lhes ramos. Perder o pai é perder aquele cuja orientação e ajuda procuramos, que nos suporta como o tronco de uma árvore suporta os seus ramos. Perder uma mãe, bem, é como perder o Sol por cima da nossa cabeça. É como perder - desculpe, prefiro não continuar." Pág. 138

"Tenho uma palavra acerca do medo. É o único verdadeira adversário. Só o medo pode derrotar a vida. É um adversário esperto e ardiloso, que eu bem sei. Não tem decência, não respeita a lei nem convenção, não mostra piedade. Vai ao nosso ponto mais fraco, que encontra com uma facilidade certeira." Pág. 170

"Na vida é importante concluir as coisas devidamente. Só então as podemos largar. Caso contrário, ficamos com palavras que deviamos ter dito e não dissemos e o nosso coração fica pesado de remorso." Pág. 288

Mais informações sobre o livro no site da Editorial Presença